CPB ameaça processar missionários voluntários do IAGE

Antes de mais nada: a intenção deste artigo é apresentar o caso ao público adventista para consideração, a fim de a CPB pensar duas vezes antes de tomar ação judicial de fato. A página do Congresso MV tem público adventista, por favor não compartilhe esta mensagem fora de nosso círculo denominacional (1Sa 1:20). Outro objetivo é que o processo não se estenda a outros casos similares nesta Divisão e pelo mundo. Continuar lendo

Nova abordagem da antiga Serpente: “Não foi bem assim que Deus disse…”

Teólogos da IASD incentivam descrença na literalidade do livro de Gênesis. Leandro Quadros, por exemplo, não acredita nem que Adão foi feito do barro!

Se a Bíblia começasse com uma mentira ou meia verdade, todo o resto perderia credibilidade. Contudo, nossos teólogos da IASD há décadas, inventaram um tal “intervalo passivo” com duração de 4,5 bilhões de anos na entrelinha do versículo 1 para o versículo 2 do primeiro capítulo de Gênesis. Continuar lendo

YouTuber esmiuça argumentos de Rodrigo Silva contra o calendário lunissolar

Numa série de vídeos curtos, que se inicia com este que postamos acima, o YouTuber Ronaldo Lima rebate argumento por argumento tudo que foi dito pelo PhD em Arqueologia Rodrigo Silva em relação ao calendário lunissolar em duas ocasiões. Para acompanhar a série que ainda está sendo desenvolvida, mas já contém um bom material para pesquisa e avaliação você deve acessar à aba de vídeos do canal de Ronaldo Lima e encontrar o começo da série.

O link para o canal é este: https://www.youtube.com/user/bandavida/videos

CPB publicou artigo de autor que chamou adventistas de “burros”…

“Não, não disse que são burros. Disse que têm baixa escolaridade… Aliás, esse dado consta de uma pesquisa da própria Organização,” essa deve ser a justificativa apresentada pelo mestre em Ciências pela Universidade Estadual de Maringá, Everton Fernando Alves, autor do artigo A IASD e a divulgação do criacionismo: onde está o problema?, em que realça a escolaridade “bem baixa” do adventista brasileiro, como um dos fatores responsáveis pelo suposto desinteresse de membros e líderes da denominação em relação ao tema do criacionismo. O artigo foi deletado alguns dias depois do blog Criacionismo, de Michelson Borges.

Contudo, em junho de 2017, a Revista Adventista já havia publicado o artigo “Entre Milhares e Bilhões de Anos”, em que Everton Alves propõe que seja aceita como interpretação oficial de Gênesis 1 a ideia de que a criação da Terra tenha ocorrido em dois estágios, para que assim o relato bíblico possa ser ajustado ao que diz a Ciência em nossos dias. Continuar lendo

Para a IASD, a “semana” da Criação tem mais que sete dias (desde 1990!)

Por Ennis Meier, do Adventistas.Net

Veja o que diz o 4º Mandamento, e depois veja que os cientistas da Universidade de Loma Linda (GRI) disseram que “a crosta terrestre tem 4,5 BILHÕES DE ANOS”. Foi na Revista Adventista do Brasil (edição de janeiro de 1990, págs. 5-8), cuja cópia disponibilizamos abaixo.

Êxodo 20:11:

“Porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou…”

Os cientistas Adventistas de Loma Linda (GRI) vieram ao Brasil em 1990 desmentir Ellen White (veja texto dela no rodapé da página). Pior, negaram o que o próprio Deus escreveu nas tábuas de pedra dos Dez Mandamentos sobre o período da criação dos céus e da Terra. Lembre-se que o relato de Gênesis 1 diz que o sol, lua e estrelas foram criados no quarto dia! Continuar lendo

EGW detona argumentos e credibilidade de Michelson Borges e seus discípulos

O Everton Alves, autor do artigo que se referia aos membros da IASD como burros “de baixa escolaridade” escreveu há algum tempo outro texto, intitulado: “A notoriedade de Ellen White e suas contribuições para a ciência”.

Nesse texto, quando fala sobre geologia tem um link para um livro grátis em PDF, Geologia: Ciências Naturais, com citações de Ellen White, que é um tiro no pé de todos os autores do blog criacionismo.com.br, por varias razões. Por exemplo, EGW detonou por antecipação o argumento de que o relato da Criação em Gênesis não é científico. Ela afirma categoricamente que o relato é autêntico e puro, sem mistura com idéias ou concepções de seus autores. Continuar lendo

DSA mandou deletar artigo que se referia a membros da IASD como “burros”, mas…

Ainda bem que salvamos o texto completo do artigo publicado por Everton Alves e recomendado por gente como Leandro Quadros e outros… Depois que republicamos aqui a íntegra da matéria ofensiva aos membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia, classificados como burros “de baixa escolaridade”, o articulista covarde retirou a matéria do blog Criacionismo.Com.Br

As imagens abaixo confirmam a publicação do artigo no blog administrado por Michelson Borges: Continuar lendo

Avanço do criacionismo bíblico terraplanista começa a preocupar líderes da DSA

Nada do que é dito no vídeo acima condiz com a realidade. Não existe aumento algum de debate entre evolucionistas e pseudo-criacionistas como Michelson Borges e outros que contradizem a Bíblia, escolhendo apenas algumas partes de seu relato para acreditar e argumento que o resto não é científico (nem inspirado!).

Esses falsos mestres, que tentam enganar até os escolhidos, cristianizaram o evolucionismo, adotando a cosmologia católica do Big Bang e suas supostas consequências como se fossem o “Haja luz!” de Gênesis no princípio, com intervalo de bilhões de anos entre a criação dos céus e da terra. Continuar lendo

Discípulo de Michelson Borges reclama de “burrice” de adventistas brasileiros…

A IASD e a divulgação do criacionismo: onde está o problema?

Publicado por Everton Alves no Blog Criacionismo, de Michelson Borges.

Ao longo desses anos em que eu tenho pesquisado, escrito e palestrado sobre criacionismo em diversas igrejas de diferentes denominações religiosas, incluso a Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD), bem como em colégios confessionais pelo Brasil, tenho percebido que, ao contrário do que eu imaginei inicialmente, os membros da IASD não se interessam tanto assim por criacionismo, embora a IASD seja uma das igrejas que mais divulgam o assunto. E isso é frustrante para uma pessoa que, como eu, entende o criacionismo como uma ferramenta de apologética/dialética, ou melhor, como um ministério evangelístico, ainda mais porque teoricamente sabemos, e não há dúvidas nem mesmo por parte de outras denominações afora, que a IASD apoia e incentiva, de certa forma, a divulgação e defesa desse tema que, a propósito, é um dos pilares oficiais de sua declaração de crenças fundamentais emitida pela Associação Geral da IASD. Continuar lendo