Youtuber não-adventista denuncia perseguição e ameaças da CPB e promete novo dossiê contra a IASD

O Youtuber Júnior Lutero, conhecido como “Tio Lu”, que possui mais de um mol.hão e novecentos mil assinantes de seu canal, publicou vídeo-denúncia em que acusa a Casa Publicadora Brasileira de perseguição e ameaças, por ter produzido vídeo de estudo bíblico profético-escatológico, com argumentação semelhante à usada anteriormente pela IASD. No roteiro, havia informações sobre o que aconteceu no passado na Catedral de Notre Dame, cumprindo profecias de Daniel, Apocalipse e outros livros da Bíblia.

Segundo ele, a equipe jurídica da Casa Publicadora Brasileira alegou que essa interpretação profética usada no estudo bíblico — narrado, ilustrado e postado por ele, com suas próprias palavras e imagens de domínio público, — é propriedade intelectual da CPB. Tentaram intimidá-lo, mas a tentativa surtiu efeito contrário. Tio Lu promete para breve um video-documentário em forma de dossiê contra a Igreja Adventista do Sétimo Dia, por práticas contrárias ao Evangelho.

Numa rápida busca pela Internet, percebemos que o vídeo retirado do ar pela CPB ainda pode ser acessado através de vários outros links do Youtube e Facebook:

“Esse foi o vídeo que a IGREJA ADVENTISTA removeu do meu canal por ‘propriedade intelectual’. Não usei imagens deles, nem som, nem trecho de programas de tv, nem música, NADA. Minha voz, minha locução, minha edição, imagens de domínio público. A editora fez o YouTube remover o vídeo porque simplesmente expus um estudo bíblico que eles julgam ser sua ‘propriedade intelectual’.” Tio Lu.

Clique: https://www.facebook.com/AcontecimentoFinal/videos/374435146615660/

Clique: https://www.facebook.com/MDAPROFECIAS/videos/385899292258507/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *