Fala sério, Pastor Eleazar Domini! Até quando pretende mentir sobre os pioneiros adventistas?




“…É necessário que eles sejam silenciados, pois estão arruinando famílias inteiras, ensinando coisas que não devem…”. Tito 1:10,11. Veja no vídeo acima as mentiras do pastor Eleazar. Eles estão vindo com um novo disfarce, o de que os pioneiros aceitaram a doutrina da trindade da atual igreja adventista, mas nada poderão contra verdade!




Desde os seus primórdios como denominação, até décadas após a morte de Ellen White, os Adventistas do Sétimo dia acreditaram e ensinaram que Deus não é uma trindade, e que Cristo, em Sua pré-existência, foi gerado por Deus, portanto, Ele é verdadeiramente o Filho de Deus. Deus, portanto, de acordo com os pioneiros adventistas, era verdadeiramente o pai de Cristo.

E isso nunca foi contestado durante o tempo do ministério de Ellen White. Cristo, portanto, de acordo com o adventismo do sétimo dia inicial, era realmente um filho – e o Pai era realmente um pai. O Pastor Eleazar não tem base para contestar essa verdade; o que ele apresenta é uma falácia. Veja mais nesse vídeo.

3 comentários em “Fala sério, Pastor Eleazar Domini! Até quando pretende mentir sobre os pioneiros adventistas?”

    1. Inácio, onde está essa informação?
      Agora, explique:
      HISTÓRIA DA REDENÇÃO – Pg.22
      Adão e Eva estavam encantados com as belezas de seu lar edênico……… O santo par unia-se a eles e elevava sua voz num harmonioso cântico de amor, louvor e adoração ao Pai e a Seu amado Filho pelos sinais de amor ao seu redor. Adão e Eva não adoravam a um suposto 3º.
      CAMINHO A CRISTO – pg. 22 – último parágrafo
      Não deveríamos considerar a misericórdia divina? …… Prevaleçamo-nos dos meios que nos foram providos, para sermos transformados à Sua semelhança e restaurados à comunhão com os anjos ministradores, à harmonia e comunhão com o Pai e o Filho. A comunhão com os seres celestes têm apenas os anjos como terceiros.
      HISTÓRIA DA REDENÇÃO – Pg. 20
      A Criação
      Pai e Filho empenharam-Se na grandiosa, poderosa obra que tinham planejado – a criação do mundo. Nenhum terceiro participou da criação.
      HISTÓRIA DA REDENÇÃO – Pg. 16
      Muitos dos simpatizantes de Lúcifer ouviram o conselho dos anjos leais, se arrependeram de sua insatisfação, e de novo receberam a confiança do Pai e Seu amado Filho.
      Por quê a ausência do suposto terceiro???
      HISTÓRIA DA REDENÇÃO – Pg.432
      “Nela não vi templo, porque o seu templo é o Senhor.” Apoc. 21:22. O povo de Deus tem o privilégio de entreter franca comunhão com o Pai e o Filho.
      Por quê não há um terceiro com quem se tenha comunhão???
      ATOS DOS APÓSTOLOS – Pg. 570/571
      Patmos, uma ilha árida e rochosa no mar Egeu, havia sido escolhida pelo governo romano para banimento de criminosos; mas para o servo de Deus sua solitária habitação tornou-se a porta do Céu. Aqui, afastado das cansativas cenas da vida, e dos ativos labores dos primeiros anos, ele teve a companhia de Deus, de Cristo e dos anjos celestiais, e deles recebeu instrução para a igreja por todo o tempo futuro.
      João, na Ilha de Patmos, só teve a companhia de Deus, de Cristo e dos anjos celestiais, e nenhum outro terceiro.

Deixe um comentário