Críticas de Michelson Borges fizeram crescer consultas e vendas da Bíblia White


Michelson Borges postou o artigo contra a Bíblia White no dia 11 de abril, nós o repostamos em 12 de abril, demonstrando que havia evidente descaso pelo trabalho de seus tradutores e patrocinadores. Posteriormente, o próprio Daniel Silveira publicou que acessos do site cresceram depois de nossa divulgação:

A Comoção da Bíblia White

O jornalista da CPB, Michelson Borges, lançou em seu site privado uma matéria de Davi Boechat desacreditando a seriedade da Bíblia White. Posteriormente, comentou também em vídeo. Abaixo a resposta de Daniel Silveira:

Agradeço a Davi Boechat pelo artigo sobre a Bíblia White. Foi ótimo ter publicidade gratuita: as visitas em nosso site alcançaram um récorde. Considerando que Bíblia White ainda nem saiu do prelo, a comoção é considerável e dá uma ideia do quanto a iniciativa inédita está incomodando.

A propósito, a Bíblia está toda paga e a gráfica deu o prazo de 26 de abril para a entrega em Capitólio, sexta-feira. Mas para prevenir o risco de atrasar e entrar nas sagradas horas do sábado, remarcamos para domingo 28 de abril. A postagem para vocês queridos da pré-venda, será por ordem de encomenda.

EGW: “Cada contestação, cada censura, cada calúnia será um meio nas mãos de Deus para provocar curiosidade e despertar os espíritos que, de outro modo, continuariam adormecidos.” […]  CI 345.1

EGW: “O fato de não haver controvérsias ou agitações entre o povo de Deus, não devia ser olhado como prova concludente de que eles estão mantendo com firmeza a sã doutrina. Há razão para temer que não estejam discernindo claramente entre a verdade e o erro. Quando não surgem novas questões em resultado de investigação das Escrituras, quando não aparecem divergências de opinião que instiguem os homens a examinar a Bíblia por si mesmos, para se certificarem de que possuem a verdade, haverá muitos agora, como antigamente, que se apegarão às tradições, cultuando nem sabem o quê.”  TS2 311.3

Apesar do protagonista do artigo ter dito algumas inverdades que não preciso refutar, a análise foi uma crítica objetiva, não um ataque pessoal. E pesquisou na fonte.

Reconheço que sou leigo, amador. Não segui os protocolos dos eruditos, tampouco sou versado em línguas mortas.

Quanto a Michelson Borges, continuo admirando sua sobriedade. Quero crer que ele está sinceramente enganado. Me consta a informação que ele teve aulas de mestrado em teologia com Amim Rodor e outros exponentes da nova teologia, isso até certo ponto o ofusca para não reconhecer a beleza do verdadeiro evangelho, a saber, libertamento dopecado (Rm 1:5, Mt 1:21). Esse é o motivo porque não recomendo ninguém a estudar teologia com os acadêmicos institucionais. Considere EGW: “A educação das escolas dos rabis, no entanto, tê-lo-ia incapacitado [João Batista] para sua obra. Deus não o mandou aos mestres de teologia para aprender a interpretar as Escrituras. Chamou-o ao deserto, a fim de aprender acerca da natureza, e do Deus da natureza.” DTN 60.2, na Bíblia White comentando Marcos 1:3.

Assim diz o Senhor: “Ninguém se engane a si mesmo; se alguém dentre vós se tem por sábio neste mundo, faça-se louco para se tornar sábio.” “Porque a loucura de Deus é mais sábia que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte que os homens.” 1Co 3:18 e 1:25

Fraternalmente, Daniel Silveira, das montanhas de Capitólio MG.

Fonte: http://www.congressomv.org/a-comocao-da-biblia-white/

2 comentários sobre “Críticas de Michelson Borges fizeram crescer consultas e vendas da Bíblia White”

  1. josimar Dias disse:

    gostei muito do seu comentário em resposta a Michelson Borges, diga-se de passagens eu o admiro, pois tem muitas palestras interessantes; mas, como sabemos, ainda estamos no mundo, e somos imperfeitos. parabéns pela publicação da Biblia White. pena que no momento não posso adquiri-la, mas esse trabalho é de Deus.

  2. disse:

    Pequenas idéias, grandes negócios !

Deixe uma resposta para Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post

Liderança adventista planeja colher dados pessoais e influenciar votos dos membros na véspera do segundo turno com uso do Whats AppLiderança adventista planeja colher dados pessoais e influenciar votos dos membros na véspera do segundo turno com uso do Whats App

Primeiro, assista aos vídeos acima, produzido por um dos grupos “dissidentes” da Igreja Adventista do Sétimo Dia, e tire suas conclusões sobre as reais intenções da liderança adventista. Entre adventistas