image_pdfimage_print

Após denúncia de abuso sexual em Acampamento JA, pastor culpabiliza vítima e omite necessidade de registro de ocorrência policial

Extraído da seção “Perguntas e Respostas Sobre Dúvidas Bíblicas, do site Missão Jovem, da IASD:

Pergunta do internauta que se identifica como “Kadmo”:

Pastor, gostaria de sua ajuda. eu tenho 18 anos, sou diretor de jovens associado e aconteceu algo esses dias que estou preocupado. Eu fiz amizade com um membro da igreja diretor de desbravadores. ele é casado, tem uns 26 anos, gente boa. ficamos amigos e de uns 5 meses pra cá comecei a frequentar a casa dele e tal. Tudo bem.

Só que há um mês e meio nós acampamos com os jovens e os desbravadores e la´a esposa dele não pôde ir. Eu fiquei na barraca com ele a convite do mesmo. uma barraca de dois. Bom, eu nunca tive uma relação sexual, nem nunca me senti atraído por outros homens, mas nesse acampamento de madrugada, ambos não conseguíamos dormir, estavámos conversando. Continuar lendo

Brasileiros acusados de corrupção têm muito a aprender com a liderança da IASD

Áudio em inglês.

David Dennis é o ex-auditor-chefe da Associação Geral dos Adventistas do Sétimo Dia. Neste vídeo, David Dennis compartilha sua opinião de que não há suficiente transparência e responsabilidade nesta denominação religiosa e dá detalhes específicos sobre por que ele acha que isso precisa mudar. David Dennis “soou o alarme” em numerosos escândalos da igreja que envolvem finanças da igreja, má conduta sexual e má gestão grosseira pela liderança da igreja. Esta apresentação foi feita para o Fórum Adventista em San Diego, em Maio de 2009. Você pode baixar e ler mais sobre a história de David em seu livro em inglês Fatal Accounts no formato PDF. Continuar lendo

Até quando o Presidente da DSA vai se omitir quanto aos crimes dos líderes da União Argentina?

Dá até a impressão de que a União Argentina não faça parte da Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia, quando você acessa a versão em português do site oficial www.adventistas.org, pois não há qualquer menção ao escândalo do uso de contêiners da ADRA, camuflados com falsas doações de medicamentos vencidos e perigoso lixo hospitalar contaminado, para esconder um contrabando milionário de equipamentos eletrônicos. Continuar lendo

Clipping: Cúpula da IASD na Argentina renuncia após processo por contrabando milionário de equipamentos

Em dois supostos contêiners de doações americanas para a ADRA na Argentina, foram encontrados equipamentos eletrônicos contrabandeados avaliados em aproximadamente 3 milhões de reais (cerca de 15 milhões de pesos argentinos) camuflados entre remédios vencidos e lixo hospitalar. O processo por contrabando milionário já custou a renúncia de quatro líderes da IASD na Argentina, além de gastos equivalentes a um milhão e seiscentos mil reais pagos como fiança para que estes não ficassem presos e o bloqueio de bens pertencentes á Organização avaliados em cerca de 56 milhões de reais. O imposto de inportação sonegado apenas nessa remessa de equipamentos totaliza o equivalente a um milhão e duzentos mil reais, mas há suspeita de que esse tipo de fraude ocorra há mais de vinte anos.

Há alguns dias nesse vídeo do Youtube, o pastor Carlos Gill Krug, presidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia da Argentina, fez pose de caudilho preocupado para os fiéis dos 1055 templos adventistas existentes em sua União. “É difícil, irmãos, descrever a dor de tantos de vocês”, disse o pastor, “ao ver a sua Igreja submetida ao opróbrio dos meios de comunicação”. Para Gill Krug, ver-se nas manchetes dos jornais era no mínimo incômodo. Suas declarações não poderiam ser menos graves: Os adventistas, talvez a maior denominação protestante da Argentina, atravessavam o maior escândalo de sua história no país. Continuar lendo

image_pdfimage_print