Entenda a polêmica dos filhos de Deus e os Nefilins em Gênesis

Argumentos baseados na SÉRIE DE COMENTÁRIOS PARA CRISTÃOS BÍBLICOS, Escrita pelo Dr. Peter S. Ruckman, B.A., B.D., M.A., Th.M., Ph.D.

A interpretação de que os “filhos de Deus” que aparecem em Gênesis 6 seriam os “bons filhos de Sete” e de que as “filhas dos homens” seriam as “más filhas de Caim” surgiu faz pouco tempo, há cerca de 300 anos. Até então, só havia uma análise da passagem: os filhos de Deus são anjos que tiveram relações sexuais com mulheres, gerando filhos. A interpretação “antropológica” surgiu porque a mais antiga parecia ser muito bizarra. Homens modernos não podem acreditar em coisas bizarras. Homens educados estudaram o suficiente para “corrigir” a Palavra de Deus (e eles sempre a corrigem quando não a entendem ou quando ela fala de algum pecado que os atinge). É demais para os homens educados acreditarem em acontecimentos fantasiosos como esse: anjos tendo relações sexuais com mulheres. E por aí vão os argumentos. O fato puro e simples é que não crêem no que estão lendo.

O verso 2 de Gênesis 6 trata de um dos assuntos mais disputados de toda a Bíblia. Principalmente os “fundamentalistas” vez por outra entram em debate sobre a questão. Muitos livros, artigos, folhetos e crônicas foram escritos a respeito do assunto, sempre apresentando “provas definitivas” para tentar por um fim à discussão, tanto de um lado quanto do outro.

Normalmente a reação mais comum ao caso é “deixe esse assunto de lado” ou “esqueça isso, pois discutir não leva a lugar nenhum. Você tem a sua opinião que eu tenho a minha”, ou ainda “isso não faz diferença para a nossa fé” (ignorando o que foi dito por Jesus: “nem só de pão viverá  o homem, mas de TODA palavra que sai da boca de Deus“, Mateus 4:4), e assim por diante. Tais pessoas, entretanto, esquecem-se de que não existe uma vírgula sequer na Bíblia que não seja polêmica. Afinal, um velho dito deriva exatamente desse fato: “os homens estão contra a Bíblia, porque a Bíblia está contra eles“.

É verdade. A Bíblia é o Livro que aponta todos os defeitos do homem e a sua causa, a saber, o pecado. Não há boas notícias para o futuro da maioria das pessoas: julgamentos, condenações e punições eternas em um lago de fogo e enxofre, que nunca se apaga. A Bíblia fala mau dos idólatras, dos fornicários, dos adúlteros, dos mentirosos, etc., características bem humanas. Então, se não podemos com O Livro, modifiquemo-lo ou escondamo-nos dele o mais rápido possível. Esse é pensamento básico de muitos auto-denominados eruditos bíblicos, que na verdade são ateus práticos, ou dos reconhecidos ateus, em suas diversas linhas de pensamento.

Essa rejeição para encarar de frente Gênesis 6, e analisar o assunto apenas biblicamente, ou seja, comparando Escritura com Escritura, só mostra como muitos ditos cristãos não se importam com A Palavra de Deus, nem com as palavras de Deus. É evidente que Satanás não quer ver essa questão resolvida de vez. Ele planeja cada vez mais dúvida e confusão. “É assim que Deus disse?” (Gênesis 3:1). Portanto, ele é quem tem muito a perder, caso tudo seja revelado tal como realmente é. Bob Jones Senior, fundador da BJU, nos EUA, sempre dizia que “toda coisa ruim é uma coisa boa, distorcida“. Parafraseando-o, podemos dizer que toda mentira é uma verdade, distorcida. Ninguém acredita numa mentira absoluta. “É assim que Deus disse?” (Gênesis 3:1).

Desse jeito, vamos analisar a questão do ponto de vista de um “crente bíblico”.  Com isso, queremos dizer que a Bíblia, e somente ela, é a AUTORIDADE FINAL em tudo concernente à fé e prática. Escritura com Escritura (I Coríntios 2:13): este será o nosso método de pesquisa sobre a verdade escrita em Gênesis 6. Cremos exatamente no que está escrito, como foi escrito, quando foi escrito, e para quem foi escrito. Procuramos interpretar literalmente as passagens, até onde isso é possível, visto que é o meio pelo qual entendemos mais de 90% das Escrituras, isto é, literalmente. Não nos esquecemos, é claro, de levar em conta as figuras de linguagem ou de estilo.

Entretanto, sabemos que a Palavra de Deus foi escrita para homens comuns, em linguagem comum, e não para um grupo “seleto” de pastores, doutores ou eruditos bíblicos. O interprete é o próprio Deus, que abre o entendimento dos que crêem em Sua Palavra Santa, infalível e inerrante (Salmo 12:6; Provérbios 30:5-6; Lucas 24:45; II Pedro 2:20). Quando uma pessoa salva simplesmente CRÊ no que está lendo, o Espírito Santo lança mais luz na passagem. Quando NÃO CRÊ, o Espírito Santo fica “desobrigado” de lançar mais luz sobre o texto. Caso alguém insista em crer numa mentira, Deus manda a operação do erro, para que continue crendo na mentira (II Tessalonicenses 2:10,11).

Para começar, quem defende a idéia de que os “filhos de Deus” são os “bons filhos de Sete”, esquece-se do seguinte:

Eles esquecem-se de que Adão caiu. Chamar qualquer homem ou  qualquer “linha” de homens, no Antigo Testamento, de um “filho de Deus” seria ridículo. Isso porque o “Filho de Deus” tinha a imagem de Deus, e João 1:12 é para aqueles que se tornaram “filhos de Deus”, por terem recebido a imagem. Tal afirmativa deve ficar bastante clara quando se lê Gênesis 5:1-3. Adão perdeu a imagem de Deus. Seu filho, Sete, nasceu à imagem e semelhança do seu pai decaído, e, do mesmo modo, todos depois dele. Alguém só pode receber de novo a imagem de Deus quando torna-se filho dEle, em Jesus Cristo. Tal fato só pode ser observado depois da morte e ressurreição do Messias. Até então, ninguém tinha a imagem de Deus, por ser apenas filho de Adão, segundo a carne.

Eles esquecem-se de que a designação “filhos e filhas” (Isaías 43:6) não é o equivalente de “filhos de Deus”, porque as palavras são escritas e pronunciadas de modo diferente. “Coisas diferentes não são iguais. Termos diferentes têm significados diferentes”, como manda o bom Português, Inglês, Francês ou qualquer outra língua. [Ademais,] os “filhos e filhas” de Isaías 43 são todos israelitas, porém os antediluvianos filhos de Sete não são. Este teve muitos descendentes que não eram israelitas (Gênesis 11:22,26).

As expressões contrastantes “filhos de Deus e filhas dos homens” (Gênesis 6:4) não poderiam jamais gerar essa falta de cuidado sem tamanho, na interpretação do texto, tal como “os filhos de Sete e as filhas de Caim”, a despeito do que “a uniforme interpretação hebraica e cristã” têm feito. Por que alguém insiste em fazer o texto dizer o que não diz, tentando fazê-lo dizer alguma coisa que ele nunca intentou dizer, apenas para provar o seu próprio ponto de vista? Lembre-se: “É assim que Deus disse?” (Gênesis 3:1).

Se fossem os “filhos de Sete com as filhas de Caim”, como, então, a operação toda acontece novamente “e também depois” (Gênesis 6:4 – depois dos dias do dilúvio), quando todas as filhas de Caim foram mortas pelo dilúvio?

Se fossem os “filhos de Sete com as filhas de Caim”, como poderia esta relação produzir gigantes? Os gigantes apareceram “quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens…” , etc., não a todo o tempo. Não conheço nenhum casamento entre um “filho de Deus”, ou seja, um salvo,  com uma pessoa não salva, do qual tenha nascido um “gigante”. Pois é… esta é apenas mais uma mazela que um comentário “erudito” sobre Gênesis 6 produz.

Como pode ser isso, que a “linha bondosa de Sete” se misturou, quando o termo “linha bondosa” é uma fabricação ilusória dos personagens mais anti-cristãos e que nos 66 livros da Bíblia não existe nenhuma alusão sequer ao termo “linha bondosa”?  Existe sim uma “linha messiânica”, pela qual o Messias veio. Mas esta linha, entretanto, é bem “maldosa”, se qualquer pessoa buscar as suas raízes. Note alguns ascendentes de Jesus Cristo: Judá, um fornicário (Gênesis 38); Perez, um filho ilegítimo; Raabe, uma prostituta; Bateseba, uma adúltera (Mateus 1:1-6); Davi, um adúltero e assassino… e por que continuar? Percebe?

Então, uma “linha bondosa”, como uma “linha apostólica” (os papas) é apenas uma invenção humana. Não existe tal coisa nas Escrituras, ou sequer fora delas. Daí as três premissas básicas do argumento de que os “filhos de Deus” são “descendentes de Sete”, e as “filhas dos homens” são as descendentes de Caim, estarem 100% erradas. Bem, a OPINIÃO de qualquer um é bem vinda numa democracia, mas, definitivamente, esta OPINIÃO não faz parte do corpo de verdades reveladas nas Escrituras.

Os “filhos de Deus”, no Antigo Testamento, são identificados e definidos em um livro escrito pouco tempo depois do dilúvio (Jó 1, 2, 38) e eles estão presentes em um tempo antes de Adão ter sido criado (Jó 38:7). Eles são mencionados numa conexão entre Satanás e a criação (Jó 38). Os “filhos dos poderosos” do Salmo 89:6 são indubitavelmente os “deuses” do Salmo 82:1 – note aqui o dilúvio no contexto! Assim, já podemos concluir que existe tanta disputa em torno do texto porque estes “filhos de Deus” são os anjos de  II Pedro 2 e Judas 6, 7. Então, eles são machos com aparência de 33 anos de idade, sem asas e podem manter relações sexuais com mulheres e se reproduzirem, maneira pela qual obtêm sangue. E eles vão retornar a este planeta nos últimos tempos e reproduzir o cenário original de Gênesis 6, como “deuses que descem na forma de homem”  (Atos 14, 19; Mateus 24; Lucas 21; Apocalipse 12:7). Aqui nós paramos de comentar e passamos à parte profética do assunto. Então, voltemos ao texto.

O ensinamento de que anjos “não podem se reproduzir” é derivado da adulteração de Mateus 22:30, quando as versões modernas omitem as palavras “no céu”, e então abortam a verdade, ensinando que os anjos “não têm sexo”!

Não existe um anjo na Bíblia que seja sem sexo, aparente ser sem sexo, aja como se fosse sem sexo ou fale como se não tivesse sexo. Todo anjo na Bíblia, de Gênesis a Apocalipse, é macho, sem asas (Apocalipse 21:17; Gálatas 4:14; Atos 1:10; Juízes 13: 3-21; Daniel 9; Gênesis 19:10-15, Hebreus 13). Um anjo “sem sexo” é tão genuíno quanto a Imaculada Conceição ou a Virgindade Perpétua de Maria, ou árvore de Natal ou o Coelho da Páscoa. “Asas”, são próprias de demônios femininos [* Ver Nota] (Zacarias 5:9), e elas são desenhadas ou pintadas em anjos por causa dos querubins – que não são anjos – e por causa da passagem de Apocalipse 14:6. Se um anjo pousasse na Terra, 70% das pessoas salvas enganar-se-iam ao tentar identificá-lo e 100% dos perdidos falhariam, por causa da concepção católica dos anjos, que são pintados ou esculpidos como crianças aladas. Assim, os anjos de Satanás estão protegidos e não podem ser detectados. Nenhum cientista na Terra poderia identificar qualquer anjo, caso visse um. E eles vão aparecer, como em Gênesis 6! Mas isso é novamente profecia. Voltemos ao texto.

[* Nota de Hélio: Parece que aqui temos um escorregão, um erro de Ruckman ou do tradutor, pois só há anjos e demônios do gênero masculino (e Ruckman prega isto!). As duas mulheres com asas como de cegonha, de Zac 5:9, parecem ser linguagem figurativa e não reais, do mesmo modo que a mulher prostituta assentada sobre a besta, em Apocalipse, é figurativa da apóstata igreja romana, assassina de crentes e amasiada com o poder secular] 

Havia naqueles dias gigantes na terra; e também depois” (Gênesis 6:4). Para clarear o pensamento, deve-se manter em mente que a Bíblia fala de gigantes em outras passagens, e, em algumas delas, dá nomes aos tais (Deuteronômio 3:11; I Crônicas 20:4; Josué 17:15; II Samuel 21:16,17; Números 13:33, etc.). Os fatos são históricos. O Antigo Testamento é história para o crente bíblico, incluindo Gênesis, literalmente.

As expressões “Naqueles dias” e “também depois” podem ser localizadas facilmente. Existem duas advertências para “dias” em Lucas 17; uma é “dias de Noé” (este é o nosso texto) e a outra é os “dias de Ló” (Lucas 17: 26,28). Para confirmar isto com três testemunhas, Simão Pedro adverte sobre os dias de Ló e Noé (II Pedro 2:5,7) [vide acima] e Judas diz “amém” para Ló (Judas 6,7) [vide acima]. O leitor não vai falhar em notar que o contexto de todas as passagens citadas trata-se de “anjos caídos”! Estes são os homens de “ferro” de Daniel 2:43, 44 que são dados como 10 em número. A hierarquia do penúltimo reino, antes do reino milenar de Jesus na Terra, será constituída de 10 governantes (Apocalipse 17:12-14).

Os filhos de Deus entraram às filhas dos homens e delas geraram filhos” (Gênesis 6:4). Bem, nós vamos tomar o significado da passagem exatamente como está escrito, e, se qualquer cristão, líder, professor, expositor, pregador ou teólogo neste planeta concordarem que o texto significa alguma coisa a mais, nós vamos ficar com o texto e somente com ele por AUTORIDADE FINAL.

Estes eram os valentes que houve na antiguidade, homens de fama“(Gênesis 6:4). Esta expressão não nega ou torna nulo o fato de que eram “gigantes”. “Homens de fama”, obviamente, não é uma interpretação da palavra “gigante”, mas sim, uma descrição da reputação alcançada por esses homens. Esta reputação chegou distorcida nos nossos dias, tanto pelo tempo quanto pela ciência. O livro de Hislop, intitulado “Two Babylons”, traça muito bem essa distorção: Ulysses, Apolo, Venus, Afrodite, Tamus, Semiramis, Baco, Zeus, Marduk, o Minotauro, Tezeu, Atlas, Mercúrio, Astarote, Medusa, Lorelei, Baal, Wotan, Júpiter, Jove, Diana, Thor, etc. Ninguém pode esquecer-se de que foram os filósofos gregos que lançaram os fundamentos da “ciência moderna”.  Os atos heróicos dos “deuses” são lendários em qualquer civilização, e eles são especialmente fortes no folclore Indo-Europeu, do que em qualquer outro lugar do mundo. O Super-homem das histórias em quadrinhos modernas, assim como Bat Man, Cat Man, Fat Man, Capitão Marvel, Paul Bunyan, Gulliver, King Kong, etc, são maneiras modernas de se preservar uma tradição que só pode ser baseada em fatos. OS FATOS SÃO PRESERVADOS SEM ERROS EM “A BÍBLIA SAGRADA”

Anjos caídos estiveram aqui e produziram filhos com mulheres.

Eles “deixaram a sua própria habitação” (Judas 6), e se reproduziram

Eles “deixaram a sua própria habitação” (Judas 6), e se reproduziram.

E aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, reservou na escuridão e em prisões eternas até ao juízo daquele grande dia; (Judas 1:6)

Em resumo:

Anjos caídos visitaram a Terra, aparentando ser homens de 33 anos de idade, sem asas;

Eles vão retornar do mesmo modo como vieram. Desta vez como “visitantes” de outros planetas;

Eles virão para se reproduzir, tendo como objetivo povoar “outros planetas”, com uma raça de humanóides que negam a Deus, que rejeitam a Bíblia, criaturas satânicas. Isto vai tentar completar o intento de Satanás, expresso em Isaías 14. Mas não será bem sucedido (Apocalipse 19).

Para informações detalhadas sobre o assunto, recomendamos as seguintes referências bibliográficas:
– Dr. I.D.E Thomas, “The Omega Conspiracy”.
– Dr. Peter S. Ruckman, “The Book of Genesis – Bible Believer’s Commentary Series” e “Black is Beautiful”.

Página copiada de http://asverdades.vilabol.uol.com.br/genesis6.htm, desenvolvida por Equipe Verdade, [o que está entre colchetes e a coluna com os textos da Bíblia foram adicionados pelo site solascriptura-tt.org]

37 ideias sobre “Entenda a polêmica dos filhos de Deus e os Nefilins em Gênesis

  1. Cheguei a este tema pela insistência de um amigo. Como falei a ele que respeito a opinião dele, Deus nos deu esse poder de decidir, e eu prefiro acreditar nas palavras Dele, nas que me instrui e orienta diretamente no que eu tenho que fazer para herdar a vida eterna. Não vejo como o termo “Filhos de Deus” associado a “Nefilins” pode me acrescentar algo nesse sentido. Alias, uma recomendação que tenho do próprio Salvador do homem, é que tenho que ter cuidado com Satanás (Anjo caído). Pois está ai desde o inicio “enganando”, roubando e matando. E ele é capaz de usar a Bíblia como instrumento, assim como vejo homossexuais usando passagens e frases de Jesus para justificar a suas práticas e até a fundação de Igrejas rsrsrs. Então quem está em Pé cuidado para que não caia. Que Deus abençoe a todos.

  2. Achei esse texto fraco, muito fraco mesmo, ao invés do autor explicar qual é realmente o significado bíblico da vida dos nefilins e sobre oque aconteceu com eles, ficou passando para seus leitores “crentes fanáticos” a ideia de não questionar oque não pode se entender da bíblia, e aceitar oque esta escrito, assim como acreditar na própria interpretação semântica dele mesmo, sem contar os erros de português com frases comidas pelo próprio.
    RESUMINDO: Mais um fanático querendo expor suas próprias idéias se esquecendo apenas de ter um estudo mais aprofundado. RIDÍCULO

  3. MEUS AMIGOS? FICO ADMIRADO COM AS PERSECÇÕES QUE TODOS VOÇÊS TIRAM DA santa palavra do CRIADOR DO ÚNIVERSO. VERIFICO QUE TODA A VOSSA lengalenga É DEFACTO CURIOSA, INFANTIL E NÃO SÓ… A PALAVRA DIZ QUE NO TEMPO ANTECEDENTE Á INCARNAÇÃO DOS ANJOS; APARECERAM OS néfilis NA TERRA E SÓ DEPOIS DISSO É QUE SURGIRAM OS GIGANTES FILHOS DOS ANJOS ENCARNADOS E DAS FIHLAS DE ADÃO A QUEM A PALAVRA CHAMA DE GIGANTES HOMENS DE FAMA DA ANTIGUIDADE… QUE ANTIGUIDADE ANTECEDE O FACTO DOS DIAS OU EPOCA CITADA? QUEM FOI O PAI E MÂE DOS DITOS NÉFILINS? A LEITURA DA PALAVRA É BEM CLARA E FAZ A DIVISÃO DO TEMPO ENTRE AS DUAS ESTIRPES DE criaturas perversas.. POR QUE É QUE CRIATURAS GIGANTES APARECEM NA TERRA PROMETIDA? LÁ CONSTA O NOME DO SEU PAI,, MAS, QUEM TERIA SIDO A SUA MÃE? AFINAL A SEMENTE NÃO FOI ELIMINADA NO DILÚVIO? !…POR QUE MOTIVO A PALAVRA AFIRMA UMA ORDEM TAM GRANDE DE VIOLENCIA, AO PONTO DO CRIADOR SE TER ARREPENDIDO DE TER CRIADO A CREATURA HUMANA? QUANDO QUISEREM, EU VOS DAREI MAIS INFORMAÇÕES… POR QUE SERÁ QUE AINDA HOJE EXISTEM SERES AMACACADOS? EU VIVI COM UM CRA DE MACACO EM .OLIVEIRA DO DOURO…

  4. Deploro e descarto opiniões e comentários em que pessoas, cristãs ou não, se valendo de uma pretensa santidade, ofendem e diminuem a reputação e a erudição do autor desses artigos. Concordar com os textos, ou não, é um direito de todos. Mas levar as discordâncias para ofensas pessoais, retrata não só a falta de conhecimento do assunto, como a carência de educação. Já quanto ao estudo em questão, fecho com os argumentos bíblicos e científicos do Sr. Hermano. A Bíblia, sendo a Palavra de Deus, foi montada pela ICAR ( a Babilônia ) e a seguir revisada por Lutero, para menor em termos de quantidade de Livros. Entretanto, para um estudante fiel aos princípios de Deus, fácil é perceber que o Livro de Enoque é inspirado e só foi rejeitado pela Icar e Protestantes, porque escancara de forma explosiva, a verdade de nossas origens, nosso presente e o breve futuro apocalíptico da humanidade. Qualquer pessoa que estuda um pouco de Nova Era, Ocultismo, Gnose e Nova Ordem Mundial sabe que o grande engano de Satanás, em breve, se baseará na “visita” em escala mundial, dos extras-terrestres. Nada difere de um plano, agora refinado, maquiado com tecnologia, do ocorrido na antiguidade conforme relato de Genesis 6. Certo! Admiro a sapiência do Ir. Hermano. Abraço a todos!

  5. Foi ridículo essa explicação de Gn 6. Como sempre esses hereges adventistas querendo confundir a mente dos leigos…
    Vão procurar o que fazer , de preferência se converter ao invés de ficarem postando essas bestas!

    • Os Nefelins e os Anunakis sāo filhos da criaçāo de humanos com extra terrestres, que vivem no planeta nibiru ou planeta X, que circunda o Sol a cada 3600 anos

      • O Nibiru ou planeta X, pode ser a chave para descoberta realmente da causa do dilúvio, haja visto que teremos a oportunidade de contemplar sua existência no nosso seculo 21.

    • Olha meu caro, eu estou sempre pronto a dar o que tenho; pois sempre tive mais prazer em dar do que em receber
      Olha; sem citar textos Biblicos, as escrituras dizem que foram espíritos que encarnaram, exactamente, em carne Humana( para assim poderem sentir o prazer exacto do sexo. desse facto nasceram filhos poderosos na violencia entre Humanos por causa do sexo, ao PONTO iníquo de irem fazer sexo com animais, pois que possivelmente não haveria tantas mulheres, assim,para sua satisfação perversa…) logo no Dilúvio, seus corpos morreram mas a sua origem não morreu, apenas foram presos pelo seu acto iníquo, e nessa prisão ainda estão até hoje,,, eu sou o Jô do Grande Atlas,,, se quizeres saber mais! diz algumA COISA…

  6. Há duas explicações para o crente que dá essas interpretacoes estapafúrdias para essa passagem. Essa que os filhos dos Deuses entraram nas mulheres humanas e nasceram gigantes. Ou está defasado em cultura geral, ou seja, não lê outra coisa que não seja a Bíblia, não se interessa por notícias na internet, em fim alienou-se de vez. Ou sabe da verdade e finge que não sabe para continuar a ganhar dinheiro de trouxas. Ora a mais de um século que escritos sumerios foram encontrados no Iraque com datação de mais de 10.000 anos, revelando a saga dos Anunnaki . Extraterrestres que modificaram geneticamente o homem de neandertal gerando o homo sapiens. Ou seja humanos. Vcs precisam ler e se interessar pelo que é diferente e novo.

    • Veja que Elias andou com Deus, e Deus o tomando para si, e levou ele em um foguete ou disco voador, que para eles naquela epoca só conheciam cavalo, carruagem e fogo, logo a descriçāo é uma carragem de fogo. E qualquer ser que vier do espaço, com alguns poderes superior aos humanos seria tratado como um Deus, pois o povo naquela epoca como na atual sāo totalmente desprovido de conhecimento, estudo, e levado ao vento por qualquer coisa.

  7. É um tanto quanto arrogância do ser humano achar que o senhor criador de todas coisas criou somente nós seres humanos “inteligentes”feitos de carne e osso nesta imensidão do universo , aprendam !somos como poeira no espaço e nada sabemos, tenho certeza que no versiculo de genesis 6 quando se fala dos filhos de deus esta se fererindo a seres muitos mais evoluidos que nós seres humanos que tinham altíssima responsabilidade sobre seus conhecimentos mas preferiram dar lugar a curiosidade e o erro de se tornar ou parecer deuses na terra devido a capacidade que o eterno lhes deu, hoje vemos esses seres transfigurados como alien ets e etc e tenho certeza que nos ultimos dias tais fatos serão mais bens esclarecidos aos que perseveram e guardam a palavra do eterno em seus corações todavia os cegos continjaram cegos e enganados.

  8. To sabendo que vão me descer o pau. Mas eu tenho livre expressão pra expor minhas ideologias por mais que seja divergente. Não teria sentido a nossa constituição oferecer o direito de livre expressão se que não pudéssemos nos a algum pensamento. A questão sei que ninguém ta pedindo minha opinião mas faço isso voluntariamente.

  9. Para quem nesta sábia e democrática tribuna contestou a veracidade do texto, eu oriento a buscar o livro de Enoque para “sim”, desvendar de fato evidência irrefutáveis a respeito, já que as passagens bíblicas aplicadas neste artigo não tenham bastado para a compreensão de alguns… Porém, alguns de vocês ainda podem dizer que “Enoque” é um livro “apócrifo” (obra religiosa destituída de autoridade canônica), sem qualquer mérito de credibilidade…

    Neste caso, convido-os à buscar a compreensão histórica sobre a primeira forma de encadernação bíblica, onde veremos a interferência ativa da Igreja Católica sobre tal feito, a cargo de nomes como “Santo Agostinho”, que julgou livros como o de Enoque, dispensáveis da compilação sobre a qual nasceu a Bíblia Sagrada…

    Infelizmente, quando Lutero incitou o Reformismo do século XVI, ele apenas se preocupou em excluir os livros do cânon católico, mas não incluiu livros como o de “Enoque”, o que faz nós, “crentes ocidentais”, crermos que tal livro seja uma maldição por não constar na Bíblia Sagrada que convencionalmente…

    Saibam vocês, amados irmãos em Cristo, que antes do catolicismo de Constantino, os apóstolos, profetas e até o próprio Messias, estudavam por meios dos rolos sagrados, dentre estes o livro de “Enoque”… Portanto, não naveguem pelo mar da ignorância como os primeiros navegantes europeus que julgavam que se distanciassem muito oceano a dentro, cairiam num abismo sem fim… Conheçam a Verdade e não pereçam por falta dela… (Oséias 4:6)… A Graça e a Paz de Y’Shua para todos!!!

  10. A explicação foi perfeita; só esclareceu ainda mais o que eu já sabia.
    O pior cego é aquele que não quer ver, a bíblia é clara quando fala sobre os filhos de Deus, nós só passamos ser considerado filhos através de Jesus, basta ler os evangelhos e as cartas.
    À muitos mistérios à ser revelado más só será revelado aqueles que tem o coração aberto e preparado para receber as reclamações.
    Se anjos são espiritos enviados por Deus, como poderam eles comer e beber na casa de Abraão e na casa de ló?
    Como Jacó pôde lutar a noite toda com um espírito?

  11. Se um anjo é um ser espiritual, não tem matéria; ou seja, não tem esperma, não pode reproduzir; ele apenas pode usar o corpo de alguém mas,a reprodução é humana.
    no capitulo 6 de gênesis diz que, naqueles dias já havia gigantes, e também depois que os filhos de Deus entraram ás filhas dos homens.

  12. A controversa que criaram em torno de gênesis 6 não existe. São apenas frutos de mentes férteis, mas sem conhecimento. É como acreditar em sací, mula sem cabeça, alienígenas.. Aliás, o discovery, o history, e outros canais de tv americanos estão veiculando muitas mensagens da bíblia misturadas com disco voadores, para confundir as pessoas. Anjos não são seres sem autônomos.

    Anjos são espíritos ministradores que obedecem a Deus.2. Judas e Pedro se referem a apostasia dos anjos que ocorreu uma única vez, e não duas. Ambos referem-se a apostasia nos céus e na terra. Sodoma e Gomorra. Nada tem a ver com Gen 6.

    A apostasia e queda de 1/3 dos anjos se deu antes da criação, nos céus, razão pela qual satanas foi expulso e veio para a terra tentar Adão e Eva.4. Isto leveu à humanidade a queda, mas Deus preparou uma linhagem para cumprir gênesis 3, de cuja linhagem nasceria o Cristo de Deus. Leia atentamente Gen 4 Caim e Gen 5. Sete. e Lucas 3:38

    O capitulo 6 refere-se exclusivamente a seres humanos, pois é impossível que um anjo relacione-se com pessoas. Fadas e duendes não são verdadeiros! Bruxas que voam em vassouras, cristais que emitem ondas energéticas, água benta, sabão ungido, sais e galhos de arruda, embora possuam muitos crentes que os misturam com sua fé, são invenções humanas.

    A verdadeira fé nos liberta de todas estas superstição.-Conceito: Superstição é um sentimento que se baseia no medo e na ignorância, que leva ao conhecimento de falsos deveres, pelo receio de ação sobre natural e a confiança em coisas ineficazes.- Resumindo: tolice!

    Nada há em genesis que mistura anjos e pessoas; muito menos demonios são filhos de Deus. Se a causa do diluvio fossem os anjos caídos ou anjos santos, que bagença, né! Isto mostraria como o ceu e desorganizado e cada um faz o que bem intende. Se assim fosse, Deus teria inundado o céu!

    Quem pecou foram homens e a maldade de seus corações se multiplicaram. O ocorrido é interpretado por “indoutos e inconstantes torcendo as escrituras para a sua própria condenação.! O fato de Jó descrever “que os filhos de Deus se apresentaram a Deus e que satanás veio entre eles,” não cria padrão terminológico para definir os anjos.

    A definição é dada por quem os conhece muito bem.” São espíritos ministradores enviados para servir e cumprir determinação do Pai” e não um exercito de autômatos independentes.

    • QUANDO VC FALA QUE ANJOS SAO SERES QUE OBDECEM A DEUS VC ENTRA EM CONTRADIÇÃO , ESQUECEU QUE LUCIFER SE REBELOU CONTRA DEUS, MESMO ASSIM AINDA É CONSIDERADO COMO FILHO DE DEUS.

  13. Estou de acordo com o Editor. Desde q eu era novinho na fé a 12 anos atras essa questao sempre me despertou curiosidade, acredito eu que isso foi uma tentativa de satanas de poluir o DNA do homen p que assim nao se cumprise a profecia acerca da vinda do messias, apois esse acontecimento nota-se q a iniquidade do homem aumentou aponto d Deus s arrepender d ter criado o homem dai veio o diluvio, mas apois o diluvio a biblia ainda cita q houve gigantes os quais josue e calebe viu na terra d canaa, satanas repetiu o ato apois o diluviu a unica explicacao eh essa, esses gigantes foram destruidos pelos israelitas quando posuiram canaa, pq esse ato nao s repete nos dias d hoje?? Pq Deus deu um basta prendendo esses anjos decaidos em prisoes. (Judas

  14. Bem irmãos sou cristão acredito sim sim que o irmão está abrindo os nossos olhos para ver a verdade muitos falsos profetas estão entre nós vamos ler mais a Bíblia sermos mais coerente pois não devemos discutir para desputar quem está certo ou errado e sim focarmos nas escrituras sagradas de Deus e ver o que está com a razão não discutir sobre nosso sentimento mais inluminarmos com as palavras de Jesus Cristo amarmos uns aos outros como a ti mesmo não vamos mais disputar sobre religião vamos ser irmãos eternos é isso que Jesus Cristo quer que todos ganhar a salvação discurso não leva a lugar nenhum só pra condenação etena paz a todos irmão que Deus nos abençoe em nome de Jesus Cristo amém

  15. bem irmaos, e um assunto bem complxso, mas importante. Sao respostas interessantes, mas vamos pesquisar mais, e estudar mais a biblia.

  16. Já tinha percebido esse detalhe. Gostei da eplicação que em nada tem de louca ou palavras similares… o que existe é um monte de gente que nem para pra pensar, para estudar… seu estudo tem coerência e recomendo que se tirem as viseiras dos olhos, a canga do pescoço e o cabresto da boca´… valeu.. se não gostaram poste aqui a sua idéia sobre esse texto.

  17. Criaturas de Deus! Não filhos. Nestas passagens mensionadas Satanás é chamado de Satanás e não de filho. Preste atenção. E para de querer denegrir a IASD. Não sou adventistas, sou Espirita, más conheço a seriedade desta igreja e dos seus ensinamentos. Busque a Jesus… Conheça a verdade e a verdade te libertará.

  18. RESPONDENDO NA BÍBLIA A QUESTÃO DO SEXO DOS ANJOS:
    “Havia, pois, sete irmãos: o primeiro casou e morreu sem filhos; o segundo e o terceiro casaram com a viúva, e assim os sete, e morreram sem deixarem filhos. Por fim morreu também a mulher. De qual deles, pois, será a mulher na ressurreição? porque os sete casaram com ela.
    Respondeu-lhes Jesus: Os filhos deste mundo casam-se e dão-se em casamento; mas aqueles que são julgados dignos de alcançar o mundo vindouro e a ressurreição dentre os mortos, não se casam nem se dão em casamento. Pois não podem mais morrer, porque são iguais aos anjos, e são filhos de Deus, sendo filhos da ressurreição.”
    Lucas 20:29-36

    RESPONDENDO NA BÍBLIA A QUESTÃO DOS FILHOS DE DEUS:
    “Porque, a qual dos anjos disse jamais: Tu és meu Filho, Hoje te gerei? E outra vez: Eu lhe serei por Pai, E ele me será por Filho? E outra vez, quando introduz no mundo o primogênito, diz:E todos os anjos de Deus o adorem. E, quanto aos anjos, diz: Faz dos seus anjos espíritos, E de seus ministros labareda de fogo.”
    Hebreus 1:5-7

    • Resposta do Editor:

      Ninguém está discutindo o sexo (ou gênero) ao qual os anjos pertencem, se masculino ou feminino. Também não estamos discutindo se houve ou não relações sexuais entre demônios (anjos caídos) e fêmeas humanas. Simplesmente aceitamos o que a própria Bíblia diz em Judas 6 e Gênesis 6:1-4, com o auxílio do livro de Jó, onde o próprio Satanás participa de uma reunião dos “filhos de Deus”.

      O texto hebraico em Gênesis não deixa dúvidas ao afirmar que houve “filhos de Deus” que se encantaram com as “filhas de Adão” e as possuirão, nascendo dessa união ilícita gigantes “nefilins”, palavra que se refere a seres “caídos” ou “derrubados do Céu”.

      Anjos no Céu, submissos a Deus, não se casam, talvez. Mas demônios, anjos rebeldes, na Terra, não no Céu, cobiçaram, seduziram e violentaram mulheres humanas.

      Se anjos, mesmo leais a Deus, não pudessem ser tentados pela beleza ou sensualidade das mulheres humanas que razão haveria para o conselho apostólico: “Portanto, deve a mulher, por causa dos anjos, trazer véu na cabeça, como sinal de autoridade”? 1 Coríntios 11:10.

      Perceba também, querido irmão, que a redação do Evangelho de Lucas, citada pelo senhor, ao contrário do que se deduz dos outros Evangelhos, não compara os ressuscitados aos anjos no aspecto do casamento.

      “Pois não podem mais morrer, porque são iguais aos anjos, e são filhos de Deus, sendo filhos da ressurreição.” O assunto aqui no Evangelho de Lucas, fruto de pesquisa minuciosa entre os vários evangelhos do período apostólico, não é casamento, mas vida eterna.

      Os ressuscitados são iguais aos anjos porque não podem mais morrer e são filhos de Deus, como os anjos! Note anjos e filhos de Deus também aqui são sinônimos. Antes da ressurreição somos, de fato, filhos de Adão ou dos homens. Apenas depois de ressuscitados seremos filhos de Deus, como os anjos.

      Evidentemente os anjos não são filhos unigênitos de Deus, como Jesus Cristo o é. Unigênito significa “único gerado” e, portanto, não há lugar para outros “filhos de Deus” nessa condição singular, de uma geração em plenitude de divindade. Tudo que Deus é, Seu Filho Jesus Cristo também é, embora não tenha por usurpação ser igual a Deus. Nesse sentido restrito, somente Jesus é Filho de Deus.

    • olha sou da assembleia de Deus e acho meio bizarro este tópico ,porem tem fundamento pq o livro de Enoque nos diz que os filhos de Deus eram anjos e antes de alguem querer me alfinetar dizendo que o mesmo e um livro apócrifo ,quero mencionar que Judas(não Iscariotes) menciona uma profecia de Enoque e se ele acredita no livro eu tb acredito, quero deixar uma pergunta aos teólogos …em genesis 6 então os filhos de Deus eram os filhos de sete,as filhas os de caim , e o terceiro elemento ,os gigantes eram filhos de quem ? e o que estão fazendo no texto?

  19. Paz de Deus irmãos ! Gostaria de uma explicação convincente de que, como existiram ainda depois do dilúvio, gigantes que se opuseram a Israel. Sem essa de falar que os israelitas acharam que eram nefilins, mais estavam enganados, quando foram espionar seus adversários. No dilúvio morreram segundo a Palavra de Deus, tudo que havia folêgo de vida !! E ai, como entender de quem são descendentes estes gigantes pós-dilúvio? Paz de Deus.

    • Querido Hermano, Satanás usa mentes como a sua para corromper e confundir. Se anjos decaidos se apossaram das filhas de Adão como vc diz, estes jamais poderiam ser chamados filhos de Deus. Simplesmente pq filhos de Deus não são decaidos, nem desertores, mto menos estupradores.Vc fala como um louco! Más a mim não surpreende. Afinal, até a santidade de cristo Satanás quer corromper usando mentes como a sua pra tentar convencer que ele casou-se e teve filhos com Maria Madalena. Muito cuidado! Não seja instrumento nas maos de Satanás. Ele é perigoso.

      • No Antigo Testamento, o próprio Satanás é mencionado entre os “filhos de Deus” e Deus, inclusive, conversa com ele, permitindo que aflija a Jó:

        “E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles. Então o Senhor disse a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao Senhor, e disse: De rodear a terra, e passear por ela…” Jó 1:6-7.

        “E, vindo outro dia, em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles, apresentar-se perante o SENHOR.Então o Senhor disse a Satanás: Donde vens? E respondeu Satanás ao Senhor, e disse: De rodear a terra, e passear por ela.”
        Jó 2:1-2.

        Satanás e os anjos rebeldes que o seguiram são também chamados “filhos de Deus” por terem sido criados diretamente por Deus.

      • Bem, essa questão de atacar o que não se entende e’ de uma insensatez lucimara,o editor esta sendo claro e objetivo em todas exposição que faz,tenho 60 anos,quando tinha 25anos,quis mais informações sobre o assunto e perquntei ao pregador da minha igreja ,simplesmente numca tinha sequer ouvido falar no assunto,muito menos ter lido,e todo esses anos acompanho o assunto,o editor esta sendo esplêndido,meus parabéns editor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *