Browse By

Possível final infeliz para atentado contra Bolsonaro

“Se os advogados de Adélio dizem que foi um ‘crente benemérito’ quem os contratou e as investigações Polícia Federal apontam para o PCC, não poderia haver alguém da IASD envolvido no atentado contra Bolsonaro?”

Trata-se apenas de uma pergunta, com links para algumas de nossas publicações, não refutadas pela liderança da IASD. O questionamento se fundamenta em fatos históricos e atuais, entre eles:

1. Episódios anteriores de opção da liderança da IASD por candidatos inadequados. Exemplo máximo: Hitler na Alemanha. Mas apoiamos também a Stalin, José Eduardo dos Santos em Angola, etc.

2. Apoio da IASD aos governos da esquerda na América do Sul, incluindo Che Guevara, Jânio Quadros, João Goulart, Lula, Martha Suplicy, Dilma, Gleisi Hoffmann, Alckmin, etc. Houve até demissão de pastor por protestar contra o governo petista.

3. O posicionamento contrário ao Governo Militar nos livros de História adventistas.

4. O envolvimento da IASD em crimes de genocídio, uso de jovens adventistas como cobaias para armas químicas e contrabando na Argentina.

5. Informações específicas sobre o caso do novo chefe do PCC na fronteira, Jarvis Chimenes Pavão, não desmentidas pela IASD. Em declarações à Justiça, ele próprio declarou que era funcionário da Igreja Adventista do Sétimo Dia no presídio paraguaio, onde gozava de privilégios ilícitos.

IASD NÃO CONDENA CORRUPTOS, NEM SE OPÕE A DITADORES

“Nossa postura não é de protesto, oposição nem de combate a autoridades constituídas, e sim de orar por elas e respeitá-las. A igreja [adventista do sétimo dia] não julga a qualidade de um governo ou sua justiça. Ela não se envolve nesse tipo de questão”, afirmou o pastor Hélio Carnassale, diretor do departamento de Assuntos Públicos e Liberdade Religiosa em entrevista à agência sul-americana de notícias.

Fonte: http://www.adventistas.com/2018/10/01/pastor-adventista-demitido-por-pedir-impeachment-de-dilma-analisa-documento-sobre-politica-da-dsa/

VEJA O ABSURDO DITO PELO PRESIDENTE DA APS

7 thoughts on “Possível final infeliz para atentado contra Bolsonaro”

  1. João Maria says:

    Jesus garantiu a salvação para um condenado, crucificado ao seu lado.
    Jesus disse que havia chagado a salvação na casa de um publicano nanico (Zaqueu), considerado corrupto da pior categoria pelos seus probos irmãos, povo escolhido, descendentes de Abraão, Isaque e Jacó (Israel).
    Jesus tinha o maior prazer em tomar refeições com os corruptos homens públicos, e também na companhia de prostitutas.
    Deus escolheu, para ser o pai da fé (Abrão) um homem que não tinha coragem de dizer a verdade (no Egito, disse que sua mulher era sua irmã – quem não diz a verdade, mente ! – Segunda vez, no território de Abimeleque, outra vez cometeu a mesma falha).
    Ainda bem que não seremos julgados por esses que se consideram “perfeccionistas”, e, que pensam que só os perfeccionistas como eles, terão o favor de Deus.

  2. Messias Bolso says:

    Você só pode estar de brincadeira… Se a liderança adventista tende a defender algo em política (o que não é verdade), seria em favor da direita (ou o que muitos consideram “extrema-direita”). Um grande número de pastores adventistas apoiam Bolsonaro; só não o divulgam mais por causa da “Lei Ezequiel Gomes”, da DSA.

  3. João says:

    Se há um terremoto, não poderia ser “alguém da IASD”? o culpado?!
    Se existem metralhadoras nas mãos de bandidos, não poderia ser “alguém da IASD”? que esteja fornecendo?!
    Se há uma epidemia de dengue em vários lugares, não poderia ser “alguém da IASD”? que seja culpado pelos criadouros?!

    No final da história, quando começarem a cair as “pragas” do apocalipse, também haverá essa mesma suspeição e aí haverá a perseguição !

    1. Batista says:

      Verdade irmão! Aqui nessa acusação que fazem contra a igreja adventista, comentem 3 crimes:calúnia, injúria e difamação. Vocês que são responsáveis por esse site, não se cansam de fazer acusações levianas e satânicas contra a igreja?

      1. Hermano de Jesus -- Editor says:

        Trata-se apenas de uma pergunta, com links para algumas de nossas publicações, não refutadas pela liderança da IASD. O questionamento se fundamenta em fatos históricos e atuais, entre eles:

        1. Episódios anteriores de opção da liderança da IASD por candidatos inadequados. Exemplo máximo: Hitler na Alemanha. Mas apoiamos também a Stalin, José Eduardo dos Santos em Angola, etc.

        2. Apoio da IASD aos governos da esquerda na América do Sul, incluindo Che Guevara, Jânio Quadros, João Goulart, Lula, Martha Suplicy, Dilma, Gleisi Hoffmann, Alckmin, etc. Houve até demissão de pastor por protestar contra o governo petista.

        3. O posicionamento contrário ao Governo Militar nos livros de História adventistas.

        4. O envolvimento da IASD em crimes de genocídio, uso de jovens adventistas como cobaias para armas químicas e contrabando na Argentina.

        5. Informações específicas sobre o caso do novo chefe do PCC na fronteira, Jarvis Chimenes Pavão. Em declarações à Justiça, ele próprio declarou que era funcionário da Igreja Adventista do Sétimo Dia no presídio paraguaio, onde gozava de privilégios ilícitos.

        1. João says:

          Perguntas???!!!
          Tendenciosas e direcionadas !
          Para um bom entendedor, meia palavra basta !

          1. Sirleide Rocha says:

            Se vc crê de verdade na bíblia e principalmente nas epístolas paulina,s, lembre-se, se é que o sabe, que Paulo fala que “por preço fostes comprados, não vos torneis portanto servos de homens”, e diría mais… homens e suas instituições bancadas por idiotas úteis como vc. Como gostam de mandar os rsquerdalhas: VAI ESTUDAR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *