#EaíMichelson? Por que Deus protegeu a ex-casa de EGW e não poupou a Amazônia e o Pantanal?

A máquina de criação de mitos adventistas está a todo vapor!

O assunto: a suposta proteção miraculosa da casa de Ellen White em Elmshaven, California dos fogos que consomem a região. Parece que querem de todas as formas canonizar Ellen White. Falta pouco para começarem a organizar procissões a Elmshaven em busca de milagres. Inclusive, correm lendas por lá de que um anjo ainda visita o quarto de Ellen White à noite, quando se pode ver um clarão de luz lá.

Eu estive em Elmshaven duas vezes porque tinha familiares que moravam perto. Foi interessante, mas é um museu e Ellen White não mora mais lá; a maioria dos móveis não são originais. Sugerir que Deus protegeu um museu só porque Ellen White morou lá, mas deixou a escola adventista ao lado queimar, bem como as casas de milhares de seus filhos ser destruídas é um pobre barateamento da graça divina.

Antes de celebrar o suposto “milagre”, pense nas pessoas que perderam tudo. Se Deus micro-gerencia até a direção de um incêndio para salvar um museu, por que não o fez por outros? O fato é que Deus não está interessado em prédios históricos, mas sim em salvar pessoas.

Cuidado com o que você atribui à predileção divina.

POr André Reis em: https://www.facebook.com/photo?fbid=10224391257437971&set=gm.3619845828049736

2 comentários em “#EaíMichelson? Por que Deus protegeu a ex-casa de EGW e não poupou a Amazônia e o Pantanal?”

  1. Você se contradiz. DEUS é DEUS. Como pode justamente apenas o ‘Museu’ de Ellen G. White ter sido salvo do fogo? Justamente foi DEUS qu em deve ter salvo o local. Por qual propósito? Boa pergunta. Só no Céu saberemos. Mas uma coisa é certa, DEUS jamais aceita que diminuam a importância do Espírito DELE, e diminuir Ellen G. White é diminuir a ação de DEUS através de Ellen G. White.
    Eu creio que DEUS salvou a casa mesmodd dela sim, afinal, se DEUS percebesse que a IASD de fato estaria endeusando Ellen G. White entã salvo a casa de o DEUS já teria destruído esse ‘Museu’ de Ellen G. White muito antes ou mesmo agora. Mas isso não ocorreu. Pelo contrário.

    Eu suponho que DEUS tenha salv mas deixou o a casa (Museu) de Ellen G. White de propósito para chamar a atenção dos membros da IASD justamente para isso…
    Por quê e para quê DEUS salvou uma casa de uma querida (mas já falecida) irmã (que é a Ellen G. White), mas não salvou o resto da vizinhança nem a instituição educacional da igreja?

    Os Livros de Ellen G. White tem um propósito: esmiuçar a Bíblia Sagrada, servindo como um GPS , GLOSSÁRIO e até como intérprete e como comentário Bíblico.

    Os ADVENTISTAS DO SÉTIMO DIA foram formados por pessoas que aceitaram e acataram as visões de Ellen G. White e sempre foi proibido admitir novos membros que discordassem de q ue o Dom Profético de DEUS estava sobre a humilde mulher Ellen G. White. Por isso apoio a ideia de jamais serem aceitos novos membros na IASD (e até excluir os já membros da IASD) que se opõem e/ou negligenciam que deve sim ser dada a devida importância aos Escritos de Ellen G. White, afinal, o mesmo Espírito de DEUS que inspirou a Bíblia Sagrada foi quem também inspirou/mostrou visões a Ellen G. White.

    Mais do que isso. Ellen G. White foi propositalmente usada por DEUS para formar as crenças, regras e Doutrinas da recém fundada Igreja Adventista do Sétimo Dia, então, obviamente, quem se opõe a qualquer coisa que Ellen G. White escrev eu estará se opondo também contra o Espírito de DEUS, que a instruiu, inspirou, que a usou para a função de moldar a Igreja Adventista do Sétimo Dia. Consequentemente uma pessoa que se opõe a qualquer coisa que Ellen G. White escreveu então também estará se opondo as crenças da Igreja Adventista do Sétimo Dia e por isso jamais deveria ser aceita esse tipo de pessoa como membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Falo isso tanto para os futuros novos membros quanto para os que já são membros atualmente.

    Adventistas do Sétimo Dia morrendo de infarto, derrame, câncer… Isso é uma ver gonha!
    Um povo que deveria ser SEPARADO DO MUNDO, SANTO, IRREPREENSÍVEL, DISCÍPULOS DO MODELO SUPREMO JESUS CRISTO, mas rejeitam justamente os Conselhos de DEUS sobre: DE QUE M ANEIRA DEVEMOS AGIR DE MANEIRA GERAL E EM CERTAS SITUAÇÕES E OCASIÕES, O QUE DEVEMOS COMER DE ALIMENTO REALMENTE SAUDÁVEL E COMO COMBINAR ESSES ALIMENTOS E QUAIS ALIMENTOS SÃO DE FATO SAUDÁVEIS E OS HORÁRIOS E QUANTIDADES DE VEZES QUE DEVEMOS CONSUMIR, VESTIMENTAS, ESTILO DE INSTRUMENTALIZAÇÃO DOS HINOS DA IASD QUE DEVERIAM SER SEMPRE SACROS NO MESMO ESTILO OS HINOS DO HASD (Hinário Adventista do Sétimo Dia)… enfim

    Tudo porque OU NÃO ACEITAM OU NÃO DÃO O DEVIDO VALOR AOS ESCRITOS DE ELLEN G. WHITE, OU SIMPLESMENTE POR SEREM RELAXADOS/PREGUIÇOSOS)FALTA DE FORÇA DE VONTADE PARA MUDAR SUA FORMA DE AGIR.

    A humilde vontade sincera de sempre obedecer a DEUS de Ellen G. White pode ter sido o motivo de DEUS ter salvo a casa dela na qual ninguém mora, talvez para chamar a atenção dos membros da igreja que são, a grande maioria, um bando de MORNOS (HIPÓCRITAS = Adventistas NO SÉTIMO DIA em vez de serem Adventistas DO SÉTIMO DIA).

    Talvez DEUS tenha agido assim pra dizer: Ellen G. White era realmente alguém que servia a DEUS por amor, enquanto os Adventistas do Sétimo Dia atualmente estão muito relaxados em tudo, e essa diferença pode ser tão grande a ponto de mesmo depois de falecida Ellen G. White ainda merecer o favor (bençãos) de DEUS de preservar sua casa, mesmo sem que ninguém viva lá, enquanto a casa e a instituição educacional da IASD que são frequentados por seres humanos VIVOS não merecem a mesma benção, provavelmente por serem pessoas que não são tão sinceras quanto Ellen G. White no temor a DEUS (amor, respeito e obediência a DEUS).

    A pergunta é: que outro Adventista do Sétimo Dia no planeta Terra é ou com toda a sinceridade e real força de vontade é tão certinho quanto Ellen G. White a ponto de merecer que DEUS proteja sua casa mesmo depois dessa pessoa já estar falecida igual Ellen G. White? Me entende?

    A questão não é venerar Ellen G. White, isso nunca ocorreu. A questão é que ela é um ser humano que seguiu Jesus Cristo com muito êxito e provou ser possível de que nos possamos agir como um povo que é SEPARADO POR DEUS, UM POVO DIFERENTE DO MUNDO.

    Se quando te vêem na rua nem suspeitam que você é Adventista do Sétimo Dia já é sinal que você é um escarnecedor que está manchando a imagem da Instituição, que, em tese e na vida real tem o dever de ser ‘santa’ = certa, correta, irrepreensível, modelo.

    Afinal nós somos a Sétima Igreja do Apocalipse e DEUS usará a Grande Sacudidura para expulsar os que continuarem mornos, e assim, antes da Porta da Graça se fechar, as pessoas de todas as religiões no Mundo todo, especialmente os Judeus Ortodoxos e os Judeus Messiânicos se tornarão membros da Instituição IGREJA ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA.

    Por isso, em vez de falarem contra Ellen G. White, falem a favor, pois falar contra ela é o mesmo que falar e/ou rejeitar o Espírito de DEUS que concedeu o Dom da Profecia a essa humilde serva que, de fato, nunca reivindicou um status especial dela mesma nem dos seus escritos, embora ambos tenham valor por serem inspirados pelo mesmo Espírito de DEUS!

    Jamais achem que estou endeusando Ellen G. White, pelo contrário, estou apenas dizendo que deveríamos comparar nossa vida, atitudes e ações com as dela pra ver o quão perto ou o quão longe estamos de DEUS a ponto de merecer que uma casa em que tenhamos morado seja preservada mesmo depois que (hipotéticamente) estivéssemos falecidos.

    VAMOS NOS AMAR, VAMOS RESPEITAR. OLHAR O MELHOR DE CADA UM. SOU SEU IRMÃO, EU ME COLOCO EM SEU LUGAR.

  2. Porém ele lhe disse: Como fala qualquer doida, falas tu; receberemos o bem de Deus, e não receberíamos o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios. Jó 2:10
    Então, Jó, aquele que era fiel, também acreditava que o mal que ele estava sofrendo era proveniente de Deus.
    Assim, o ser humano tem a mania de supor que tudo é proveniente de Deus.
    E, a prosperidade dos ímpios, também é proveniente de Deus?
    O rei Davi, comparou os seus apuros com a prosperidade dos ímpios, e também pensou que Deus fosse o responsável por essas situações.
    Assim é o pensamento humano.

Deixe uma resposta