“Sola Mento”: Depois de pedir demissão da Obra, Pastor Patrick Siqueira cobra definição da DSA sobre EGW




Texto do Pastor Patrick Siqueira no Facebook

O adventismo do sétimo dia está bem confuso teologicamente falando, no território da DSA. Um dos assuntos mais urgentes e importantes a serem resolvidos, mas que tem sido ignorados por nossos líderes eclesiásticos é o papel do conceito “Sola Scriptura” na teologia Adventista na América do Sul.

Somos uma seita religiosa que aceita outras fontes de autoridade para crença e prática do cristianismo, ou somos uma legítima denominação protestante que aceita os 5 Solla, incluindo o conceito de Sola Scriptura?

A ignorância e o descaso com o ensino da teologia em nosso meio tem sido o principal vetor dessa crise e falta de união interna dos adventistas do sétimo em torno da verdade bíblica instaurada e fundamentada na experiência da reforma protestante e seu maior legado: o conceito de “Sola Scriptura”.

Enquanto nossos queridos pastores distritais são orientados e cobrados a seguir alvos numéricos de batismo e de crescimento de dízimo, induzindo a igreja a um crescimento forçado e artificial, as pessoas da igreja ficam abandonadas a todo vento de falsas doutrinas perfeccionistas e os queridos e amados membros ficam a carecer do sólido alimento da palavra de Deus.

Um assunto que seria tão simples de compreender em nosso meio, se torna um cavalo de batalha. Criando desavenças e disputas desnecessárias. Se a igreja fosse cuidada, pastoreada e ensinada, sem a influência de conceitos de administração eclesiásticas baseadas ideologias de mercado e não da palavra de Deus.

Porque simples? Tem Ellen White o mesmo nível de autoridade, ou pasmem, como ouvi uma autoridade discursar há algum tempo, mais importância que a Bíblia em nossos dias? Qual a relação da Bíblia e escritos de Ellen White?

Vejam. Recentemente fui num programa de TV nosso, denominacional, discutir o tema da lição da Escola Sabatina. [Vídeo acima.] Percebi um imenso temor em tratar desse ponto neurálgico e urgente dos debates atuais adventistas. Mas será que a culpa de termos dedicado tão pouco tempo, em um episódio de 50 min, para discussão de um assunto que mais divide os membros adventistas hoje não é da DSA que não se preocupa com a educação teológica dos membros da igreja e desincentiva o debate bíblico cristão saudável entre os membros?

A Própria pioneira e profetiza autorizada do movimentos adventista não cansou de dizer que seu escritos estão em posição de inferioridade em comparação com a Bíblia e que elas, as Escrituras são o único padrão de fé e prática e que a única função do seu ministério como profetiza era trazer o povo de Deus de volta para as escrituras sagradas.

Não deveria haver um debate tão ferrenho entre nós, que causa divisões e desgastes desnecessários, se as políticas de administração eclesiásticas no território da DSA fossem diferentes. Mais baseadas na Bíblia e menos baseadas nos conceitos de crescimento de mercado.

Não estáriamos sendo chamados de seita por denominações cristãs irmãs se a maioria dos membros tivesse a educação uma teológica adequada com respeito ao relacionamento da Bíblia com os escritos de Ellen White e fossem vacinados contra heresias de viés perfeccionista que se proliferam descontroladamente em nosso meio.

E por fim, quando os membros fossem reavivados pelo conhecimento e poder da palavra de Deus e o conceito de Sola Scriptura, o crescimento eclesiástico deixaria de ser tacanho (pequeno), forçado e tomaria proporções exponenciais como no livro de Atos. E nossa missão terminaria em breve.

Mas claro, quem fala sobre essas coisas é taxado de polêmico, improdutivo, e até corre o risco de ser cancelado do ministério… Essa é uma das facetas do denominado atual obscurantismo teológico da DSA. Pasmem, o maior sonho da atual administração, e que possivelmente vai tentar ser emplacado, é que o atual administrador da DSA se torne administrador da Igreja Mundial. Imagina o estrago???

Fonte: https://www.facebook.com/patrick.siqueira.16/posts/3773779196063037

 

O adventismo do sétimo dia está bem confuso teologicamente falando, no território da DSA. Um dos assuntos mais urgentes…

Publicado por Patrick Siqueira em Sexta-feira, 12 de março de 2021

Veja o que disse o Pastor Ezequiel Gomes em entrevista sobre o tema nesta semana:




1 comentário em ““Sola Mento”: Depois de pedir demissão da Obra, Pastor Patrick Siqueira cobra definição da DSA sobre EGW”

Deixe uma resposta