Michelson Borges usa até boné da Nasa para promover livro de Satanólogo evolucionista que contradiz o relato bíblico da Criação

Já publicamos vários artigos aqui, denunciando Michelson Borges e a Sociedade Criacionista como instrumentos satânicos na defesa da não-literalidade plena ou literalidade apenas parcial do relato bíblico da Criação. Ruy Camargo Vieira deveria se arrepender pela tradução e publicação desse livro “Inventando a Terra Plana”, de Jeffrey Burton Russell, antes que seja convocado a apresentar-se perante Deus para julgamento de suas obras.

Afinal de contas, Russell é mais conhecido por sua história de cinco volumes do conceito do Diabo: O Diabo (1977), Satanás (1981), Lúcifer (1984), Mephistopheles (1986) e O Príncipe das Trevas (1988). Escreveu também Bruxaria na Idade Média (1972) e História da Bruxaria, Feiticeiros, Hereges e Pagãos (1980, 2007).

Material já publicado sobre o assunto e que a ridícula da Maura Brandão deveria ler antes de zombar que seus irmãos, que crêem na plena inspiração e literalidade total dos relatos bíblicos da Criação:

Perguntem ao Michelson Borges se ele recomenda também a leitura do livro “História da Bruxaria” e os volumes sobre o Diabo, escritos pelo mesmo autor de Inventando a Terra Plana:

O que disse a Folha de S. Paulo sobre o livro de Jeffrey Birton Russell sobre a História da Bruxaria

A bruxaria faz parte do imaginário e da cultura ocidental há séculos. Os praticantes de feitiçaria já foram descritos com seus chapéus e roupas pretas e a imagem de uma bruxa montada em uma vassoura é mais do que conhecida.

Muito do que é conhecido como bruxaria tem origem em tradições anteriores ao cristianismo e, durante a Inquisição, a Igreja mandava homens e mulheres para a fogueira acusados de praticar a bruxaria.

Entretando, no fim do século XX a bruxaria ganhou status pop e o último fenômeno ligado ao tema foi o do bruxinho “Harry Potter”, que encantou crianças e adultos em todo o mundo com suas aventuras fantásticas.

Mas a bruxaria é um tema bem mais complexo do que o estereótipo alimentado pelo senso comum. Junto às artes mágicas estão tradições pagãs, cultos aos antepassados e elementos de culturas e religiões primitivas muitas vezes interpretados de maneira equivocada.

O livro “História da bruxaria” é um estudo aprofundado sobre o tema e é ideal para quem se interessa pelo assunto. A obra conta o surimento da bruxaria, sua dificuldade em sobreviver, como a prática ressurgiu e sua posição na sociedade contemporânea.

Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/folha/livrariadafolha/757697-descubra-a-historia-da-bruxaria.shtml




https://www.youtube.com/watch?v=e3OfPbhhKIE




História da bruxaria by Jeffrey B. Russell Brooks Alexander

1 comentário em “Michelson Borges usa até boné da Nasa para promover livro de Satanólogo evolucionista que contradiz o relato bíblico da Criação”

Deixe um comentário