Perigo a vista! Teoria e prática da liberdade religiosa na IASD brasileira

Palavras de John Graz:

Liberdade religiosa não é só defender, ou dar suporte a uma religião. Isso é um um direito humano básico. Está conectado com a dignidade humana. E está conectado com todos, com todas as pessoas. E todas as pessoas têm o direito de ter uma religião, ou não ter religião nenhuma. Ter o direito de praticar a sua religião e respeitar às outras religiões. E também respeitar aquelas pessoas que não têm e também não querem ter nenhuma religião. Isso é liberdade religiosa! Isso é um direito básico do ser humano.

A liberdade é básica. É por isso que nós devemos todos estar juntos e mandar uma mensagem forte mensagem para as pessoas. Nós amamos a liberdade religiosa para todos, não só para nós que somos religiosos. Para todos. Até mesmo para aquelas pessoas que não acreditam em nada. Não defendemos uma religião contra a outra. Nós defendemos o direito de que cada pessoa escolha estar, ou não, numa religião, inclusive o direito de não estar em nenhuma religião. Nós defendemos a dignidade humana, que é um dos fundamentos da Criação de Deus e a essência dos direitos humanos. Muito obrigado” [Aplausos]

Assista ao vídeo e depois responda abaixo no espaço dos comentários:

Você concorda? É essa a “forte mensagem” que Deus nos mandou pregar? Existe algo como dignidade humana, ou todos somos indignos perante Deus? Se todos são livres para crer ou não crer, por que pregar o Evangelho Eterno? Deveríamos parar de pregar sobre a necessidade de temer a Deus e dar-Lhe glória porque vinda é a hora do Seu juízo? Não deveríamos convidar mais ninguém a adorar Aquele que fez o Céu e a terra, o mar e as fontes das águas? Se Babilônia cair, não é problema nosso! Ou devemos ainda alertar que se alguém adorar a Besta ou a sua imagem, ou receber sua marca, sofrerá a ira de Deus? Se todos são livres para crer ou não crer, não há razão para as advertências de Apocalipse 14 e 18.

E se somos todos livres para crer ou não, por que não existe essa liberdade dentro da Igreja Adventista? Por que não existe essa tal liberdade religiosa dentro da Igreja Adventista do Sétimo Dia? Por que somos perseguidos, discriminados por não crermos na Trindade, divindade não-derivada de Cristo, Terra globo, etc?

Resposta do Irmão Edson Boa Morte:

Parece uma piada de mau gosto, ouvir que a igreja adventista do sétimo dia defende liberdade religiosa. A IASD defende liberdade para si, para defender os interesses da instituição, o mesmo que corra atrás dos seus direitos.

Eu e minha família fomos excluídos da igreja adventista do Sudoeste — DF só por eu afirmar publicamente que Jesus Cristo é Filho de Deus.

Eu irei postar abaixo o vídeo da minha exclusão e vocês poderão ver como a igreja é cruel com quem pensa diferente dela. Você tem o direito de questionar, enquanto você for de outra denominação, uma vez que você é membro batizado a sua liberdade religiosa termina e se você falar alguma coisa contraria a doutrina você é expulso, excomungado, tratado como herege, ou dissidente.

“A intolerância religiosa não é somente praticada por diferentes grupos religiosos. A maior discriminação ocorre dentro da própria denominação religiosa que muitas vezes menospreza, rejeita, trata mal, rotula como sendo um dissidente qualquer pessoa que discorde de dogmas ou questione as más ações de seus líderes religiosos.” — Irmão Edson Boa Morte

Tayanna Santos escreveu: “Duvido q vc tenha sido excluído apenas por isso. Vc provavelmente nega a divindade de Cristo, a IASD é trinitariana, se vc nega a trindade, então não tem mais o q fazer lá, já q pensamento assim só causam confusão e divisão, o certo seria vc ir para uma igreja unicista.”

Tayanna Santos a sua postura de afirmar que pensamentos assim só causam confusão e divisão e que seria o certo eu ir para outra igreja, mostra o quanto a Igreja adventista não respeita a liberdade religiosa.

Eu nunca neguei a divindade de Jesus Cristo. Jesus é divino por ser o Filho Unigênito de Deus.

Eu fui batizado em 1994. Para alguém ser batizado na IASD, a pessoa tem que dizer sim para as 13 perguntas do voto batismal.

Eu continuo crendo da mesma forma, desde quando fui batizado, não fui eu quem mudou a doutrina e sim a igreja adventista.

Na minha época Jesus Cristo era considerado o Filho Unigênito de Deus, conforme João 3:16.

No meu voto batismal me foi perguntado:

1. Crê em Deus, o Pai, em Seu Filho Jesus Cristo e no Espírito Santo?

A minha responta no dia do meu batismo é a mesma até hoje. “Sim, eu creio.”

24 anos depois eu fui excluído por dizer que Jesus é Filho de Deus, se você tiver dúvidas, ainda, basta assistir o vídeo da minha exclusão, e para facilitar, eu coloquei até legenda.

Tayanna eu nunca neguei a divindade de Jesus Cristo, pelo contrário, eu a defendo.

Quando você escreveu: ” se vc nega a trindade, então não tem mais o q fazer lá, já q pensamento assim só causam confusão e divisão.” Eu não fui expulso por negar a trindade. Eu fui excluído por dizer que Jesus é Filho de Deus.

Você é adventista de berço?

Você já deu estudos bíblicos?

Alguém já foi batizado, depois que você deu estudos bíblicos?

Quando um adventista dá estudos bíblicos para uma pessoa que é de outra denominação religiosa, subliminarmente, o adventista, está dizendo, que a religião adventista é a certa e as demais erradas.

Quando você dá estudos bíblicos e trás uma pessoa para a sua igreja, isso não “causa confusão e divisão” ?

Quando eu era católico e recebi estudos, a igreja dizia que a Igreja Católica era o trono de Satánas e que as doutrinas eram erradas. Isso: “causam confusão e divisão.”

Eu criei meu filhos na igreja adventista e depois de 24 anos fomos expulsos e somos tratados como leprosos, por pessoa como você, que acha melhor expulsar para não “causar confusão e divisão”

Hoje existe confusão e divisão na IASD, porque o membro deixou de estudar as escrituras, para seguir o assim diz o PASTOR.

Mateus 16:16. E Simão Pedro, respondendo, disse Tu és o Cristo, o FILHO DO DEUS VIVO.

João 3:16. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu FILHO UNIGÊNITO, para que todo aquele que nele CRÊ não pereça, mas tenha a VIDA ETERNA. 17. Porque DEUS enviou o seu FILHO ao mundo não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. 18. Quem Crê nele não é CONDENADO; mas quem não crê já está CONDENADO, porquanto não crê no nome do UNIGÊNITO FILHO DE DEUS.

I João 2: 18. Filhinhos, é já a ultima hora; e, como ouvistes que vem o ANTICRISTO, também AGORA MUITOS SE TÊM FEITO ANTICRISTOS; por onde conhecemos que é já a última hora. 22. Quem é o MENTIROSO, senão aquele que NEGA QUE JESUS É O CRISTO? É o ANTICRISTO ESSE MESMO QUE NEGA O PAI E O FILHO.

Tayanna eu jamais irei NEGAR o PAI e o FILHO. Eu prefiro ser expulso de uma igreja a ser expulso do Reino de Deus.

Depois, de estudar o motivo da minha exclusão, descobri que foi por causa da doutrina da Trindade, a igreja está perseguindo todos que não aceitarem a NOVA DOUTRINA que foi incorporada na igreja em 1980. Basta ler a introdução do Livro nisto cremos.

Que você aprenda a seguir o “Assim diz o Senhor” ou o “Assim está escrito”.

Eu creio em Jesus Cristo, o Filho do Deus altíssimo, que morreu por mim. Jesus é o meu verdadeiro Pastor, Senhor e Salvador.

I Timóteo 2:5. Porque há UM SÓ DEUS e UM SÓ MEDIADOR entre DEUS e os HOMENS, JESUS CRISTO, homem.

I Cor. 8:6. Todavia, para nós HÁ UM SÓ DEUS, O PAI, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e UM SÓ SENHOR, JESUS CRISTO, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele.

Deus nos abençoe a todos. — Irmão Edson Boa Morte

Deixe uma resposta