Leandro Quadros discorda do livre acesso do crente às Escrituras e quer impor regras para a interpretação da Bíblia

Leandro Quadros, o Dono da Verdade na Rede Novo Tempo, não se cansa de defender a comemoração do Natal pagão, cristianizado pelo papado. E acusa os irmãos que discordam dele de não entenderem a Bíblia, contrariando uma das conquistas da Reforma Protestante, que é o livre acesso do crente às Escrituras, para leitura e interpretação pessoal. Para ele, a Bíblia deveria continuar acorrentada nas bibliotecas dos seminários e ser interpretada apenas pelos mestres e doutores em Teologia.

Tudo que poderiam ter contado para Ellen White sobre o Natal…

…Mas ninguém deve ter dito com medo de contrariar a “pena inspirada” da irmã profetisa! Ou você acha mesmo que Ellen G. White possuía o dom da onisciência e não necessitaria ter pesquisado ou aprendido um pouco mais sobre as abominações dos festejos natalinos antes de dizer que Deus se alegraria que houvesse uma árvore de Natal em cada Igreja? Pois esse judeu-cristão do vídeo teria, com certeza, muito a ensinar para ela sobre esses temas (ainda que discordemos dele em outros pontos). Continuar lendo

Pecado Coletivo da IASD: Adoração a Asera, a Deusa da Árvore de Natal

 Pecado Coletivo da IASD: Adoração a Asera, a Deusa da Árvore de Natal

Não há nada escrito especificamente sobre a árvore de natal na Bíblia, porque o início da comemoração “cristã” do nascimento de Jesus Cristo em 25 de dezembro, ocasião em que se realizava a festa do Sol Invicto, em honra ao deus Mitra, data do quarto século da era cristã. Mas através de um breve estudo bíblico, complementado por informações da História e da Arqueologia, é possível concluir que não nos convém reservar espaço para árvores de natal em nossa casa ou igreja. Continuar lendo

Embromation: Argumentação ilógica sobre o Natal de líder da DSA, Erton Köhler, não convence

Pressionado por milhares de membros da Igreja que já não vêem sentido nessa insistência tola de incentivar a comemoração do Natal, festa de origem pagã que homenageia o deus Sol em suas várias versões, o pastor Erton Köhler, presidente da Igreja Adventista para oito países da América do Sul, viu-se obrigado a tentar justificar essa opção ecumênica através de uma mensagem em vídeo, inserida na série Falando de Esperança, intitulado “Os Adventistas e o Natal”. Continuar lendo

Pastor Ivan X Padre Juarez: Qual deles concorda com o apresentador Leandro Quadros?

Antes de fazer sua avaliação, assistindo aos dois vídeos (acima e abaixo), convém ver primeiro as explicações de Leandro Quadros (clique no link), no programa em que defendeu o papa Júlio I como autor “evangelisticamente inspirado” da mudança da comemoração do Natal para o dia 25 de dezembro. Continuar lendo

Pastor adventista defende com unhas e dentes Papa que “cristianizou” o Natal

Leandro Quadros, apresentador do Programa Na Mira da Verdade, não esconde sua admiração pelo Papa Júlio I, que “cristianizou” a comemoração do Natal. Mesmo assim, restam-nos sete perguntas que não querem se calar:

1. Se a Bíblia nada diz sobre o Natal para evitar que as pessoas venerassem a data, devemos comemorá-lo como incentiva Ellen G. White? Ou, agindo assim, estaríamos indo além do que diz a Bíblia? Continuar lendo

Loucura: INRI Cristo sabe mais sobre o Natal que Leandro Quadros

Enquanto o apresentador do programa Na Mira da Verdade, da Rede Novo Tempo, Leandro Quadros, insiste em defender o Papa Júlio I como suposto responsável pela comemoração “cristã” do Natal, que é de origem pagã, o ridicularizado falso profeta brasileiro, conhecido como “INRI Cristo” demonstra conhecer melhor a História e aponta o imperador Constantino como o autor da mudança da guarda do sábado para o domingo e da “cristianização” das festas pagãs do final de dezembro.

Pesquise mais sobre o assunto: Continuar lendo

Na Mira da Verdade: Leandro Quadros mente ao dizer que Lutero é o criador da Árvore de Natal

Se o pai do protestantismo não viu nada de pagão na guarda do Domingo, e olha que ele era totalmente contra qualquer tipo de paganismo, será que podemos saber melhor do que ele que dia devemos guardar? Ou seria melhor perguntar se realmente procede a informação de que Martinho Lutero teria criado a árvore de Natal? Continuar lendo

Para: Leandro Quadros, programa na Mira da Verdade — A/C Rede Novo Tempo

O crente deve comemorar o Natal?

Por Jânio Santos de Oliveira, Presbítero e professor de teologia da Igreja Assembléia de Deus Taquara, Duque de Caxias, RJ

Nos seus primeiros anos de vida a Igreja causou uma verdadeira revolução na sociedade contemporânea, e até o final do 1º século se manteve firme no fundamento dos apóstolos, isto é, nas verdades estabelecidas por Cristo. Após a morte do último apóstolo, a Igreja começou a se afastar daquela linha traçada por seu fundador. Em conseqüência disso, muitas verdades foram perdidas e algumas práticas pagãs foram acrescentadas na vida da Igreja. Continuar lendo