Weintraub volta às redes e alerta que a liberdade religiosa corre perigo…

Neste domingo, 28, o ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, voltou a usar as redes sociais e aproveitou para falar sobre uma possível ameaça à liberdade de expressão e religiosa no país.

“Liberdade de expressão? De opinião? Já era! Liberdade de circulação? De trabalhar? Esqueçam! Liberdade para podermos educar nossos filhos? Não”, escreveu o ex-ministro.

Weintraub também indagou sobre a possibilidade do país estar perto de enfrentar o fim da liberdade religiosa.

“Agora, qual será a próxima etapa rumo às trevas? Fim da liberdade religiosa? Total ou apenas para as que têm a Bíblia como base?”, questionou.

O povo está em alerta e como diz o próprio Weintraub: “Nossa bandeira jamais será vermelha”.

Fonte: https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/21454/weintraub-volta-as-redes-e-alerta-a-populacao-ameaca-a-liberdade-de-expressao-e-religiosa

Malafaia detona Fachin: “Preconceito, perseguição religiosa, um jogo nojento e inescrupuloso”

O pastor Silas Malafaia se pronunciou sobre a proposta do ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin, de cassação de mandatos por ‘abuso de poder religioso’.

Segundo Fachin, o Estado é laico e “as manifestações do exercício religioso não podem incidir, negativamente, sobre a esfera das liberdades pessoais”.

Malafaia publicou um vídeo em seu canal no YouTube, tecendo fortes críticas e acusações ao ministro. Para o pastor, o juiz é preconceituoso e prática “perseguição religiosa”.

“O Estado é laico, mas não é laicista, ou seja, ele não é contra a religião. Foram os ensinos de Cristo que produziram como ninguém ecos profundos na consciência humana. Foi a sua força moral que produziu e contribuiu para o aprimoramento das instituições religiosas e sociais. Querer separar crenças e valores de uma pessoa das suas convicções é impossível. É só olhar para o mundo ocidental”, disse Silas Malafaia.

O pastor classificou a proposta de Fachin como “uma tentativa de cerceamento do pensamento conservador”.

“Eu apelo aos ministros do Tribunal Superior Eleitoral que rejeitem essa aberração que não passa de um preconceito e perseguição religiosa. Que Deus nos livre desses conceitos esquerdopatas que estão na nossa nação e que venham tempos de liberdade, bênção, paz e prosperidade para o Brasil”, finalizou.

Fonte: https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/21448/malafaia-detona-fachin-preconceito-perseguicao-religiosa-um-jogo-nojento-e-inescrupuloso-veja-o-video

2 comentários em “Weintraub volta às redes e alerta que a liberdade religiosa corre perigo…”

  1. Essa picuinha política, inclusive usando dois ícones do que há de mais reprovável, (o ex ministréco da deseducação e o outro “mala cheia” cujo deus é o dindin) é ignorar o que está nas Sagradas Escrituras.
    Não será este ou aquele sistema político que irá promover a paz e a prosperidade tanto almejada; inclusive virá um tempo em que haverá perseguição aos que forem fiéis a Deus, independente de qual seja a cor da bandeira.
    Não adiantará defender este e atacar aquele sistema, o que há de vir virá.

Deixe uma resposta