Dr. Jim Meehan condena máscaras, álcool em gel e distanciamento

Dr. Jim Meehan: “Máscaras de algodão podem estar aumentando a aerossolização do vírus Sars-Cov-2 no meio-ambiente, causando uma transmissão maior da doença.”

Por: FOX23 News

JENKS, Oklahoma – Um grupo está processando o prefeito de Tulsa G.T. Bynum e o Diretor Executivo do Departamento de Saúde de Tulsa, Bruce Dart, dizendo que a obrigatoriedade de máscaras na cidade é prejudicial às pessoas saudáveis.

O optometrista Robert Zoellner, Clay Clark, Dr. James Meehan, MD, e outros proprietários de negócios baseados em Tulsa estão pedindo à cidade que revogue imediatamente a obrigatoriedade da máscara que foi aprovada pelo conselho municipal no mês passado.

O grupo alega que o uso de máscaras está fazendo com que pessoas saudáveis ​​adoeçam enquanto tenta prevenir a propagação de uma doença que não é uma ameaça mortal para as crianças e grande parte do público.

“No site da OSHA, afirma-se que os empregadores não devem fazer os funcionários trabalharem em um ambiente onde eles tenham menos de 19,5% do nível de oxigênio”, disse Clayton Clark, um dos demandantes. “E as máscaras obrigatórias fazem com que os funcionários caiam abaixo de um nível de oxigênio de 19,5 por cento dentro de 10 segundos de uso da máscara, então não quero deixar meus funcionários saudáveis ​​doentes.”

Confira Jim Meehan, MD (@DocMeehan):

Deixe uma resposta