“Muy Amigos”: Rodrigo Silva e Marcelo Rezende simulam desentendimento em foto “profética”

Na foto digitalizada acima, tirada em Belo Horizonte, MG, em meados da década de 90, vemos o então colportor-estudante do IAENE, teologando Rodrigo Silva e seu parceiro de colportagem por nove férias, Marcelo Rezende, que trabalhava como repórter da Band em Uberlândia, MG. Rodrigo segura um bastão de madeira e uma faca às costas, enquanto Marcelo esconde também uma grande faca.

Marcelo Rezende conheceu Rodrigo Silva na juventude, enquanto fazia reportagens para a televisão.

Segundo relato do próprio Marcelo Rezende, por sugestão de Rodrigo, ao produzirem essa foto estavam simulando uma cena de falsa amizade, alegadamente para imitar a capa de uma edição de 92 ou 93 da revista Decisão, que vendiam como número avulso, quando a oferta de livros falhava.

Foi assim que ambos se conheceram, trabalhando juntos como colportores no período de férias. Nessa época, Rodrigo Silva em várias ocasiões teria mantido sexuais ilícitas com menores adventistas nos momentos de folga da dupla. Rezende diz que até testemunhou muitos desses casos, salvo alguns que teriam sido contados pelo próprio Rodrigo.

Antes tarde do que mais tarde

Hoje, Rodrigo Silva e Marcelo Rezende já não se falam, porque Marcelo teria se conscientizado da santidade do ministério pastoral e insiste em dizer ao ex-amigo que este deveria assumir seus erros do passado e do presente (como o recente caso de adultério de Rodrigo, que resultou em divórcio e perda da credencial de pastor) e deixar o ministério do qual não seria digno.

Perguntado sobre por que razão não denunciou Rodrigo Silva antes, quando os casos envolvendo menores aconteceram, Marcelo Rezende respondeu:

“Cada um de nós tem o seu tempo pra tudo na vida, inclusive pra tomada de consciência. São como camadas. E naquela época não havia cedulares ou internet. Havia mais rigor e não tínhamos sequer voz nas igrejas. Se hoje não temos, imagine naquela época que era mais tradicional, digamos assim. Portanto, a imaturidade e as circunstâncias precisam ser levadas em conta quando se pensa em denúncias contra um estudante de teologia. Hoje estou livre dessas amarras emocionais impostas pela igreja. Antes tarde do que mais tarde.”

“Isso apenas confirma o que eu estou falando hoje, no sentido de que o silêncio contribui para o problema continuar. Em tudo que envolve o ser humano, cada um tem um tempo diferente de analisar e resolver as questões que a vida lhe apresenta. São reações diferentes em tempos específicos. Apenas isso,” esclarece.

Denúncias graves

Nos últimos vídeos que disponibilizou em seu canal no Youtube nesta semana, o jornalista Marcelo Rezende, ex-redator da Casa Publicadora Brasileira, revelou que a própria mãe do palestrante, escritor e guia turístico, especializado em Arqueologia, Rodrigo Silva, teria denunciado o próprio filho à organização adventista por maus tratos, violência e abandono. A iniciativa teria sido testemunhada por vários pastores da Associação Mineira Central, incluindo o pastor do distrito do Jaraguá, em Belo Horizonte, Marcos Nardy.

Por outro lado, em palestra disponibilizada no Youtube, Rodrigo Silva se justifica, dizendo que seu irmão Juarez o ameaçou de morte. Veja ele próprio dizendo isso no vídeo abaixo:

Segundo Marcelo Rezende, Rodrigo Silva gosta de se vangloriar e mente até que teria sido locutor da Globo:

Enquanto Rodrigo Silva mente sobre seu suposto trabalho na Globo, os vídeos abaixo comprovam o trabalho de Marcelo Rezende como repórter da Band e outras emissoras:

Ainda aguardamos resposta e m vídeo de Rodrigo Silva, desmentindo a todas essas denúncias de Marcelo Rezende, caso não sejam verdadeiras.

Deixe uma resposta