Evangelho do clima: IASD adota mensagem ecológica da ONU e do Vaticano, rumo à lei dominical

Ecomenismo: Adventistas na Alemanha estão conduzindo pesquisas ecológicas entre seus membros para promover a sustentabilidade favorável ao clima

A Igreja Adventista do Sétimo Dia na Alemanha se dedica a resolver a crise ecológica da Terra. O pastor Johannes Naether, vice-presidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia na Alemanha, está realizando “pesquisas” ecológicas sobre os membros da igreja para ajudar a encorajá-los a viver de uma maneira “sustentável” e “amiga do clima”. Este novo esforço é devido à pandemia COVID-19. Segundo o pastor Naether, as “pesquisas” têm como objetivo fazer um “inventário de posições, atitudes e atividades em relação ao tema da sustentabilidade em suas congregações locais na Alemanha ”. [1]

O pastor Johannes Naether também declarou:

“Antes de Corona dominar a imprensa, não havia um dia sem que fôssemos informados sobre as consequências das mudanças climáticas: aquecimento global, ondas de calor, inundações, derretimento do gelo polar, fome, batalhas de distribuição, escassez de água, incêndios florestais, desmatamento das florestas tropicais, extinção de espécies animais, plástico por toda parte. A pandemia corona nos obrigou a repensar ”, disse Naether. “ Tivemos que mudar radicalmente nosso modo de vida e agora podemos perceber que nossa poluição por nitrogênio e emissões de poluentes estão caindo. Mesmo que seja por pouco tempo. A chamada, portanto, está ficando mais alta para não continuar simplesmente após Corona como no período pré-Corona . ” [1]

Além dessas pesquisas ecológicas, a Igreja Adventista do Sétimo Dia na Alemanha também está conduzindo conferências de sustentabilidade. A Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) na Alemanha realizou sua primeira conferência de sustentabilidade e está exortando as pessoas a se comprometerem mais com o cuidado com o meio ambiente. [2] Na verdade, a ADRA da Alemanha disse que a ” sustentabilidade ” agora ” desempenha um papel extremamente importante no trabalho da ADRA “. [3]

Aí está. Agora é oficial. A mensagem da crise climática tornou-se totalmente presente no adventismo. Não apenas estamos ecoando a mesma mensagem ecológica das Nações Unidas e do Vaticano, mas falhamos em reconhecer que a atual chamada crise das mudanças climáticas é parte do pretexto de Roma para implementar uma lei dominical sobre o povo. É triste que muitos adventistas do sétimo dia não consigam ver isso, embora tenhamos sido advertidos de que as leis dominicais seriam implementadas furtivamente e misturadas com “boas reformas”.

“No entanto, esta mesma classe apresentou a alegação de que a corrupção que se espalha rapidamente é em grande parte atribuível à profanação do chamado“ sábado cristão ”, e que a aplicação da observância do domingo melhoraria muito a moral da sociedade … Aqui a temperança funciona , uma das mais proeminentes e importantes reformas morais, é freqüentemente combinada com o movimento dominical, e os defensores deste último se apresentam como empenhados em promover o mais alto interesse da sociedade; e aqueles que se recusam a se unir a eles são denunciados como inimigos da temperança e da reforma.Mas o fato de que um movimento para estabelecer o erro está relacionado com uma obra que é em si boa, não é um argumento a favor do erro. Podemos disfarçar o veneno misturando-o com alimentos saudáveis, mas não mudamos sua natureza. Ao contrário, torna-se mais perigoso, pois é mais provável que seja pego de surpresa. É um dos artifícios de Satanás combinar com a falsidade a verdade suficiente para dar-lhe plausibilidade . ”

Laudato Si ‘ é a falsificação de Roma da Mensagem do Primeiro Anjo de Deus de Apocalipse 14. Roma deseja que o descanso dominical seja reconhecido por lei como a solução para nossos problemas ecológicos. Deus implementou o sábado do sétimo dia como Seu dia de descanso para comemorar a criação e adorar o Criador. As linhas de batalha foram traçadas e o contraste não poderia ser mais claro.

E em vez de proclamar a Mensagem dos Primeiros Anjos com sua ênfase na criação, a mensagem climática de Roma (a antítese da advertência final de Deus) entrou na igreja. Quem o está trazendo e por que o toleramos? As políticas ambientais de Roma penetraram em nossas fileiras e certamente serão usadas para neutralizar as três mensagens angélicas de Apocalipse 14: 6-12. Devemos conhecer o inimigo e saber quais são suas táticas e estratégias, porque agora estamos enfrentando uma batalha ideológica que acabará por ter consequências terríveis e eternas.

“À medida que a tempestade se aproxima, uma grande classe que professou fé na mensagem do terceiro anjo, mas não foi santificada pela obediência à verdade, abandona sua posição e se junta às fileiras da oposição. Unindo-se ao mundo e participando de seu espírito, eles passaram a ver as coisas quase da mesma maneira ; e quando a prova é feita, eles estão preparados para escolher o lado fácil e popular ”(Grande Conflito, p. 608).

Um fenômeno notável está ocorrendo nas igrejas hoje. Sob a liderança do Papa Francisco, as igrejas estão trabalhando juntas para curar o planeta – mesmo com o pecado e a ilegalidade aumentando a uma taxa alarmante na sociedade. A atitude parece ser: “Deixe a terra ser curada, mesmo que a humanidade morra.”

Não é hora de orar por sustentabilidade, biodiversidade ou mudança climática. É hora de orar por nossa humanidade pecadora e rebelde. É hora de orar por conversão e arrependimento. É hora de orar por santidade e justiça. Somente quando a igreja cumprir sua missão de pregar o evangelho eterno de Cristo, seremos capazes de desfazer todos os males que estão fazendo nosso planeta sofrer.

“A Terra pranteia e se desvanece, o mundo se enfraquece e se desvanece, os orgulhosos povos da Terra desfalecem. A terra também está contaminada por seus habitantes; porque eles transgrediram as leis, mudaram a ordenança, quebraram o convênio eterno ”. Isaías 24: 4, 5.

O pecado é a verdadeira causa da miséria em nosso mundo. Nosso planeta sofre por causa da desobediência, e o único remédio para o nosso mundo é encontrado em Cristo. Qualquer evangelho que não busca salvar a humanidade é um falso evangelho. Qualquer evangelho que não busque reconciliar os pecadores com Deus é um novo evangelho. Muitas igrejas há muito abandonaram a fé em Jesus. A igreja hoje só quer falar sobre a poluição do planeta enquanto negligencia a poluição moral do pecado.

Quando a religião da ecologia for adotada, a igreja se preocupará mais em salvar os pinguins do que as pessoas. Esta é uma rejeição da missão de Cristo que clara e inequivocamente nos ordena a pregar somente Suas instruções dadas em Sua palavra (Mateus 28:19, 20) e buscar o batismo e a conversão de todas as pessoas e nações.

Em vez disso, estamos seguindo o mundo e evangelizando-os com outro evangelho. É o evangelho de acordo com a Mãe Terra, e essa propaganda “salve a planta” está antecipando o evangelho de Jesus Cristo e unindo a igreja com o mundo.

“Se alguém vos pregar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. Certifico-vos, irmãos, que o evangelho que por mim foi pregado não é segundo o homem. Pois eu nem o recebi do homem, nem fui ensinado, mas pela revelação de Jesus Cristo. ” Gálatas 1: 9, 11, 12.

Referências:

[1] https://www.lifepr.de/pressemitteilung/freikirche-der-siebenten-tags-adventisten-in-deutschland-nachrichtenagentur-apd/Umfrage-zum-Thema-Nachhaltigkeit-in-der-Freikirche-der-Siebenten -Tags-Adventisten / boxid / 802665

[2] https://www.lifepr.de/pressemitteilung/freikirche-der-siebenten-tags-adventisten-in-deutschland-nachrichtenagentur-apd/Nachhaltigkeitskonferenz-Wir-koennen-auf-niemanden-verzichten-weil-die-Situation -dramatisch-ist / boxid / 813719

[3] https://www.lifepr.de/pressemitteilung/freikirche-der-siebenten-tags-adventisten-in-deutschland-nachrichtenagentur-apd/Nachhaltigkeitskonferenz-von-ADRA-am-29-30-August/boxid/811906

Fonte: http://adventmessenger.org/the-adventist-church-in-germany-is-conducting-environmental-surveys-on-its-members-to-promote-climate-friendly-sustainability/

1 comentário em “Evangelho do clima: IASD adota mensagem ecológica da ONU e do Vaticano, rumo à lei dominical”

  1. Texto pífio e ridículo. A igreja deveria sim estar preocupada com a sustentabilidade, preservação do meio ambiente e justiça social. O silêncio da igreja apenas colabora o massacre promovido contra os menos favorecidos.
    Já passou da hora de abandonar essas visões distorcidas e no mínimo errôneas que egw tinha, ainda mais no grande conflito, que é show de horrores.

Deixe uma resposta