Papa Francisco teme que “profecia dos Simpsons” se cumpra e pede orações para robôs e IA

O Papa Francisco pediu aos fiéis do mundo inteiro para que, durante o mês de novembro, rezem para que o progresso da robótica e da inteligência artificial (IA) possam sempre servir a humanidade.

A mensagem faz parte de uma série de intenções de oração que o pontífice divulga anualmente, e compartilha a cada mês no YouTube para auxiliar os católicos a “aprofundar sua oração diária”, concentrando-se em tópicos específicos. Em setembro, o papa pediu orações para o “compartilhamento dos recursos do planeta”; em agosto, para o “mundo marítimo”; e agora chegou a vez dos robôs e da IA.

Na sua mensagem, o Papa Francisco pediu uma atenção especial para a IA que, segundo ele, está “no centro da mudança histórica que estamos experimentando”. E que não se trata apenas dos benefícios que a robótica pode trazer para o mundo.

Progresso tecnológico e algoritmos

Francisco afirma que nem sempre o progresso tecnológico é sinal de bem-estar para a humanidade, pois, se esse progresso contribuir para aumentar as desigualdades, não poderá ser considerado como um progresso verdadeiro. “Os avanços futuros devem ser orientados para o respeito à dignidade da pessoa”, alerta o papa.

A preocupação com que a tecnologia possa aumentar as divisões sociais já existentes levou o Vaticano assinar no início deste ano, em conjunto com a Microsoft e a IBM, a “Chamada de Roma por Ética de IA”, um documento em que são fixados alguns princípios para orientar a implantação da IA: transparência, inclusão, imparcialidade e confiabilidade.

Mesmo pessoas não religiosas são capazes de reconhecer que, quando se trata de implantar algoritmos, a preocupação do papa faz todo o sentido.

Agora, a última “profecia” dos Simpsons faz mais sentido!

Papa pede orações para que a inteligência artificial ajude a humanidade

Pontífice destacou que o avanço da tecnologia pode ajudar a diminuir a desigualdade no planeta

Por Rodrigo Loureiro — Publicado em: 12/11/2020 às 08h00

O mais recente pedido de orações do Papa Francisco está relacionado com tecnologia. O pontífice pediu que fiéis rezem para que os avanços de tecnologias como inteligência artificial e robótica possam ajudar a diminuir a desigualdade entre os povos. Para ele, as duas tecnologias devem “servir sempre à humanidade”.

Francisco informou que a inteligência artificial está “no centro da mudança histórica que o mundo está experimentando”. Engana-se, assim, quem pensa que a preocupação do líder da Igreja Católica está relacionada com uma possível (e hollywoodiana) rebelião das máquinas. O temor é de que a tecnologia não seja aproveitada para criar um mundo mais igualitário.

A mensagem faz parte de uma série de vídeos que o Vaticano divulga mensalmente em que o Papa Francisco pede orações para determinadas causas. Em setembro, o pontífice pediu que os católicos rezassem pelo compartilhamento de recursos do planeta, enquanto as orações do mês de agosto foram voltadas para a preservação do mundo marinho.

O pedido de oração foi compartilhado no YouTube (e pode ser visto no vídeo abaixo). “Se o progresso tecnológico contribui com o aumento da desigualdade, então ele não é o verdadeiro progresso”, disse. “A robótica pode tornar possível um mundo melhor se estiver associada ao bem comum.”

Esta não foi a primeira vez que o Papa esteve envolvido em questões de tecnologia. Durante o mês de fevereiro deste ano, o pontífice recebeu executivos de empresas como IBM e Microsoft para discutir o desenvolvimento de uma inteligência artificial mais justa e confiável e que não reproduza preconceitos humanos.

Fonte: https://exame.com/tecnologia/papa-pede-oracoes-para-que-a-inteligencia-artificial-ajude-a-humanidade/

Deixe uma resposta