Eduardo Lutz defende o “Big Bang” e uma “criação” de faz de conta em 7 dias


Um mês depois da primeira grande explosão de argumentos do doutor em geofísica Afonso de Vasconcelos contra a defesa do globo feita por Eduardo Lutz em 118 páginas de um arquivo PDF, Michelson Borges decidiu publicar nesta quinta-feira uma suposta resposta do físico em reação ao primeira vídeo de Afonso de Vasconcelos, cujo título era “O que é a Verdade, Michelson Borges?”.

Bem, a verdade é que Michelson Borges incentivou o amigo físico de coincidente cabeça esférica achatada nas orelhas — como mostra a capa do vídeo produzida por MB! — a escrever um texto atacando os terraplanistas e, depois disso, desafiou os terraplanistas a refutá-lo. Naquele velho estilo, “se vocês forem bem homens enfrentem o meu amigo aqui e podem dar muita porrada porque ele é fortão e aguenta. Ele é físico, já derrotou mais de 20 páginas de um texto produzido por um engenheiro em favor da Terra plana. Está com um calhamaço de 118 páginas nas mãos para massacrar vocês… Ah, e ele falou que vocês são uns analfabetos funcionais! Quem for mais macho encara ele ali, ó…”

Afonso de Vasconcelos comprou a briga e veio com duas séries de vídeos diários durante duas semanas para provar que Eduardo Lutz é um fanfarrão prolixo — “Pro lixo com a encheção de linguiça dele!” — e que a Igreja Adventista do Sétimo Dia e da bola molhada giratória, da qual Michelson Borges é um jornalista que virou pastor, também não merece confiança por várias razões, especialmente a defesa de médico-monstro abortista e a prática de centenas de abortos em seus hospitais desde a década de 70.

Assustado pela surra de argumentos contra o amigo Eduardo Lutz e contra a denominação que o emprega, Michelson Borges tenta agora sair de cena, colocando como alvo dos ataques a figura do “amigo”, cuja fisionomia era até então desconhecida para seus seguidores no YouTube. “Não fui eu. Foi ele, batam nele, batam nele, terraplanistas… e me esqueçam!” É o recado de Michelson Borges com a publicação tardia desse vídeo acima.

Visivelmente abalado pelo espancamento intelectual cometido pelo Youtuber terraplanista barbudo, comedor de carne, mas doutor em geofísica, Eduardo Lutz só consegue se lembrar do primeiro vídeo da chamada “Operação Chumbo Grosso” da qual se tornou alvo, graças à provocação de seu amigo Michelson Borges.

Obviamente, apresenta-se como vítima da incompreensão e injustiça de Afonso de Vasconcelos que teria pulado um trecho da sua introdução — buááá… — onde informava que trocou o nome do engenheiro autor da defesa terraplanista por “Epípedo’, que significa “plano”. Teria feito isso para evitar constrangimento futuro para o engenheiro terraplanista. “Eu protegi seu nome por amor, sob o codinome Epípedooo…”

Lutz até garante que concordou com o engenheiro em vários pontos, inclusive que nas escolas não se ensina realmente a verdade e que não há necessidade dessas fotos fakes da NASA para se provar a esfericidade da Terra…

“E se me apontarem um erro, okay, eu corrijo. O Afonso passa a maior parte do vídeo refutando um ponto em que eu estava concordando com o terraplanisata. E nem era argumentação, só um testemunho pessoal. Eu só estava concordando com terraplanista. Todo esse vídeo poderia ter sido evitado. Toda razão de ser do vídeo do Afonso, toda argumentacão do vídeo dele se baseia e uma ideia errada sobre o que eu falei, supondo que eu estava dizendo exatamente o contrário do que eu disse. Por isso, não chegou a lugar nenhum porque partiu de uma premissa errada.”

Resposta do geofísico

Afonso, na manhã desta sexta-feira, já deu resposta a altura para o físico Lobo Mau, disfarçado de “vovozinho” simpático:

E para refrescar a memória de Eduardo Lutz e reforçar a necessidade da continuidade de refutação contínua de suas posições contrárias ao criacionismo e terraplanismo bíblico, reunimos vários vídeos abaixo com falas absurdas de Eduardo Lutz em reuniões da Sociedade Criacionista mas-nem-tanto, da qual participa:

Eduardo Lutz: Defesa do Big Bang

Eduardo Lutz: Big Bang e milhões de anos

Eduardo Lutz: Criacionismo sem Fé

Eduardo Lutz: Ciência prova Deus!

Eduardo Lutz: Deus não criou do nada

Eduardo Lutz: “Criação” de faz de conta

Eduardo Lutz: Alguns criam no “Firmamento”

Eduardo Lutz: Deus não criou um planeta Terra

Eduardo Lutz: Sol criado antes do quarto dia

2 comentários sobre “Eduardo Lutz defende o “Big Bang” e uma “criação” de faz de conta em 7 dias”

  1. Blog Criativo disse:

    Excelente artigo, um blog fácil de entender, parabéns e continue com o bom trabalho!!

  2. Jorge disse:

    O senso de humor dos seus textos é muito bom…. hahahahah

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *