IASD não aprendeu nada com apoio a Hitler e agora apóia João Dória

As atitudes do governador João Dória, além de absurdas, são imorais, ilegais e afrontam a nossa Constituição. Para o desembargador Ivan Sartori, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, o governador age como um ditador, comete crime de responsabilidade e fatalmente será alvo de impeachment. “Ele está ditando a Constituição da cabeça dele”, afirma Sartori.

Apenas o Governo Federal tem o poder de restringir a liberdade de ir e vir dos cidadãos, através dos decretos de Estado de Sítio ou de Defesa, sendo ambos de competência exclusiva do presidente da República. Dória está agindo ao arrepio da lei. E diante dos crimes que já cometeu, a situação de Dória parece ser insustentável. “Ele rasgou a Constituição e se transformou num ditador de país subdesenvolvido”, arremata o desembargador. Em suma, quando a poeira baixar, esse ditador de araque será chamado na responsabilidade. E será liquidado. Vamos aguardar.

Mais sobre João Dória, o queridinho da IASD

O jornalista Augusto Nunes, em transmissão ao vivo, questionou João Dória sobre um encontro havido entre governadores de alguns estados, incluindo Dória, com o embaixador chinês. Na cara de pau, o governador negou o encontro, algo que ele próprio havia noticiado e festejado em suas redes sociais. Na sequência, o jornalista questionou o governador sobre uma nota oficial emitida pela embaixada da China tecendo considerações sobre esse encontro. Encurralou o malandro. A reação de Dória é deprimente. Vexatória. Ridícula. Mesmo assim, numa demonstração de seu caráter vil, ele, pateticamente, prosseguiu sustentando a mentira. É triste constatar o quanto esse sujeito é perigoso, nocivo e mentiroso. Veja o vídeo:

Doria, Caiado e outros governadores, na surdina, reúnem-se com embaixador e estreitam laços com a ditadura do Partido Comunista Chinês

Ontem (24) um grupo de governadores participou de uma reunião discreta com o embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming, que ficou conhecido pelo grande público depois de passar mensagens desrespeitosas à família presidencial, em discussão com o deputado Eduardo Bolsonaro.

Participaram da conferência, cujo objetivo era discutir estratégias no combate ao coronavírus, os governadores: João Dória (PSDB-SP), Helder Barbalho (MDB-PA), Ronaldo Caiado (DEM-GO), Eduardo Leite (PSDB-RS) e Romeu Zema (Novo-MG).

Segundo nota oficial emitida no Webchat da Embaixada Chinesa do Brasil, durante a reunião, os governadores elogiaram a China pelo êxito na contenção interna do Covid-19 e pela contribuição do país de Xi Jinping, líder do Partido Comunista Chinês, à segurança do mundo.

“Os governadores disseram apreciar muito a resposta da China à epidemia e os notáveis ​​resultados alcançados. Também avaliaram positivamente a contribuição da China para a manutenção da segurança pública mundial. Ademais, agradeceram à China o compartilhamento das informações de prevenção e controle com a comunidade internacional, incluindo o Brasil, e expressaram sua esperança de aprender com a experiência da China, para fortalecer ainda mais a cooperação antiepidêmica com a China”, diz o comunicado.

Dentre outras coisas, conversou-se sobre a possibilidade de que os chineses disponibilizem, além de equipamentos médicos, conhecimento técnico para o enfrentamento da nova peste.

Referindo-se ao governador de São Paulo, João Dória, a nota destacou que a capital paulista, centro econômico do país, é também a maior aliada da China, e que, por isso, é importante, neste momento de crise, que se estreitem ainda mais os laços comerciais e culturais entre chineses e a administração paulistana.

“A China está disposta a trabalhar com os governos locais do Brasil, incluindo o estado de São Paulo, para manter um desenvolvimento estável do comércio bilateral entre os dois países, especialmente nos tempos difíceis atuais, para implementar constantemente projetos pragmáticos de cooperação e resistir conjuntamente ao impacto da epidemia’.

É importante salientar que esta reunião, que não foi repercutida na mídia brasileira, não constava na agenda oficial de João Dória.

Fonte: https://brasilsemmedo.com/governadores-se-aliam-a-china-contra-bolsonaro/

Mais vídeo:

A iniciativa do governador João Dória de ameaçar de prisão as pessoas que não obedecessem a determinação de isolamento, não vai dar certo. O mandatário paulista perdeu a autoridade. Em sua notável prática de politicagem, tentando atingir o presidente Jair Bolsonaro, Dória se deu mal. O povaréu neste sábado (11) literalmente fechou a avenida Paulista, aos gritos de “Fora Dória”.

1 comentário em “IASD não aprendeu nada com apoio a Hitler e agora apóia João Dória”

  1. Como cristãos não devemos aceitar as ações impostas características duma ditadura pelos nossos “gestores públicos” em meio a histeria coletiva que tomou conta das pessoas motivada por vírus comuno-satânico vindo da China. Estivessem realmente preocupados com o bem estar geral de suas comunidades os governadores, prefeitos e secretários de saúde deveriam ter falas diferentes das que ouvimos deles. Falariam ao invés das pessoas não irem às suas casas religiosas, para que fortalecessem sua fé num Poder Superior e fortalecessem então as Igrejas domésticas.

    No que toca a saúde geral da população então fragilizada , deveriam incentivar por exemplo as pessoas a fortalecerem seus sistemas imunológicos cuidando da alimentação, e outros aspectos. Essa atitude previne várias outras enfermidades.

    Ora, onde está pois a humanidade em repetir como um mantra que é bom isolarmo-nos do nosso igual ? Não se está aqui a negar que devemos ter precauções contra a enfermidade do Corona que tem um índice de mortalidade muitíssimo menor que várias outras doenças que acometem nosso país, basta consultar os dados disponibilizados pelo Ministério da Saúde. Nunca mobilizou-se tanto por conta de outras tantas doenças que a tempo matam com um índice imensamente maior os cidadãos do nosso país. Ficou evidente que um isolamento vertical já estaria de bom tamanho para o nosso país.

    O que vimos foram praticamente todos políticos revelarem-se pra aqueles cidadãos que ainda não conseguiram ver, mas agora conseguem, que a eles somente interessa o poder e a politicagem. Eles realmente não estão preocupados com o rombo que virá aos cofres públicos e que direitos sejam mutilados, tampouco mostram preocupação com a pobreza e miséria dos estados da federação e cidades que são responsáveis, pois quanto mais dependentes deles o povo, mais os tem em suas mãos.

    Fossem realmente portadores de valores morais e cristãos muitos responsáveis por secretarias de Saúde municipais e estaduais deveriam renunciar ante a inversão da posição de responsabilidade que ocupavam para a de irresponsabilidade que tomaram.Vários prefeitos de forma absolutamente infeliz passaram a conduzir-se como o Grande Irmão do clássico livro intitulado “1984” de George Orwell.

    Para exemplificar o que falo sugiro que assistam as lives de abril de 2020 do prefeito de minha cidade, Ponta Grossa PR . A Associação Comercial daqui do Paraná na segunda semana de abril de 2020, ciente do quadro social muito ruim que deveremos enfrentar, teve uma ação digna de louvor. Incentivou a abertura com prudência do nosso comercio. Mas tendo um MP onde no decorrer da História recente naturalmente uma esquerdização foi prevalecendo entre a grandiosa maioria de seus integrantes, e creio eu que eles mesmo nem tem consciência de tal condição, o MP age contra valores cristãos e familiares.

    Assim, a instituição foi frontalmente contra esta bela iniciativa para que a vida das pessoas no Paraná pudesse começar a voltar ao normal e infelizmente a ACP recuou. Precisamos de mais iniciativas como esta relatada.

    Enquanto sociedade civil organizada, mas acima de tudo como irmãos comuns em Deus Nosso Senhor, nós temos o poder de nos erguer e não nos dobrarmos diante dos falsos moralistas que ocupam a condição de líderes dos Estados da federação e do próprio Brasil. Nossa nação não pode parar.

    Que Deus abençoe todos nós cidadãos do Brasil pois necessitamos urgentemente duma presença maior Dele em nossas casas e em nossas vidas.

    Obrigado por sua atenção,

    Alan Oliszeski

Deixe uma resposta