NOSSO AMIGUINHO: INAD representa contra Dória por crimes contra a humanidade, a segurança nacional, o sistema financeiro e o mercado de capitais

O Instituto Nacional de Advocacia (INAD) acaba de protocolizar na Procuradoria da República, representação contra o governador de São Paulo, João Dória, a fim de que investigue eventuais irregularidades na formalização do acordo de colaboração do Estado de São Paulo com a empresa chinesa Sinovac Biothec.

Na quinta-feira (11) o governador declarou que a parceria com o “gigante chinês” teria sido formalizada em agosto de 2019, poucos meses antes do surgimento da pandemia.

Dória precisa explicar como assinou o tal acordo antes do surgimento da pandemia.

Que tipo de informação privilegiada o governador detinha e, pelo visto, omitiu da população?

Além disso, vale lembrar que mesmo com essa eventual ‘informação privilegiada’, possivelmente omitida criminosamente, Dória permitiu e incentivou a realização do carnaval em São Paulo.

Na representação, O INAD pede a instauração de inquérito contra João Dória para apuração dos fatos e possível prática de crimes contra a humanidade e contra a segurança nacional e ainda contra o sistema financeiro e o mercado de capitais.

Vale lembrar que, João Dória é amiguinho de longa data da Igreja Adventista do Sétimo Dia, que o apoiou em sua campanha para governador, tendo desenvolvido várias parcerias com ele na área social.

Neste link, veja o inteiro teor da representação e o vídeo em que Dória faz a revelação fatídica.

Deixe uma resposta