Acordo entre a IASD e Igreja Católica para que o Papa deixasse de ser apontado como a Besta, já tem 15 anos

A íntegra do documento ecumênico firmado entre a liderança da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) e a Igreja Católica Apostólica Romana (ICAR) pode ser encontrada, entre outros, no livro Interchurch and Interfaith Relations: Seventh-Day Adventist Statements and Documents, de Höschele, Stefan, que pode ser adquirido na Amazon.com ou diretamente com o editor. Mas é possível também lê-lo online em inglês, a partir da página 168, na cópia disponibilizada pelo Google Books.

Já a notícia oficial do acordo entre a IASD e a ICAR foi publicada originalmente no próprio site da conferência geral, em 14 de fevereiro do ano 2000. E no momento em que a republicamos aqui no Adventistas.Com, pode ainda ser acessada clicando nestes links:

Texto em inglês.

Texto em português.

Trata-se de um “acordo de respeito mútuo” assinado pelas lideranças da Igreja Adventista e da Igreja Católica na Polônia (terra natal do então Papa João Paulo II). Através deste acordo a Igreja Adventista se compromete a respeitar a Igreja Católica e a Igreja Católica se compromete a não considerar a IASD como uma seita. Quem assinou o acordo foi o presidente da IASD na Polônia (Pr. Wladyslaw Polok) e o Arcebispo Alfons Nossol, diretor da Comissão de Assuntos Ecumênicos.

Respeitar a Igreja Católica e não chamá-la de Babilônia é uma tendência mundial na Igreja Adventista que pode ser comprovada com uma simples leitura da lição.

Leia abaixo a íntegra da notícia do acordo que foi assinado entre a Igreja Adventista e a Igreja Católica:

“A IGREJA ADVENTISTA NÃO PODE SER TRATADA COM UMA SEITA”
Varsovia, Polônia

“A IASD não pode ser tratada como um ‘novo movimento religioso’ ou como uma seita” assinala uma declaração conjunta da Igreja Católica Romana e a Igreja Adventista da Polônia.

Reconhecendo mutuamente a autonomia e independência, o documento foi emitido após 15 anos de diálogos baseados no melhor entendimento dos ensinos e práticas da Igreja Católica e Adventista, assim como melhorar o relacionamento sem comprometer a identidade de cada parte.

O documento cita o fato de que “relações entre Católicos e Adventistas não foram boas no passado”. A declaração foi firmada por representantes das igrejas, incluindo o Pr. Wladyslaw Polok, presidente de IASD da Polônia, e o Arcebispo Alfons Nossol, diretor da Comissão de Assuntos Ecumênicos do episcopado da Polônia (na foto abaixo, com o Papa Francisco I).

4660

“Com tristeza reconhecemos casos em que os distintos círculos religiosos e cívicos têm negado o status eclesiástico da Igreja Adventista do Sétimo Dia, até mesmo referindo-se como seita. Esta afirmação é inaceitável e cremos, que se deva ao grande detrimento de relações mútuas”, declara o documento.

“Este documento afirma a liberdade religiosa. Estamos considerando que isso é um importante desenvolvimento não só para nossa igreja na Polônia. As minorias religiosas também são, freqüentemente, consideradas menos que nós somos.” disse o Pr. Polok.

A declaração reconhece que ainda que as igrejas possam referir-se as similaridades, elas também vêem diferenças entre as “doutrinas, práticas e políticas eclesiásticas” de cada uma.

Entretanto, ambas as partes sustentam a necessidade de cultivar respeito uma pela outra e aprender a entender-se mutuamente. O diálogo foi “conduzido numa base de participação, cuidando de manter uma completa identidade de ambas as partes, tanto como sua autonomia e independência, em um espírito de respeito mútuo e amor cristão, e em reconhecimento aos ideais de tolerância religiosa”.

“Este é um importante acontecimento nos eventos para nossa igreja”, disse o Prof. Zachariasz Lyko, que em muitos anos foi responsável pelas relações públicas da igreja adventista polaca. “Este desenvolvimento não é um resultado de críticas, ataques públicos ou confrontações, mas de amabilidade cristã entre ambas as partes e respeito pela dignidade da pessoa humana”.

“Muitos de nós podemos recordar que fomos etiquetados como homens diferentes. Temos sido incompreendidos e freqüentemente ridicularizados. De nossa parte, desejamos sentar juntos e reconhecer que o amor cristão requer uma forma distinta de relacionar-se com a sociedade que formamos parte. Como Adventistas do Sétimo Dia buscamos uma aproximação positiva com outras crenças. Temos declarado isto publicamente e este documento confirma nossa posição”, ele acrescenta.

O Documento não trata de assuntos doutrinários e teológicos. “Nossa igreja reconhece que esse diálogo não pode ser um diálogo de compromisso, e sim de união de espírito e de cooperação e entendimento comum”, explicou Lyko. “Não estamos fazendo nada diferente do que os pioneiros de nossa igreja apoiaram e defenderam. Sempre é melhor entrar em conversação respeitosa que numa confrontação que sempre impede de alcançar os objetivos desejados”.

Lyko comentou que “como Igreja, de nossa parte não estamos interessados em comprometer nossas crenças fundamentais”.

Publicação original no Adventistas.Com: Roma Ainda é Babilônia? O Poder Papal ainda é a Besta do Apocalipse? — Por Ricardo Nicotra

22 comentários em “Acordo entre a IASD e Igreja Católica para que o Papa deixasse de ser apontado como a Besta, já tem 15 anos”

  1. Pingback: Aceita um livro? Luís Gonçalves plagiou pegadinha do Impacto Esperança 2019?

  2. A bíblia não diz que o Papa é a besta, diz que a besta é um poder governamental. Os capítulos 7 e 8 de Daniel e o 13 de Apocalipse.
    Em Daniel 7:25 ele declara que esse poder perseguiria os santos do altíssimo e mudaria os tempos e a lei de Deus.
    A igreja de Roma, mudou a lei de Deus; retirou os dois primeiros, mudou a guarda do sábado para o domingo e dividiu o décimo em dois para cobrir a retirada dos dois primeiros.
    Este mesmo poder perseguiu os santos de Deus por 1260 anos conforme profetizou Daniel, isso foi de 1538 a 1798 Quando o papa pio Vl foi aprisionado pelo general Berthiê a mando de Napoleão Bonaparte.
    Essa foi a ferida de morte que Daniel profetizou, más também disse que essa ferida seria curada. Hoje nós vemos essa ferida quase que totalmente curada

  3. Todos sao tolos sem ideia. Conseguem falar mais da igreja e nao da vossa conversao? Escutem bem so Deus pode nos julgar e mais nada.
    Querido catolico vc precisa ler mais a biblia , quem mudou a lei de Deus foi a catolica, quem inventou ave maria, estatuas entre outras coisas foi catolica e ainda mais no actual vaticano foi la onde que funcionava a arena para extreminar os cristaos e sao a causa de queda de todo o mundo e ainda fará maia.
    Querido adventista o seu trabalho é anunciar a palavra de Deus e nao em coisas inuteis……

  4. Caros internautas do site (Adventistas. com), as acusações e confusões que estão a introduzir dentro da igreja, só provam que a igreja Adventista do 7 dia, é a menina dos olhos de Deus, o SENHOR permite isso, só para que os inconversos de coração como os resposaveis dessas polemicas e muitos que foram levados nessa onda, fosse segregados e separados da igreja, como joio no meio do trigo… Lembram que, atreves de Abraão, escolheu os crentes da época, para separam dos incrédulos (judeus e gentios), também dentro dos judeus, haviam judeus fies e não fies, então, Deus utilizou o cristianismo para separam os sinceros de coração dos inconversos de coração, também o Senhor utilizou o evangélico, para separam os verdadeiros cristão do dogma do catolicismo, também dentro dos evangelismo, houve a separação entre os que tem selo do criador ( os que guardam os mandamentos de Deus, e mantêm o testemunho de Jesus) e dos que rejeitaram o selo de Deus verdadeiro, por fim vai toda essa confusão dentro da igreja, para separar os Adventistas conversos dos, dos inconversos…

  5. Nossa, quantas bestas já passaram, 266… Tem que ser mto burro pra acreditar que a Igreja Católica é a besta do Apocalipse. Foi Santo Agostinho que brigou pro apocalipse fazer parte da Biblia. Foi concilios da Igreja Católica que definiram que livros seriam ou não biblicos. O nome “Biblia” veio dos Católicos. Nas escrituras vocês não veem que livros seriam usados, muito menos nome que seria posto no conjunto. Nem diz que o papa seria a besta. Também a biblia diz que viriam 2 bestas! Não 266! Só um cego não ve! Adventistas, a seita mais sem noção da história! A besta tá enganando vocês, longe da verdadeira Igreja de Cristo, edificada por Ele em Mt 16, 18. E se for A Ellen GW a grande prostituta? Que enganou milhares e os profanou com a marca da besta, que os fez negar ao próprio Deus encarnado?

    1. Porque sera que os católicos, iriam colocar livros que contrariam as suas doutrinas, desculpa mas o que estão a e grave a não tem cabimento. Quanto a mim, se não for Deus quem o autor da bíblia, ou mesmo do apocalipse, se o livro for inscrito por um mortal, essa pessoa tinha que ser um omnisciente. Portanto a bíblia não, precisa de pessoas para provar que ela é inspirada por Deus, mas ela faz por se próprio, através de profecias, e de transformações que faz na vida das pessoas quando passa a respeita-la.

      1. Sim, a bíblia caiu pronta do céu, com zíper e capa de couro.
        Como sabemos que o evangelho de São Mateus é divinamente inspirado e o evangelho de barnabé não é, e por isso não está na bíblia? Para isso se deve confiar na autoridade da igreja que compilou a bíblia como a conhecemos hoje.

        1. A Bíblia é inspirada e a Palavra de Deus. Homens santos da parte de Deus escreveram, inspirados pelo Espírito Santo. A Bíblia é a palavra infalível e perfeita de Deus, na linguagem falível do ser humano. Sendo santa e perfeita, e inspirada, não necessita de ninguém para reconhecer sua autoridade, pois o Espírito Santo é quem desempenha este papel. Ele apenas guia as pessoas a aceitarem e compartilharem da Bíblia.

  6. “O romanismo é hoje olhado pelos protestantes com muito maior favor do que anos atrás. Nos países em que o catolicismo não está na ascendência, e os romanistas adotam uma política conciliatória a fim de a conseguir, há crescente indiferença com relação às doutrinas que separam as igrejas reformadas da hierarquia papal; ganha terreno a opinião de que, em última análise, não diferimos tão grandemente em pontos vitais como se supunha, e de que pequenas concessões de nossa parte nos levarão a melhor entendimento com Roma. Houve tempo em que os protestantes davam alto valor à liberdade de consciência a tão elevado preço comprada. Ensinavam os filhos a aborrecer o papado, e sustentavam que buscar harmonia com Roma seria deslealdade para com Deus. Mas quão diferentes são os sentimentos hoje expressos!” O Grande Conflito, 563

  7. Eu acredito que vcs deveriam ler primeiro a Bíblia, pesquisa-la e depois dialogar com um Adventista. Deixa de loucuras. Se a IASD estiver errada, mas errado está todos, mas todos mesmos protestantes! Um monte de discurso reproduzido de pessoas que não cita uma informação com fundamento claros. Sou Historiador e Adventista, sem mais!!!

  8. agora eu entendi o por que a nova biblia de estudo “adventista” não diz claramente que o papa é a besta e que a igreja catolica é a grande prostituta, como pode a igreja remanescente fazer acordo com a grande prostituta para não sermos mais perseguidos? assim como o apostolo fala se vcs se circundam para não serem perseguidos logo o escanda-lo da cruz é anulado. se as profecias dizem que a o papado é o anti cristo e a igreja catolica a grande meretriz temos que anunciar essas verdades, se os pioneiros estivesses vivos hoje jamais aceitariam tal coisa, sou adventista de berço porém não aceito essas heresias se instalando na igreja de Deus, pesquisem sobre a verdade sobre a trindade que veio de roma, sobre os pioneiros adventistas, e chegará a conclusão que esta acontecendo muita coisa errada.

      1. Os que nao aceitarem a marca da besta serao chamados de nao mais de ceita mais de extremistas, fundamentalistas e ereges, ser chamado destas coisas nao vai ser nada agradável tambam… Então sr joao va receber a sua marca da besta pois vai ser muito pior ser chamado assim, nao ?

  9. atos 24:14
    Mas confesso-te isto que,
    conforme aquele caminho que
    chamam seita, assim sirvo ao
    Deus de nossos pais, crendo tudo
    quanto está escrito na lei e nos
    profetas.

Deixe uma resposta para jose augusto Cancelar resposta