Você pertence à “seita dos mascarados”, subordinados ao Sistema?

Imagine se, no ano passado, você estivesse fazendo compras em um centro comercial e visse seus vizinhos, uma família de cinco pessoas — mãe, pai, e três filhos — todos caminhando com máscaras faciais. Imediatametne você pensaria: “Eles devem ter ingressado em alguma seita”. Todavia, menos de um ano mais tarde, o mesmo espetáculo idiota — por meio de mentiras e doutrinação patrocinadas pelo Estado — parece ser “normal”.

Leia sobre o mesmo assunto:

Isto é o que acontece quando todos ingressam em uma seita. Os poucos que se recusam a ingressar tornam-se os novos estranhos, aqueles que não mais são normais.

Infelizmente, pouquíssimos profissionais estão rejeitando esse engodo da máscara facial e expondo o papel dele na opressão psicológica das nossas crianças.

Duvidamos se há alguma coisa na avaliação a seguir que a maioria dos pais não aceitaria. Apesar disso, permitindo que o Estado faça tudo o que quiser, os mesmos pais estão submetendo seus filhos ao regime que esta mulher descreve.

Uma Profissional Avalia o Mal Causado pelas Máscaras Faciais

A declaraçao gravada em vídeo feita por uma médica preocupada (datada de 27/9/2020) pode ainda ser encontrada no YouTube, mas está em alemão e já foi retirada do site de compartilhamento de vídeos algumas vezes. Contudo, pode ser encontrado também neste endereço: https://www.bitchute.com/video/xD5gvDL3RIGb/.

O texto abaixo é uma tradução extraída de duas fontes. Queríamos apresentar uma versão mais curta, porém ela apresenta tantos pontos substanciais e argumenta de forma tão persuasiva, que achamos que nossos leitores apreciariam a versão mais extensa:

“Meu nome é Margarite Griesz-Brisson. Sou médica neurologista com exercício profissional em Mülheim, na Alemanha, e em Londres, Inglaterra. Sigo os eventos na Alemanha e em todo o mundo com crescente preocupação. O coronavírus revelou ser uma gripe moderada e as medidas para combatê-lo são uma catástrofe absoluta em todos os níveis…”

“Podemos fortalecer nosso sistema imunológico por meio de uma boa alimentação, boa água, exercícios físicos, interação social com outras pessoas, alegrias, amigos, amor e muito ar fresco. Você observa alguma coisa? Isto é exatamente o que os governos estão nos proibindo de fazer. O que eles recomendam é desinfetante para as mãos, distanciamento social e cobrir o nariz e a boca…”

“Com relação à cobertura do nariz e da boca: o ser humano consegue viver sem alimentos durante semanas, sem água por alguns dias, mas somente alguns poucos minutos sem oxigênio e sem respirar. A retro-respiração, ou reinalação de nosso ar exalado inevitavelmente resulta em uma falta de oxigênio e na entrada de muito dióxido de carbono. Entretanto, sabemos que o cérebro humano é muito sensível à falta de oxigênio. Por exemplo, existem células nervosas no hipocampo, que não conseguem sobreviver por mais de três minutos sem oxigênio.”

“Os sintomas agudos de advertência da insuficiência de oxigênio são dores de cabeça, sonolência, tontura, dificuldades em se concentrar, tempo de reação maiores, isto é, limitações no funcionamento cognitivo. Entretanto, com a deficiência crônica de oxigênio, esses sintomas desaparecem, você se acostuma com eles, mas sua capacidade de ter um bom desempenho permanece reduzida e a deficiência de oxigênio no seu cérebro continua a aumentar.”

“Sabemos que as doenças neurodegenerativas levam anos, ou décadas, para se desenvolverem, de modo que se você se esquecer do seu número telefônico hoje, a disfunção no seu cérebro teve início 20 ou 30 anos atrás. Embora você pense que se acostumou à sua máscara e ao ar que exala, os processos degenerativos em seu cérebro continuam a funcionar, independente da falta de oxigênio.”

“O segundo problema do cérebro é que as células nervosas não se dividem, ou dificilmente se dividem, o que significa que se o governo nos permitir respirar generosamente outra vez dentro de alguns meses, as células nervosas perdidas não poderão ser restauradas por meio da cura celular. O que se foi não voltará mais.”

“Isto é especialmente importante para pessoas ansiosas que realmente acreditam que essa máscara possa protegê-los do vírus. O vírus tem cerca de 0,08 mícrons de tamanho (um mícron é um milésimo de um milímetro). Os poros em uma máscara comum têm de 80-500 mícrons de tamanho e aumentam toda vez que a máscara é lavada. A máscara não protege contra os vírus de forma alguma. Eu não uso a máscara, pois preciso que meu cérebro pense. Quero me encontrar com meus pacientes com a cabeça e a mente claras, não sob o entorpecimento devido ao dióxido de carbono…”

“Como uma neurologista, preciso dizer explicitamente que qualquer um que deseje fazer isso tem o direito a uma recomendação médica de não usar a máscara… A deficiência em oxigênio danifica o cérebro. Deve ser a livre decisão de cada pessoa se ela aceita ou não a insuficiênca de oxigênio em seu cérebro para se proteger de um vírus com uma máscara ineficaz.”

“As máscaras são totalmente impróprias para crianças e adolescentes, que naturamente têm um sistema imunológico muito ativo e adaptável e que precisam constantemente interagir com o microbioma da Terra. O cérebro deles é incrivelmente ativo. Existe tanta coisa a aprender. O cérebro de uma criança ou adolescente está sedento por oxigênio. Quanto mais metabolicamente ativo é um órgão, mais oxigênio ele requer.”

“Nas crianças e adolescentes, todo órgão é metabolicamente ativo. Privar ou limitar o cérebro de uma criança ou adolescente de receber oxigênio não é somente perigoso para a saúde, mas também é um crime. A privação de oxigênio inibe o desenvolvimento do cérebro e o mal que isto causa não pode ser revertido. A criança precisa do cérebro para aprender e o cérebro necessita de oxigênio para funcionar. Não necessitamos de um estudo clínico para isto — isto é simples e inquestionável fisiologia.”

“Uma deficiência em oxigênio causada de forma sabida e intencional é um risco deliberado à saúde e uma contraindicação médica absoluta. Uma contraindicação absoluta na medicina significa que uma determinada droga, um determinado método, uma determinada terapia, ou uma determinada medida não deveria ser usada. Impor uma contraindicação médica de forma geral como uma medida coercitiva para toda a população requer razões claras e sérias. Essas razões precisam ser verificadas pelos órgãos independentes e interdisciplinares, autoridades responsáveis e aprovadas unanimemente.”

“Se a demência crescer exponencialmente nos próximos dez anos e a geração mais jovem não for capaz de alcançar seu potencial dado por Deus, não ajuda dizer que não necessitávamos das máscaras… Caros colegas, todos nós precisamos acordar. Sabemos o quanto a privação de oxigênio é prejudicial para o cérebro, os cardiologistas sabem sobre o coração, os pneumologistas sabem sobre os pulmões. A falta de oxigênio danifica todos os órgãos.”

“… Por que as associações médicas interveem para punir os médicos que emitem certificados médicos para seus pacientes? A pessoa ou o médico têm de provar que a privação de oxigênio é prejudicial à pessoa ou ao seu paciente? Que tipo de medicina nossas associações médicas representam? A falta inicial de evidência para a efetividade dessas medidas tornou-se agora a evidência clara de ineficácia — porém a loucura continua!”

“Quem é responsável por este crime? Aqueles que querem impor medidas, ou aqueles que as fazem acontecer, que concordam com elas, ou que falham em preveni-las? Acorde, Alemanha. Não é uma questão de máscaras, não é uma questão de vírus e, certamente, não é para a sua saúde. Isto é sobre muito, muito mais.”

A Dra. Margarite Griesz-Brisson é neurologista e neurofisiologista, com doutoraddo em Farmacologia. Ela tem um interesse especial em neurotoxicologia, medicina ambiental, neuroregeneração e neuroplasticidade.

Os Políticos Estão Mentindo

Tenha em mente que essa neurologista alemã está infinitamente mais qualificada do que qualquer político para expor este assunto! Ela está acusando corretamente os políticos de um crime. Ela diz aquilo que todos nós sabemos ser a perfeita verdade, que usar uma máscara facial impede que inalemos oxigênio e exalemos o dióxido de carbono. Fazer isso durante horas é prejudicial! Ademais, isso não faz absolutamente nada para reduzir o risco de contrair ou propagar um vírus!

Nossos políticos estão MENTINDO. O que é pior, as mentiras deles estão causando um VERDADEIRO MAL às nossas crianças.

Não se engane — essas mentiras têm um propósito. Elas não são um produto de pensamento desordenado, mas um plano deliberado de subjugar a população. A “pandemia” da gripe suína de 2009 da Organização Mundial de Saúde foi uma fraude total. Na verdade, foi uma fraude tão óbvia que a Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa realizou um debate de emergência sobre ela no início de 2010. Eles conseguiam ver que a indústria farmacêutica estava gerenciando todo o espetáculo. A OMS não tinha interesse algum na promoção da saúde. O único objetivo dela era gerar uma demanda gigantesca em todo o mundo para os produtos fajutos vendidos e gerar lucros enormes para aquela indústria venal e avarenta.

A fraude da pandemia de 2009 foi somente um teste inicial. A Elite sempre soube que aquilo não poderia funcionar. Desta vez, eles querem seguir adiante com a fraude durante todo o caminho, até o fim amargo. O fim que eles têm em vista realmente será amargo, onde todos, sem exceção, são vacinados, marcados, rastreados e obedecem.

O uso das máscaras foi uma grande inovação. Assim também foi o distanciamento social. As massas foram obrigadas a mostrar em público as marcas de sua submissão. Isto não é diferente do modo como os Nacional-Socialistas na Alemanha usavam a saudação nazista e a constante repetição em público da frase fútil Heil Hitler!, para colocar as massas em submissão. Todos deveriam usar a saudação e o mantra. Até mesmo aqueles que odiavam fazer isso se sentiam obrigados a se conformar, ou arriscavam ser ostracizados por seus vizinhos e colegas de trabalho. Eles também se arriscavam a serem surrados pelas gangues dos camisa-marrom, que percorriam as ruas das cidades alemãs, tentando farejar alguma dissensão.

Estes modos de opressão estão sendo suplementados hoje, na Irlanda, pelo menos, pelo uso generalizado de postos de inspeção da Polícia nas ruas mais movimentadas, causando atrasos infindáveis e humilhando os cidadãos cercados, que são obrigados a revelar de onde estão vindo, para aonde vão e qual é o propósito do seu deslocamento.

Isto é deliberado. A partir de um ponto de vista médico, não há propósito útil algum, porém o governo marxista do país decidiu que o público seja ainda mais desmoralizado. Toda vez que uma pessoa se submete a essa forma de abuso, sua vontade de resistir é exaurida. A humilhação é amplificada executando-a em público. Além disso, a vítima é transformada sutilmente em cúmplice em todo esse engodo ao cooperar com a Polícia. Em certo sentido, por meio de sua obediência, a vítima endossa aquilo que o governo está fazendo. Assim, o rebanho oprimido, cansado e intimidado, é treinado para fazer aquilo que lhe dizem para fazer.

Humilhação em Massa

Alguns dias atrás, o governo da Itália ordenou que todos os cidadãos usem uma máscara facial em público. Na prática, o governo está exigindo que todos tenham na face um sinal visível de sua submissão a um edito nacional que não faz sentido. Isto é simplesmente um exercício satânico de humilhação em massa.

O requisito que as crianças irlandesas em idade escolar no segundo nível usem uma máscara dentro da sala de aula é igualmente humilhante. A maioria delas sabe que a máscara não serve para nada. Mas, a vontade delas precisará ser quebrada. Elas precisam ser ensinadas que “o bem maior” suplanta a autonomia individual. Elas estão sendo levadas para o outro lado da Zona Desmilitarizada, para dentro da Coreia do Norte, onde todo um novo mundo de regras e regulações estão em vigor. Por enquanto, elas têm somente algumas regras a obedecer, mas estão sendo condicionadas a aceitar que o Estado pode introduzir muitas mais e, quando fizer isso — “para o bem maior” — todos terão de fazer aquilo que for dito para eles fazerem.

O uso de máscaras é psicologicamente prejudicial, especialmente para uma criança, cuja mente e personalidade ainda está em desenvolvimento. No mínimo, a máscara diminui a identidade pessoal do indivíduo. As burcas e niqabs são usadas para tornar as infelizes mulheres muçulmanas que as vestem subservientes e dóceis. Qualquer pai/mãe que pense que seu filho não será afetado por usar uma máscara realmente precisa olhar mais de perto este assunto sinistro.

Desenvolvemos habilidades interpessoais passando tempo com nossos pares, vendo suas faces, discernindo suas emoções e envolvendo-nos de perto com eles em situações sociais. Quase não é necessário dizer algo assim tão óbvio! Mas, infelizmente, aqui estamos hoje, onde os pais foram tão fortemente doutrinados pelas mentiras do governo e pela propaganda mórbida que não conseguem exercer um pingo de bom senso.

O Regime Marxista Irlandês

O regime marxista que governa a Irlanda — formado por membros dos principais partidos políticos — é muito similar ao regime marxista que governa a China. A única diferença é que o último levou seu país muito mais longe na estrada da servidão social.

Nos últimos oito anos (sim, apenas oito anos!), o regime irlandês alcançou vários grandes objetivos do marxismo internacional. Em 2012, ele fez o eleitorado emendar a Constituição e dar ao Estado o poder de cortar à força quaisquer conexões legais entre uma criança e seus pais naturais. Em 2015, o regime enganou a população e a fez degradar o casamento natural até o nível de um acordo contratual entre dois homossexuais. Em 2018, por meio do uso de propaganda desavergonhada, engodos e mentiras, o regime fez o eleitorado aceitar uma emenda na Constituição para facilitar o homicídio de crianças inocentes por conveniência social.

Estes são grandes objetivos do marxismo, envolvendo a destruição metódica do casamento e da família e a sagaz reclassificação das crianças como responsabilidade e sob a guarda do Estado. Vários outros objetivos marxistas foram também alcançados, ou substancialmente avançados, ao longo desse período, como detalhamos em ensaios anteriores, notavelmente sobre a sexualização das crianças e a corrupção do gênero.

Incrivelmente, em março deste ano o regime até introduziu legislação que permite ao Estado prender e deter QUALQUER UM que ele SUSPEITE que possa ter o assim chamado vírus Covid-19, levar o indivíduo até um local não revelado e forçá-lo a receber uma medicação. Se você duvida disso, leia nosso ensaio “O Gulag Gaélico: A Irlanda Está Agora Sob um Governo Marxista”.

Reportagem Sobre o Fascismo Médico, de Gemma O’Doherty, 16/10/2020

Caso o YouTube apague o vídeo acima, peço que vocês assistam em https://gemmaodoherty.com/video/

Esta mulher expõe corajosamente as vis e ímpias mentiras que estão sendo contadas pelas autoridades da área da saúde e por nosso tortuoso e enganoso governo. Ela percorreu todo o Mater Hospital, na cidade de Dublin, procurando evidências de uma pandemia ressurgente da Covid, mas não encontrou nada. Ela conseguiu encontrar somente dois pacientes — de qualquer tipo! Numerosos serviços foram paralisados. Neste vídeo, ela nomeia algumas das pessoas que deveriam ser processadas por causa de participação nessa vilania.

O último Orçamento do Governo alocou 21 bilhões de euros para o setor de Saúde em 2021 — uma soma extraordinária para um serviço patético e que funciona parcialmente. TODO esse dinheiro é tomado emprestado dos banqueiros internacionais. Nosso governo corrupto está colocando o país ainda mais sob a servidão da dívida.

Os funcionários de médio escalão no setor de Saúde, muitos dos quais executam tarefas administrativas, recebem altos salários (mais de 100.000 euros anuais) para se manterem calados a respeito desse absurdo abuso de poder. Eles sabem que a “pandemia” é uma fraude, mas não se atrevem a abrir a boca e falar.

Leia a íntegra deste artigo em “Os Governos Estão Mentindo: As Máscaras Faciais Causam Malefícios de Longo Prazo às Nossas Crianças”

2 comentários em “Você pertence à “seita dos mascarados”, subordinados ao Sistema?”

  1. Neste caso, nenhum profissional da saúde poderia usar constantemente, pois teríamos profissionais doentes. A tese na prática não funciona, qualquer um que usar uma máscara fina, mesmo dupla face, sabe muito bem que dá sim pra respirar normalmente sem danos colaterais. Acredito que quem escreveu esse artigo, também votou no Bolsonaro, tá muito óbvio que se trata de alguém com ideologias Olavistas.

Deixe uma resposta