Michelson Borges ignora o segundo mandamento, escrito pelo dedo de Deus

A Cosmovisão hebraica, que enxerga a realidade em três níveis (Céus, Terra e Abismo), está presente inclusive nos Dez Mandamentos, escritos pelo próprio Deus: “Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há EM CIMA NOS CÉUS, nem EM BAIXO NA TERRA, nem nas ÁGUAS DEBAIXO DA TERRA.” Êxodo 20:4

Contudo, o “NASAtanismo”, cuja cosmovisão contraria totalmente o que diz a Bíblia, cega completamente seus seguidores, como acontece com Michelson Borges. Ele afronta o segundo mandamento, produzindo imagens de escultura (tridimensionais), e não se dá conta de que é um mandamento evidentemente terraplanista e escrito pelo próprio Deus!

Curiosamente, “Michelson” quer dizer “Filho do Arcanjo Miguel”, enquanto Josué, na Bíblia, é o guerreiro que pediu para Deus parar o Sol e a Lua enquanto guerreava e sua oração foi atendida. No vídeo, aparecem um filho de anjo em parceria com alguém que pode parar o Sol e a Lua e eles não percebem que deveriam ser terraplanistas…

Michelson Borges não sabe, mas é adepto de uma religião científico-espacial, que coloca a Ciência acima da Bíblia, uma espécie de “Cientologia” [do Sétimo Dia!], fundada por Jack Parsons e L. Ron Hubbard, satanistas precursores da Nasa… Assim, a palavra de astronautas, astrônomos, matemáticos, físicos e astrofísicos é colocacada acima da mensagem dos profetas e apóstolos!

1 comentário em “Michelson Borges ignora o segundo mandamento, escrito pelo dedo de Deus”

  1. Uau …É muito ódio hein? Esse blog atira para todos os lados. Não sei nada do Mchelson, não acompanho sua vida, nem nada, mas tem uma campanha acirrada por aqui pra destruir o caráter dele, hein? Talvez se possível a vida tbm. Só dá a cara do sujeito nas postagens. E se depender de vcs, salvação depende se a terra for plana. Que horror! A. T. Jones antes de sua apostasia, escreveu um longo artigo na Review sobre o assunto. Como estudante voraz da historia, ele explica coisas muito interessantes. Se dependesse dessa visão, até hoje a América seria terra de índios, nada de Estados Unidos, nada de movimento adventista. Será que já não era um ataque do inimigo tentando impedir o cumprimento profético? Eu creio que sim. Deus tenha misericórdia! É muita perda de tempo com algo que não nos ajuda em nada para a crise final. Nas palavras da profetisa “questões de menor importância”.

Deixe uma resposta