Opinião: IASD Deveria Pedir Desculpas à Humanidade por GENOCÍDIO EM RUANDA

Há exatamente dez anos atrás houve um genocídio num pequeno pais da África, chamado Ruanda. Quase um milhão de pessoas (10% da população) morreram assassinadas. Figuras de destaque nesse crime contra a humanidade foram o Pastor presidente da Associação Adventista de Ruanda e o filho dele, um médico que dirigia o hospital adventista. O Pastor e o médico foram responsáveis diretos pela morte de mais de mil adventistas, EM PLENO SÁBADO, no complexo da Igreja e do hospital adventista além de muitas outras fora do complexo.

O papa e outras autoridades eclesiásticas e políticas do mundo estão lembrando o fato, sendo que João Paulo II fez até uma grande missa na praça de São Pedro em memória do incidente. A IASD, por outro lado, escondeu o fato e a maioria absoluta dos adventistas não o conhecem. Afinal, adventista só lê Lição da Escola Sabatina e outros livrinhos denominacionais… Que lástima!

Esse assunto deveria ser conhecido por todos os adventistas, mas se pelo menos os leigos lembrarem o caso em suas igrejas isso já será meio caminho andado. Não pequem por omissão, como a Corporação fez. Alertem os seus fiéis para que eles saibam até onde pode chegar a grande perseguição. — EH

Veja também:

3 thoughts on “Opinião: IASD Deveria Pedir Desculpas à Humanidade por GENOCÍDIO EM RUANDA

  1. Bom Dia por favor me envie mais informações sobre este genocídio de ruanda e o envolvimento da IASD nisso tudo. aqui no syte de voces não dá detalhes. porque os pastores adventistas foram os responsáveis?

Deixe uma resposta para Nathalie pessoa Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *