ORIGEM, DAN BROWN: Michelson Borges não viu que destruição da fé em Deus começa pela negação da Terra plana

Michelson Borges, mais uma vez, foi rápido e oportunista ao comentar declarações do autor Dan Brown, durante entrevista coletiva para o lançamento de seu novo livro Origem, onde profetiza o fim da crença em Deus e o surgimento de uma religião tecnocientífica. Contudo, faltou um pouco mais de pesquisa durante a produção do texto publicado no blog Criacionismo.Com.Br.

Primeiro, faltou demonstrar que não há qualquer novidade na predição de que: “Nossa necessidade de um deus exterior, sentado nos julgando, vai diminuir e eventualmente desaparecer… ciência vai superar a religião…” Jesus Cristo previu que a verdadeira fé iria quase desaparecer com o tempo a ponto de perguntar: “Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?” LucaS 18:8.

Faltou perceber nas entrelinhas que o processo de extinção da fé começou exatamente com a substituição da cosmologia bíblica da terra plana pela cosmologia supostamente científica da Terra Globo. O Deus exterior que ficava assentado em Seu trono sobre a abóbada do firmamento de onde nos observava, ouvia e julgava, foi retirado de lá e expulso para algum ponto longínquo do vasto Universo de bilhões de galáxias.

Como escreveu Ellen White, em seu livro Vida e Ensinos, ao descrever o plano diabólico para a destruição da fé através dessa nova cosmologia da ponta pequena, que começa rejeitando e destruindo “o lugar da habitação de Deus” (Daniel 8:11):

“O tentador vem com a insinuação de que Cristo removeu a sede de Seu trono e poder para alguma região desconhecida, e que os homens não mais necessitam de ser incomodados com exaltar-Lhe o caráter e obedecer à Sua lei.Os seres humanos devem ser uma lei para si mesmos, declara ele. Esses enganos exaltam o eu e anulam a Deus. Destroem as restrições e o governo moral na família humana. As restrições ao vício enfraquecem mais e mais. O mundo não ama nem teme a Deus. E os que não amam nem temem a Deus logo perdem todo o senso da obrigação de uns para com os outros. Estão sem Deus e sem esperança no mundo.” Págs. 82 e 83.

Faltou captar a mensagem subliminar satânica da canção-hino composta por John Lennon, redesenhando e reduzindo a cosmologia das gerações posteriores pela eliminação do Céu e do Inferno, e que ainda hoje é cantarola por milhões de jovens, inclusive adventistas:

Imagine não haver o Paraíso [onde está Deus]
É fácil se você tentar
Nenhum Inferno abaixo de nós
Acima de nós, só o céu [atmosférico]

Imagine todas as pessoas
Vivendo o presente

Imagine que não houvesse nenhum país
Não é difícil imaginar
Nenhum motivo para matar ou morrer
E nem religião, também

Faltou pesquisar um pouco mais e perceber que no próprio livro Origem, de Dan Brown, à pág. 108 (da edição em inglês) ou pág. 391 (em português), o processo de destruição da fé em Deus inicia-se pela negação da doutrina bíblica da Terra Plana, a tentativa de conciliar Fé e Ciência pelo Criacionismo e, por último, a derrota do conceito de “Design Inteligente” como prova da existência de Deus:

“Segundos depois, o texto de resposta do um espectador correu pela base da tela: A RELIGIÃO NÃO PODE REIVINDICAR A MORALIDADE COMO SUA… SOU UMA PESSOA BOA PORQUE SOU UMA PESSOA BOA! DEUS NÃO TEM NADA A VER COM ISSO!

“Essa imagem foi substituída por um professor de geologia da USC (Universidade do Sul da Califórnia*):

“– Antigamente — estava dizendo o homem –, os seres humanos acreditavam que a Terra era plana e os navios que se aventuravam pelo mar se arriscavam a cair pela borda. Mas, quando provamos que a Terra era redonda, os defensores da teoria da Terra Plana acabaram silenciados. Os criacionistas são os defensores da terra plana de hoje, e eu ficaria chocado se alguém ainda acreditasse no criacionismo daqui a 100 anos’.

“Um rapaz entrevistado na rua declarou para a câmera:

“– Sou criacionista e acredito que a descoberta desta noite prova que um Criador benevolente projetou o universo especificamente para sustentar a vida’.

“Emseguida, apareceu um trecho do programa de TV Cosmos em que o astrofísico Neil deGrasse Tyson declara bemhumorado:

“–Se um Criador projetou nosso Universo para sustentar a vida, fez um serviço péssimo. Na maio parte do cosmo, a vida morreria instantaneamente pela falta de atmosfera, por explosõesbde raios gama, pulsares mortais e campos gravitacionais esmagadores. Acreditem, o Universo não é nenhum Jardim do Éden.”

*Observe que, embora o texto do livro em português omita a identificação da Universidade americana, essa universidade mencionada no texto original é exatamente a Universidade onde o “satanólogo” autor do livro Inventando a Terra Plana, Jeffrey Burton Russell, é professor. E se Michelson Borges e seus colaboradores do Blog e pares da Sociedade Criacionista Brasileira fossem um pouco mais fundo teriam vergonha de citá-lo em defesa da esfericidade da Terra, uma vez que já se declarou evolucionista e condenou o criacionismo, nas respostas 54, 55, 56 e seguintes do livro Exposing Myths About Christianity: A Guide to Answering 145 Viral Lies and Legends. Clique para acessar o livro em inglês.

4 ideias sobre “ORIGEM, DAN BROWN: Michelson Borges não viu que destruição da fé em Deus começa pela negação da Terra plana

  1. Tem que ser muito burro e ignorante para acreditar nessa falácia e pseudo ciência da terra plana, e depois vem o estúpido dizendo que para acreditar na bíblia tem que acreditar na terra plana, é muita ousadia desses ” cientistas e astrônomos ” de plantão que publicam lixos por youtubers como: canal 100% hipocrisia, inteligência natural, verdade oculta e por ai vai e fora os lixos que tem no facebook. E depois querem que levem a serio esse lixo de site, Esse site é um especialista em perseguir os remanescentes da IASD.

  2. “Os criacionistas são os defensores da terra plana de hoje, e eu ficaria chocado se alguém ainda acreditasse no criacionismo daqui a 100 anos”. Esse trecho foi copiado da matéria acima e trata-se de uma grande e completa mentira. Pouquíssimas pessoas acreditam nessa tese medieval da terra plana, que além de ultrapassada e antiquada, não acrescenta nada na salvação de ninguém. Isso ofende os criacionistas sérios, pois somos ridicularizados com citações dessa espécie.

  3. Sério que vocês do adventista.com acreditam que a terra é plana, eu estou com 32 anos de idade e já não acredito mais em Coelhinho da Páscoa, Unicórnio, Fada do dente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *