Ênfase em expectativa de Lei Dominical nos Estados Unidos contraria valores cristãos

INFANTICÍDIO: O pior de todos os pecados é o ABORTO




Muito mais grave que desatender às orientações divinas acerca do sábado é ignorar o que o Filho de Deus disse sobre o cuidado que devemos ter, como seus seguidores, em relação às crianças: “E então lhes disse: “O sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do sábado.” Marcos 2:27

“Quem recebe uma destas crianças em meu nome, está me recebendo. Mas se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe seria amarrar uma pedra de moinho no pescoço e se afogar nas profundezas do mar. … “Cuidado para não desprezarem um só destes pequeninos! Pois eu lhes digo que os anjos deles nos céus estão sempre vendo a face de meu Pai celeste.” Mateus 18:1-10

Em gravidade, Jesus Cristo colocou o aborto, abusos, violência e omissão contra crianças, acima do suicídio. Afinal de contas, os filhos são nossa herança do Senhor, inclusive genética. Por iss, impedi-los de nascer ou se desenvolver conforme a vontade divina é o pior de todos os pecaos.

VOCÊ JÁ PAROU PARA PENSAR QUE PECAR CONTRA O ESPÍRITO SANTO É TAMBÉM PECAR CONTRA O SOPRO DIVINO QUE GERA A VIDA DESDE O ÉDEN? A ordem divina não foi “divirtam-se, fazendo sexo sem pensar nas consequências”, “transem à vontade e, quando for conveniente, tenham filhos”. Quando nós humanos fazemos amor estamos exercendo o privilégio que nos foi concedido por Deus de gerarmos vida e nos multiplicar como filhos dEle. Sexo que não gera a vida, mas apenas prazer, é perversão do propósito divino para o privilégio da procriação e educação de uma criança.

Os cento e quarenta e quatro mil do Apocalipse serão bem-aventurados também por não se contaminarem com mulheres, que só queriam sexo por prazer ou fonte de renda e exercer seu suposto direito sobre o próprio corpo, interrompendo gravidez indesejada, em qualquer momento e por qualquer motivo.

Em lugar de temer e combater leis americanas que impeçam a guarda do sábado ou imppnhqam o domingo como dia de guarda, nós adventistas deveríamos nos preocupar mesmo com legislação favorável ao aborto, como está acontecendo agora nos Estados Unidos…

“…Quando a reivindicação do demoncrata é a aprovação de uma legislação inconstitucional que legaliza ilegalmente o assassinato de uma criança ao nascer sob o pretexto de um aborto, as apostas durante as eleições de meio de mandato de 2022 não poderiam ser maiores.

“Os demoncratas mais malévolos que lideram o Partido Democrata hoje, que fizeram dessa lei odiosa sua principal questão legislativa, não desistirão do que consideram seu ganho mais difícil. Afinal, muitas eleitoras democratas ultraliberais veem sua licença recém-consagrada para executar conscientemente e voluntariamente um bebê no nascimento como o direito mais importante de seu “direito de escolher”.

“Isso mesmo: esses maníacos homicidas acreditam honestamente que seu ‘Direito de Escolher’ absurdamente imoral supera o ‘Direito de Viver’ dado por Deus a um bebê recém-nascido. Os satanistas democratas trabalharam muito e arduamente para ‘codificar’ o sacrifício ritual de crianças, embora Roe v Wade nunca tenha chegado perto de fazer isso. No entanto, esses açougueiros desumanos farão tudo ao seu alcance para preservar o direito ilegítimo de uma mulher de exterminar seu filho.

“Eles não vão parar por nada entre agora e as eleições intermediárias, mesmo que isso signifique roubar todas as eleições à vista, como fizeram em 2020. Os democratas nem se importam que o mundo inteiro esteja ciente do roubo eleitoral nu que viu o impostor Joe Biden instalado na Casa Branca. Eles vão repetir todas as mesmas fraudes eleitorais e golpes de cédula que elegeram seus candidatos ilicitamente durante o último ciclo eleitoral, mesmo que seja a última coisa que façam.”

Fonte: https://stateofthenation.co/?p=115739

Deixe um comentário