Setembro passou e nada aconteceu, diria o mau servo da parábola. Mas…

Mas se aquele mau servo disser no seu coração: O meu senhor tarde virá; E começar a espancar os seus conservos, e a comer e a beber com os ébrios, Virá o senhor daquele servo num dia em que o não espera, e à hora em que ele não sabe, E separá-lo-á, e destinará a sua parte com os hipócritas; ali haverá pranto e ranger de dentes. — Mateus 24:48-51

28/09/2015: EM NY, PAPA FRANCISCO AFIRMA QUE JESUS “FRACASSOU” NA CRUZ

Precisamos de mais alguma coisa para entendermos o que está claro bem debaixo do nosso nariz? Já havia postado aqui que Setembro de 2015 prometia. Ele foi passando e não vimos nada sobre alienígenas, Planeta X ou Nibiru, Portais se abrindo nos céus ou algo mais espetacularmente sobrenatural acontecendo. Mas na última Lua de Sangue ontem, no dia 27 de Setembro, coincidindo com a Festa dos Tabernáculos (Sukkoth), num importante feriado judaico, veio o Papa Francisco a dizer a sua declaração mais “anticrística” possível, zombando do trabalho na cruz do Nosso Senhor Jesus Cristo!

Mais uma loucura herética deste falso profeta socialista…

“E (a besta) abriu a sua boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar do seu nome, e do seu tabernáculo, e dos que habitam no céu.” Apocalipse 13:6

Após se referir ao muçulmanos como “irmãos” (que adoram o mesmo Deus, e isso é uma MENTIRA),

“Dois sentimentos tenho hoje para com nossos irmãos islâmicos. Primeiro, minha saudação por celebrar-se hoje o Dia do Sacrifício. Tivesse querido que minha saudação fora mais calorosa segundo os sentimentos, que é minha proximidade, minha proximidade ante a tragédia que seu povo sofreu hoje em Meca. Neste momento de oração, me uno, unimo-nos na prece a Deus nosso Pai Todo-poderoso e misericordioso.” – Papa Francisco

Bergoglio compara as falhas humanas ao realizar esse trabalho com a Cruz de Cristo, que muitas vezes parece não dar fruto, mas que somos seguidores de Jesus Cristo, e que a vida de Jesus – humanamente falando – terminou em fracasso, o “Fracasso da Cruz”. (confira aqui na Homilia no próprio site Católico).

“E se, às vezes, os nossos esforços e o nosso trabalho parecem gorar-se e não dar fruto, estamos a trilhar a mesma via de Jesus Cristo; a sua vida, humanamente falando, acabou com um fracasso: o fracasso da cruz.” – Papa Francisco

Fiquei pensando: “Eu não compreendo como um homem que se diz conhecedor das Escrituras possa dizer tal coisa”.

A morte de Jesus – mesmo humanamente falando – não foi um fracasso. É como se Ele tivesse tentado fazer algo e não conseguiu e acabou morrendo na cruz. A cruz era o objetivo final, Ele veio para isso. Como Filho de Deus encarnado, Ele pagou pelos nossos pecados nos reconciliando com o Pai, fazendo exatamente aquilo que Ele veio fazer, ou seja, morrer na cruz para se cumprir tudo o que estava escrito na Lei de Moises e dos Profetas. (Mateus 24:44)

Nenhum apóstolo, chamou a cruz de fracasso. Jesus sofreu a vergonha da cruz, (Hebreus 12:2) a maldição da cruz, (Gal 3:13) mas não o fracasso da cruz por que eles sabiam que a cruz não tinha sido um fracasso.

Não houve tempo suficiente para alguém achar que a cruz era um fracasso pois logo após a sua morte, estando Jesus ainda na cruz, o centurião e os homens que estavam ali reconheceram que Jesus era o Filho de Deus após o terremoto e tudo o que havia acontecido. (Mateus 27:54). Os discípulos estavam com medo, mas sabiam que Jesus seria morto e ressuscitaria, pois Ele mesmo os havia dito. (Marcos 10: 33)

A ideia de a cruz ser um fracasso é inexistente na história, tanto que três mil pessoas se converteram na primeira pregação de Pedro pois era sabido por todos que Jesus tinha feito milagres (Atos 2:22) e certamente as centenas de testemunhas oculares da sua ressureição eram provas suficientes para crerem Nele.Citar a morte de Jesus na cruz como um fracasso do Jesus humano é uma heresia que menospreza seu sacrifício expiatório, não tem base Bíblica, Teológica nem Histórica e foge de todo o ponto central do evangelho. Jesus em nenhum momento na sua vida humana fracassou, sua vida foi perfeita, o plano de Deus foi perfeito.

Se Jesus não tivesse morrido na cruz, ele teria humanamente fracassado. Mas é exatamente por que Ele morreu na Cruz, que sua vida – humana – e morte não foi o “Fracasso da Cruz”, e sim, a “Vitória da Cruz”.

Texto: Joel M Stevao
Pastor, Teólogo, Apologista

Para Refletir
Será mesmo que iríamos ficar sabendo dos acontecimentos que citei no início do blog através da mídia comprada internacional? Quantas reuniões feitas com Obama, NASA, líderes religiosos mundiais não devem ter acontecido fora da “agenda oficial” para discutirem não “se”, mas QUANDO essas coisas deverão ser reveladas? Aguardemos o desenrolar do tempo para vermos quando tudo isso começará a vir à tona.
Mas dizer que Jesus fracassou na cruz? Isso vir de um Papa? Ao meu ver não poderia haver blasfêmia maior no mundo. E lembrem-se que este homem, o Papa Francisco, pastoreia mais de 1 bilhão de pessoas no planeta.
Pois é caros leitores, tivemos a oficialização da Agenda 2030 e a promulgação do Evangelho Verde, numa adoração oculta à deusa Gaia (planeta Terra). E se derem uma olhada na Homilia oficial do Papa, ele diz que Jesus fracassou, mas coloca a Virgem Maria nas alturas, como sendo a verdadeira origem das benesses derramadas sobre todos nós, adorando a “Rainha dos céus para provocar a ira de Deus”.
Caros leitores, continuem vigiando e orando, pois o Retorno do Rei Jesus está próximo, muito próximo.
E só para refrescar a memória, deixarei aqui abaixo um resumo colocado ontem por L. A. Marzulli:
O que sabemos…

Sabemos que: No início, Deus criou os Céus e a Terra. Isso contradiz a teoria de Darwin. Os dois não podem estar certos ao mesmo tempo. (Gênesis 1)

Sabemos que tem havido uma guerra entre a semente da Serpente e a semente da Mulher. (Gênesis 3)

Sabemos que a guerra dessas sementes resultou na incursão de Anjos Caídos nesse planeta, o que resultou na criação ímpia dos Nepfilins, os quais Deus julgou com o dilúvio de Noé. (Gênesis 6)

Sabemos que isso aconteceu de novo, pois as Escrituras nos dizem: Os Nefilins estiveram na Terra naqueles dias e também depois, quando os filhos de Deus pegaram esposas e tiveram filhos com elas. (Números 13)

Sabemos que esses seres caídos vieram para roubar, matar e destruir e vemos isso graficamente mostrado no Livro de Jó.

Sabemos que esses Anjos Caídos odeiam o povo judeu por causa do Messias, o qual foi um judeu da tribo de Judá, livrando a raça humana dos poderes do maligno através da Sua morte na cruz e tomando o reino de Satanás. (Os Evangelhos)

Sabemos que Yeshua declarou que Ele retornaria e nos disse especificamente quais seriam os sinais que deveríamos vigiar: muitos virão em meu nome dizendo ‘eu sou o Cristo’… haverá guerras e rumores de guerras, terremotos em vários lugares, fome e doenças… tempos tribulados. (Mateus 24)

Sabemos que a profecia é 100% verdadeira e que o Deus da Bíblia é quem a escreveu:Ele chama o início antes do fim e o fim antes do início. (Isaías 46)

Sabemos que Yeshua nos disse: o retorno do Filho do Homem será como nos dias de Noé.(Mateus 24; Lucas 21)

Sabemos que existe literalmente a semente da Serpente, a qual será o anti-messias ou pseudo-messias. (Gênesis 3)

Sabemos que esse impostor declarará a si mesmo como sendo deus. (Daniel 8)

Sabemos que Israel seria reunida dos quatro cantos do mundo e nunca mais seria removida da terra que o Deus da Bíblia deu a eles. (Amós 9)

Sabemos que quando Yeshua voltar, isso acontecerá em Jerusalém, não em Paris ou em Moscou ou qualquer outro lugar na Terra, mas em Jerusalém, que é a Sua cidade. (Zacarias 14)

Isso é só uma parte do que sabemos, e a maioria dessas passagens são de natureza profética. Essa noite é a última Lua de Sangue. Muito tem se falado sobre o fim dos tempos no ano passado.

Tenho um infiltrado que me indicou que algo iria acontecer em 23 de Setembro… e nada aconteceu.

No entanto, quando vemos o tumultuoso estado no qual o mundo se encontra, e escreverei sobre isso amanhã, vemos os sinais os quais foram alertados por Yeshua quando apareceriam antes do Seu retorno, e todos eles estão aqui.

Aqui está nossa esperança abençoada. Ele é o aquele o qual estamos esperando. Ele é o Futuro Rei que reinará por mil anos em Seu reinado do milênio de Jerusalém.

Todo cabeça se curvará e todo joelho se dobrará.

O que foi escrito irá passar. O que foi previsto irá acontecer.

Fonte: http://efesios612.com/2015/09/28/papa-francisco-jesus-fracassou/

7 thoughts on “Setembro passou e nada aconteceu, diria o mau servo da parábola. Mas…

  1. Como diria alguém: “Se uma pessoa não consegue interpretar um post de Facebook ou uma notícia de jornal, como vai conseguir interpretar um livro escrito há 2 mil anos, em línguas muito diferentes e numa cultura muito distante?”

    Não sejam desonestos. Entendam a figura de linguagem usada pelo Francisco. Do ponto de vista humano, a vida e morte de Jesus foi um fracasso, porque, humanamente, sucesso é ser rico, ter muito poder, conquistar milhares de fãs e viver uma vida longa e confortável.

  2. Fico pasmo de ver como alguém [Joel M Stevao] que se apresenta como pastor, teólogo e apologista consegue ser tão péssimo de interpretação. E o pessoal do site concorda em gênero, número e grau com ele, caso contrário não teriam publicado o que ele acha.

    “E se, às vezes, os nossos esforços e o nosso trabalho parecem gorar-se e não dar fruto, estamos a trilhar a mesma via de Jesus Cristo; a sua vida, humanamente falando, acabou com um fracasso: o fracasso da cruz.” – Papa Francisco.

    Não há espaço para esta interpretação bizarra desse “pastor”, e que este site quer endossar. O sentido das palavras do papa foi outra: “humanamente falando”, ou seja, do ponto de vista do homem carnal, terreno.

    Sim! Até para os discípulos foi um fracasso aquele dia, porque ainda não compreendiam a verdadeira natureza da missão de Cristo.

    “Com a morte de Cristo, PERECERAM AS ESPERANÇAS dos discípulos. Olhavam-Lhe as cerradas pálpebras e a cabeça pendida, o cabelo empastado de sangue, as mãos e os pés traspassados, e indescritível era a angústia que sentiam. Até ao fim não acreditavam que Ele morresse; mal podiam crer que estivesse realmente morto. Esmagados pela dor, não recordavam Suas palavras, a predizer essa mesma cena. Coisa alguma de quanto dissera lhes dava então conforto. Viam unicamente a cruz e a ensangüentada vítima. O futuro afigurava-se-lhes negro e desesperador. Sua fé em Jesus morrera (…)” – ODTN, pág. 772.

    “Com provas tiradas da profecia, deu Cristo aos discípulos uma idéia correta do que Ele devia ser na humanidade. A expectativa deles, de um Messias que devia TOMAR SEU TRONO e o RÉGIO PODER segundo os desejos dos homens, os desorientara.” – ODTN, pág. 799

    “Como Redentor do mundo, Cristo foi constantemente confrontado por APARENTES FRACASSOS. Ele, o Mensageiro da misericórdia ao nosso mundo, pouco parecia fazer da obra que anelava realizar em erguer e salvar. Satânicas influências estavam sempre operando para Lhe obstar o caminho. Mas Ele não Se desanimava. Através da profecia de Isaías, declara: “Em vão tenho trabalhado, inútil e vã mente gastei as Minhas forças; todavia o Meu direito está perante o Senhor, e o Meu galardão perante o Meu Deus.” – ODTN, pág. 678.

    Em outras palavras e de maneira resumida, o papa disse o mesmo que Ellen White escreveu.

    1. amigos….. jesus ,sempre falava que pdeceria ,e seria morto ,mais ao terceiro dia ressucitava,ele falava o tempo todo, eles os dicipulos tambem nao entendia ,assim somos nos hoje, ,nao prestamos atencao no que jesus fala na biblia mais ele disse q nao tiraria nem um til da sua palavra.temos, q abrir os olhos ,tentar observar,o que ele falou antes q seja tarde de mais.um abraco….

  3. AS PALABRAS DO PAPA FORAM: ” A cruz mostra-nos uma maneira diferente de medir o sucesso: a nós cabe-nos semear, e Deus vê os frutos do nosso trabalho. E se, às vezes, os nossos esforços e o nosso trabalho parecem gorar-se e não dar fruto, estamos a trilhar a mesma via de Jesus Cristo; a sua vida, humanamente falando, acabou com um fracasso: o fracasso da cruz.” (na íntegra).
    Você distorceu publicando apenas meias-palavras, e além disso aplica um sentido diferente do que o Papa quis claramente aplicar. Veja que ele diz “maneira diferente de medir o sucesso”, e ele disse que “Cristo fracassou na cruz, humanamente falando”. Ou seja, a verdadeira mensagem do Papa é que a verdadeira vitória as vezes passa pela via crucis e pela aparente derrota. Mas como vocês adventistas e ex-adventistas recalcados são paranóicos e obcessivos com a ICAR e com o Papa (com a idéia que lhes foi incutida por Nossa Senhora Ellem White), então só um gotinha para fazer um oceano.

    1. “Bingo ! “. Concordo com Vitor. Crucifixão aos olhos humanos é desonroso, aplicado a criminosos na época de Cristo e a Cristãos até hoje (vide noticiário atual). O que era desonra (fracasso) tornou-se no maior símbolo de amor à humanidade (acabou com o fracasso); símbolo do poder de Deus; ato de fé. A vida de Jesus não acabou EM um fracasso, mas COM um fracasso!
      Um pouco de levedo fermenta toda a massa! (Gl 5:9) Leiam adventistas e vejam como em um espelho; interpretem galatas (toda) como se “possivelmente” fosse escrita a vocês e testemunhem aqui (com humildade) se ficaram ou não duvidosos! Sendo que este é apenas uma das cartas (depois leia Rm 7; hebreus 8:13) . Não deixem que a doutrina da livre interpretação os ceguem com o temor e os levem a uma perseguição velada, covarde e antes de tudo irracional. O Apocalipse continua sendo seu guia em detrimento da doutrina Paulina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *