Rodrigo Silva confirma novamente a cosmologia hebraica do firmamento sobre a terra plana




Desta vez, o teólogo, arqueólogo e apresentador Rodrigo Silva admitiu que a cosmologia bíblica inclui a crença no Céu como uma abóbada — “mar de vidro” — sobre a terra plana.

“A ideia parece ser criar4 nos hebreus um senso da presença divina, não somente para proporcionar reverência pelo sagrado, mas também para dar conforto ao povo. É uma forma de saber que o Céu está observando a terra todo o tempo. Há um Deus disposto a salvar, vigia, salvar e proteger… Essa é uma forma de a profecia nos lembrar como as ações do Céu e da terra acham-se interligadas. As cortes celestiais e o próprio Deus estão profundamente interessados em nossa história e se envolvem com ela, ainda que as vezes nós não sintamos a presença de Deus em nosso meio, mas Ele está agindo n Cosmos. Seja como for, o fato é que o Céu inspira um estado de graça, uma atmosfera de alegria plena que Deus deseja que todos os Seus filhos e filhas possam um dia partilhar.”

Embora sua credencial como pastor adventista tenha sido cancelada há algum tempo, Rodrigo Silva fez desta vez uma das mais simples, direta e pastoral aplicação do significado bíblico da proximidade de Deus, cujo trono e habitação estão logo acima de nós, logo acima do firmamento.




Veja também:







Deixe uma resposta