Quem é o Pai do Filho de Deus?

O que significa a palavra “Deus” para você? Poderia alguém dizer que essa palavra “DEUS” é um nome próprio de alguém? Não, as escrituras deixam claro que não é o nome de alguém, concordam? Mas alguns poderiam pensar que sim. Alguém poderia então dizer que essa palavra representa um CARGO ou FUNÇÃO como a palavra Rei, presidente, governador, prefeito, etc. Novamente alguns concordariam, outros não.

Surge então agora outra pergunta: Se a palavra “Deus” representa um CARGO, quem é que pode se eleger para ocupá-lo? Quais seriam os requisitos do postulante a ele? Alguém poderia sugerir: “Para ocupá-lo, o postulante precisa ser uma divindade suprema…”

Temos então outra pergunta: O que é uma divindade suprema? Então outro diria: “Um Verdadeiro Ser Divino é aquele que é onipotente, onisciente e onipresente, que veio do infinito no passado, sem que jamais tenha conhecido nascimento e vai para o infinito no futuro, sem conhecer a morte, sendo capaz de tudo e qualquer coisa e sem ele, nada do que existe se fez. É amor vivo.”

E todos parecem concordar com as idéias geradas na mente de cada um dos homens. Mas alguém mais diz: “O postulante a esse cargo pode ser quem ou o que você quiser em seu coração. Você pode eleger um ou mais seres ou coisa para ele. E pode mudá-los à medida em que vai conhecendo seu poderes divinos ou terrenais. Pode ser desde um rato, uma vaca, um homem, um astro ou até que encontre o maior de todos eles.

Conhecem vocês algum outro ser, que não a divindade da Bíblia, que possa preencher essas características para o cargo de Deus?

A partir de agora, não façamos mais confusão entre Deus e Divindade. São duas coisas diferentes. Ôpa, espera lá! Alguém mais pode sugerir uma outra idéia: “A divindade pode gerar para si um filho de si mesma, tão divino quanto ela mesma e ser também uma divindade.”

E agora, o que fazer? Já são pelo menos duas divindades! O que fazer agora? Criaremos outro cargo, admitiremos mais um Deus, ou faremos uma adaptação no mandamento que ordena que tenhamos um único Deus?

Feita essa introdução, vamos agora nos aproximar um pouco mais do tema proposto no título deste artigo.

Caso 1

Ao analisar a hipótese de alguns crentes cristãos, de que só há um único Deus (YAHUH), o Pai, e que através de seu próprio e poderoso espírito (o ruach), mesmo que sentado em seu trono de majestade nos céus, faz com Maria fique literalmente grávida de Jesus (Yahshua) mesmo não estando fisicamente presente, nas passagens bíblicas de Mateus 1:18 e Lucas 1:35 em que o anjo diz a Maria que ela ficaria grávida pelo espírito santo (ruach), temos que:.

Conclusão:

Jesus (Yahshua) é fisicamente filho de Maria e é filho do Pai, já que ficou concebida pelo espírito (ruach) do próprio Deus mesmo estando sentado em seu trono, lá no céus.

Acredito que até aqui todos concordam, certo?

Caso 2

Suponhamos a hipótese da existência da trindade, como entendem também outros crentes cristãos, em que deus é o pai, deus é o filho e deus é o espírito santo, três pessoas, separadas mas um só deus. Ao voltarmos as mesmas passagens bíblicas de Mateus 1:18 e Lucas 1:35, Maria foi engravidada pela terceira pessoa da trindade, o espírito santo, certo?

Conclusão:

Se o espírito é uma pessoa diferente da do pai, ENTÃO, Jesus não é filho do pai, já que Maria ficou grávida de outra pessoa, a terceira pessoa, que não é o Pai, certo? ERRADO!!! A primeira hipótese é a única verdadeira.

Meus amigos e irmãos, existe apenas um único ser caído que nega que Yahshua não é o filho legitimo do Pai (Yahuh), e esse é o inimigo das almas, conhecido biblicamente por satanás e seus seguidores demônios e homens. E na sua corrompida doutrina trinitariana, ele deixa isso bem claro. Na sua louca teoria!

Se você não engravidou sua mulher, então você não é o pai de seu filho, e isso torna essa criatura um bastardo. E é isso que o inimigo de almas vem fazendo há quase dois mil anos, meus irmãos.

A doutrina da trindade é a do anti-cristo e satanás, o único a levantar a suspeita de que Jesus (Yahshua) não é o filho do Pai ao desafiar o mesmo Jesus: “Se és o filho de deus, manda que essas pedras se transformem em pães.” (Mat.4:3)

Minutos depois ele diz: “Se és o filho de deus, lança-te daqui para baixo, pois está escrito: aos meus anjos darei ordens a teu respeito, e eles te tomarão nas mãos para que não tropeces em pedra.” (Mat.4:6)

Como podem ver, caríssimos irmãos, ele, o maldito, não só lança duvidas da paternidade do Pai, como também se mostra profundo conhecedor da palavra. Com toda a certeza, ele sabe até onde se colocam as virgulas nela. Conhece até os mandamentos do Deus (YAHUH), Pai de Jesus, mas jamais irá cumpri-los.

Pelo engano da doutrina da trindade, ele não somente nega a paternidade do Pai (YAHUH) como também faz com que milhões de cristãos,jamais se acheguem ao Filho (Yahshua) do único Deus verdadeiro e peçam perdão de tamanha afronta e pecado a Deus, não só ao quebrar o 1º e maior de todos os mandamentos, mas também o 2º:

1. NÃO TERÁS OUTROS DEUSES DIANTE DE MIM
2. NÃO FARÁS PARA TI IMAGEM DE ESCULTURA, NEM SEMELHANÇA ALGUMA DO QUE HÁ EM CIMA DOS CEUS, NEM EMBAIXO DA TERRA, NEM NAS ÁGUAS DEBAIXO DA TERRA. NÃO TE CURVARÁS A ELAS, NEM AS SERVIRÁS,… MAS FACO MISERICÓRDIA ATE MIL GERAÇÕES DAQUELES QUE ME AMAM E GUARDAM OS MEUS MANDAMENTOS(Exo.20:3-6)

Espero meus irmãos, ter interpretado bem os textos acima e principalmente, ter colocado as virgulas nos seus devidos lugares. Com essa interpretação acima podemos dizer finalmente que mais uma profecia se cumpre diante de nossos olhos, que é:

Um terceiro anjo os seguiu, dizendo em alta voz: Se alguém adorar a besta e a sua imagem e receber a sua marca na testa ou na mão, também beberá do vinho do furor de Deus que foi derramado sem mistura no cálice da sua ira. Será ainda atormentado com enxofre ardente na presença dos santos anjos e do Cordeiro, e a fumaça do tormento de tais pessoas sobe para todo o sempre. Para todos os que adoram a besta e a sua imagem, e para quem recebe a marca do seu nome, não há descanso, dia e noite (Apo.14:9-11).

Concluindo, deixo este verso, que fala por si só, sem que nos exija nenhuma grande interpretação teológica ou analítica: “Aqui está a perseverança dos santos que obedecem aos mandamentos de Deus (YAHU) e permanecem fiéis a Jesus (YAHUshua). (Apoc.14:12)}.

De quem são os mandamentos segundo o texto? YAHUH. E a fé é em quem segundo o texto? YAHUSHUA (tradução: YAHUH salva).

Satanás penetra também nas instituições religiosas, muda o Ser supremo a ser adorado e ainda exige a sua própria adoração pelo crente sob pena de exclusão da comunidade que atende pelo nome de cristã. Os adoradores do único Deus verdadeiro são chamados de hereges, embora originalmente a palavra herege se referisse exclusivamente a aqueles que negam que Jesus seja o filho do Pai, como fazem os trinitarianos.

Que o único e verdadeiro Deus de Abraão, Isaque e Jacó se faça conhecido a seus escolhidos, e que Ele os fortaleça no seu poderoso espírito (ruach) e se faca conhecer por seu poderoso NOME (YAHUH), em o nome de seu Filho Yahshua (Yahuh salva, literalmente). Amém. — Luís A. Guimarães

15 thoughts on “Quem é o Pai do Filho de Deus?

  1. Poderia existir o Filho de Deus sem ter existido Deus primeiro? Entao porque dizem os triteistas que sao co-eternos, isto e, que existiram em simultaneo,tanto o Pai como o Filho e o Espirito Santo? Dessa maneira colocam mais Deuses sobre o trono acima onde deveria estar o Pai cobrindo Seu Filho com a Sua Gloria. Como nao lugar para Deuses no ceu acima. Materias de 1888, pag.1634 Ellen G. White. Desse jeito destroem a soberania do Pai e colocam um falso Deus sobre o trono e adoram ( o ruach de Deus) que nao tem corpo, imaterial, incorporeo, intangivel, impessoal -porque um espirito nao tem carne, nem ossos, mas e parte integrante do ser divino o seu Possuidor, como tambem do ser humano e, por isso, nao tem rosto, nem trono e nao tem nome proprio. Deus o Pai tem nome proprio, O Filho de Deus tem seu nome proprio, mas o espirito nao e nome proprio e comum a todos seres vivos. Que os adoradores de tres Deuses entendam essa verdade e parem com a idolatria. A IASD esta dando as maos ao ecumenismo e ao catolicismo sem que milhares de seus membros dao conta porque colocaram pastores e homens no lugar de Cristo. Triste situacao, ver a igreja cheia de idolatria, retrocedendo e esperando a promessa da chuva serodia que nunca chegara- diz a serva de Deus. Acordai, irmaos e pesquisai por vos mesmos, seja o vosso cerebro e nao deixeis alguem como vosso cerebro!

  2. Para que todos sejam um, como tu,ó pai,o es em mim,e eu em ti;que tambem eles sejam um em nós,para q o mundo creia q tu me enviaste.Jo:17:21
    …………………Para q sejam um como nos somos um.Jo:17:22
    aquele que não aceita o filho não tem a vida eterna,salvação só em Jesus.Porque é tão dificil para vc aceitar o q a biblia diz.Eu os batizo em nome do Pai,do Filho e do Espirito Santo(PORQUE Joao Batista,usava os tres.A unidade é algo maior que a nossa mente limitada.

    1. Gerly,
      Sua citação de Mateus 28:19, que provavelmente lhe seja motivo de crença em uma tríade de divindades, essa fórmula litúrgica foi uma inserção posterior, não existente no original.
      Veja numa Bíblia de Jerusalém, edição católica, que existe uma observação de que tal liturgia foi de inclusão posterior, e nunca foi obedecida tal ordem, uma vez que ela nunca existiu.
      Os apóstolos não eram nem relapsos, nem desobedientes, então veja como era o batismo:
      E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo… Atos 2:38
      Porque sobre nenhum deles tinha ainda descido; mas somente eram batizados em nome do Senhor Jesus. Atos 8:16
      E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus. Atos 19:5
      Mandou, pois, que fossem batizados em nome de Jesus Cristo. Atos 10:48
      Veja também que, nem João, nem os demais nunca ouviram falar em nenhum terceiro:
      …sim, o que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que vós também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo.
      1 João 1:3

  3. ora pois pois,diria um amigo ,muito boa essa pergunta e elucidadora tambem. sinto confortado por tao rico questionamento. Partindo da premissa equivoca de uma suposta trindade santa , aceitando assim que nesta ha um so pai e tendo pelas escrituras que a consepcao de maria se deu pelo espirito santo /e ha um so pai / logo o espirito em questao e a manifestacao do pai e nao outro afinal o filho e gerado do ,,, ou nao seria pai e deus nao e padrasto os puros e infantis sabem instintivamente-Deus e pai ,jesus cristo meu suficiente salvador e o legitimo e digno filho de DEUS

  4. O Messias, cujo nome pleno é Yehoshúa, pelas profecias, é descendente do rei David, veja Isaias 11, o pai dele foi José e sua mãe foi Mirian (Maria). Ele é 100% homem. Isaias 7:14 é falso, mudaram a palavra
    mulher jovem por virgem. Esta estória de que o deus espirito santo engravidou Maria foi acrescentado por Jeronimo á mando do papa para dizer que o messias é de origem divina.

    1. Nunca tinha ouvido uma besteira tão grande como essa, porém como todos são livres para expressar as suas opiniões, fantasias e imaginação está mais uma dessas, tenho certeza que essa pessoa precisa fazer algo para ocupar o seu tempo livre, pois como diz o ditado mente vazia é ofina de satanáz.

    2. Nosso conhecimento do mundo sere1 semrpe limitado (…) temos apenas uma descrie7e3o cada vez mais precisa da realidade em que vivemos Por esta frase posso imaginar que existe um absoluto , que podemos chamar de conhecimento universal / cf3smico / absoluto, etc e nosso conhecimento que vem se aproximando deste, sere1 que este lugar (nedvel de conhecimento )e9 o paraedso? Por enquanto a mete1fora do aque1rio vem nos auxiliando a compreender a lf3gica social.Felicidades,Formanski

  5. só pra agradecer a DEUS por um texto muito esclarecedor,louvado seja o senhor por isso,q DEUS continue abençoando irmãos como vc,que todos q estão em duvida sobre o assunto possam ler esse texto,um abraço a todos.

  6. Ótimo artigo e argumento simples de entender.
    Fico feliz de saber que muitos adventistas estão retornando a adoração do único Deus e Pai do Messias. Que o espírito do Pai em sua transcendência, possa absorver igualmente outros para convergirem a esta mesma e unica verdade.

  7. Oi novamente aqui, mas breve logo voltarei a me dedicar a outra coisa, mas já agradecendo o material psicológico que pude adquirir com os participantes deste site. Sobre o tema. Vamos analisar, o sistema Filho de Deus. Primeiro temos que na genealogia temos Luk 3:38 Cainã de Enos, Enos de Sete, Sete de Adão, e Adão de Deus. Agora devemos entender, Deus o Pai, o YHWH, veio a terra e formou Adão, e soprou em suas narinas e ele se tornou alma vivente? Ou Jesus veio a terra soprou em suas narinas e ele se tornou alma vivente? Para que a ideologia de que o Espírito Santo não esteja entre a ação. Devemos determinar que Cristo não estava no caso de Adão. Portanto quem fez o boneco de barro, Jesus ou o Pai? Em média os Adventistas determinam que Jesus formou o boneco de barro e soprou em suas narinas, pois a vida que temos é a de Cristo. Mas como “Adão de Deus”, então teria que ser diretamente. Mas ai ficaria a dúvida, a vida que esta em nós (fôlego de vida), foi soprado por Cristo ou por Deus diretamente (olha estou pensando que a maioria daqui considera YHWH Deus, e Jesus apenas o Senhor? Se estamos considerando Jesus como Deus, ignorem o que estou falando). Ou Jesus estava entre YHWH e assim era considerado como o próprio YHWH?

    Resposta do Editor: Foi através de Jesus que todas as coisas foram feitas por Deus, inclusive o ser humano. O sopro de vida nas narinas do boneco de barro, veio do Pai através de Cristo, Seu Filho.

  8. Estimado irmão Luís A. Guimarães,
    Apenas um adendo: Deus, o Pai, (יהוה, para os que quizerem um nome conforme o que os Hebreus designaram) não precisaria de Maria para introduzir neste mundo, seu Filho Unigênito, assim como não precisou de mulher para que Adão viesse à existência, nem para a existência de Eva; não obstante tenha se utilizado de matéria pré existente, não precisaria, pois todas as coisas vieram apenas por sua palavra (pensamento, intenção), e sendo ONIPOTENTE, poderia e pode apenas querer e tudo acontece!

    1. O artigo apresenta, creio eu, aquilo que a Bíblia ensina muito claramente: há um único Deus, o Pai, e este gerou um Filho de Si e para Si. A melhor definição para entendermos como pode existir duas divindades e ainda assim um único Deus é, justamente, de que ‘Deus’ é uma POSIÇÃO ou CARGO (assim como REI ou PRESIDENTE), ocupado apenas pela pessoa do Pai. Isso não tira nem 0,0000…1% da divindade de Cristo. Infelizmente, não sei se por falta de conhecimento ou por má fé, os trinitarianos não conseguem entender essa simples definição, e acusam os não trinitarianos de crerem em dois Deuses, sendo um Deus “pleno” e outro semi-Deus ou Deus de segunda categoria (Jesus).
      Mas aí vemos a incoerência deles: na trindade, cada pessoa, individualmente, é plenamente Deus, mas dizem que não são 3 Deuses, mas 1 apenas. Aí gostam daqueles exemplos que, ao contrário do que pensam, não ajuda em nada, como a empresa com 3 presidentes, sendo que cada 1 é totalmente responsável pela empresa. Ora, eles mesmo dizem que são 3 presidentes.
      Há dois seres divinos na Bíblia, mas apenas um ocupa o cargo supremo de ser Deus, o Pai.

    2. O senhor está certíssimo ir. João Maria. Bastava Deus (YAHUH) proclamar e assim seria feito, pois Ele é o Deus supremo e todo poderoso.
      Porém, Ele fez como descrito no artigo, exatamente como mostra a Palavra, para que todos soubessem que Ele é o único Deus verdadeiro e que prevê tudo antes mesmo de aconter.
      “ Então, o Senhor Deus declarou à ser¬pente: Uma vez que você fez isso, maldita é você entre todos os rebanhos domésticos e entre todos os animais selvagens! Sobre o seu ventre você rastejará, e pó comerá todos os dias da sua vida. Porei inimizade entre você e a mulher, entre a sua descendência e o ’’DESCENDENTE’’ (YAHUshua) dela; este lhe ferirá a cabeça, e você lhe ferirá o calcanhar’’ (Gen.3:14e15).
      ‘’ A Palavra se tornou um ser humano e morou entre nós, cheia de amor e de verdade. E nós vimos a revelação da SUA NATUREZA DIVINA, NATUREZA QUE ELE RECEBEU COMO FILHO ÚNICO DO PAI’’ (Jo.1:140).
      …O sumo sacerdote lhe disse: “Exijo que você jure pelo Deus vivo: se você é o Cristo, o Filho de Deus, diga-nos”. “TU MESMO O DISSESTE”, respondeu Jesus. “Mas eu digo a todos vós: Chegará o dia em que vereis o Filho do homem assentado à direita do Poderoso e vindo sobre as nuvens do céu” (Mat.26:63-64).
      ‘’Cuidem de vocês mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo os colocou como bispos, para pastorearem a igreja de DEUS, que ele COMPROU COM O SEU PRÓPRIO SANGUE’’(Atos 20:28).
      Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne, quanto mais o SANGUE DE CRISTO, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?(Heb.9”13-14).
      Se, porém, andarmos na luz, como ele (YAHUH) está na luz, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado (I Jo1:7).
      Mas agora, em Cristo Jesus, vocês, que antes estavam longe, foram aproximados mediante o sangue de Cristo(Efe.2:13).
      E o maior de todos:
      Porque Deus tanto amou o mundo que deu o SEU Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna (Jo3:16).
      Por essas profecias ele disse exatamente como ele faria a restauração de tudo que havia criado, e esse ‘’’’DESCENDENTE’’, nascido de mulher, que é o Seu maravilhoso filho, predito por Ele, desde o pecado do homem, é justamente aquele que pisou a cabeça da serpente 4 mil anos depois.
      O sangue de Deus não foi o sangue celestial e sim terrenal, do descendente da mulher como predito no exato momento em que o sangue do pecado ainda se encontrava quente nas veias daqueles que acabaram de cometê-lo.
      Lógico Ele providenciou não só o descendente, como também colocou nele SEU próprio sangue.
      E como o senhor mesmo disse ir. João Maria, Ele não veio pessoalmente, mas em palavra, verbo, espírito, enfim RUACH.
      O Deus Eterno não precisa de ninguém ou nenhum ’’outro’’ para realizar seus feitos divinos e maravilhosos. Ele nunca vem PESSOALMENTE, mas em espírito(ruach)
      Que plano incrível esse, heim?
      Existem muitos dentre nós que tem dificuldades até hoje de entender quão simples, mas ao mesmo tempo quão sublime, é esse ’’Plano de Salvação’, não é mesmo?
      E que Ele YAHUH abençoe a todos que o queiram servir, para toda eternidade, em SEU filho Jesus (YAHUshua), amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *