Browse By

Maldito é o homem que confia no homem e maldito é o eleitor que confia na urna eletrônica

Pensamentos de sabedoria de Jeremias sobre a Corrupção

Jeremias 17

5 Assim diz o SENHOR:

“Maldito aquele

que confia no ser humano,

que faz da carne mortal o seu braço

e cujo coração se desvia do SENHOR!

6 Porque ele será como um arbusto

solitário no deserto

e não verá quando vier o bem;

pelo contrário, morará

nos lugares secos do deserto,

na terra salgada e inabitável.”

7 “Bendito aquele

que confia no SENHOR

e cuja esperança é o SENHOR.

8 Porque ele é como a árvore

plantada junto às águas,

que estende as suas raízes

para o ribeiro

e não receia quando vem o calor,

porque as suas folhas

permanecem verdes;

e, no ano da seca, não se perturba,

nem deixa de dar fruto.”

9 “Enganoso é o coração,

mais do que todas as coisas,

e desesperadamente corrupto.

Quem poderá entendê-lo?

10 Eu, o SENHOR, sondo o coração.

Eu provo os pensamentos,

para dar a cada um

segundo os seus caminhos,

segundo o fruto das suas ações.”

11 Como a perdiz que choca ovos

que não pôs,

assim é aquele que ajunta riquezas

desonestamente;

no meio da vida ficará sem elas

e no seu fim passará por tolo.

12 Um trono de glória enaltecido

desde o princípio

é o lugar do nosso santuário.

13 Ó SENHOR, Esperança de Israel!

Todos aqueles que te abandonam

serão envergonhados;

o nome dos que se afastam de ti

será escrito no chão,

porque abandonam o SENHOR,

a fonte das águas vivas.

3 thoughts on “Maldito é o homem que confia no homem e maldito é o eleitor que confia na urna eletrônica”

  1. josé santos silva says:

    Se o seu candidato for eleito, então as urnas são confiáveis !

    1. André says:

      Exatamente, agora as urnas e pesquisas são confiáveis… ou será que não foram fraudadas mais uma vez?…

      1. Hermano de Jesus -- Editor says:

        Acreditamos, sim, que as urnas permanecessem fraudadas desde o primeiro turno. Mas a equação algorítmica inserida na programação não produziu resultado suficiente para virar o jogo e garantir a vitória do candidato da esquerda corrupta. Ou seja, Jair Bolsonaro, de fato, teria ganho a eleição por uma margem vem mais expressiva de voto. Algo em torno de 70%. Esperamos que o presidente eleito trabalhe por uma alteração nesse sistema ilegal de votação, uma vez que o voto deve ser secreto, mas a apuração destes deve ser pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *