Ex-pastor Robespierre usou hebraico para defender Trindade e descamba para defesa da poligamia

Para tristeza daqueles que o ouviram com atenção enquanto pregava as verdades bíblicas das três mensagens angélicas, queda de babilônia e iminente retorno de Cristo, lamentamos informar que o pregador Robespierre Cardoso da Cunha (não confundi-lo com o ex-redator da Casa Publicadora Brasileira, Ermelino Robson L. Ramos) há vários anos deixou de representar e de manter qualquer ligação com o movimento de leigos adventistas anti-trinitarianos, por sua teimosa defesa da crença na Trindade. E para nosso maior espanto, vemos que descendeu ainda mais em sua compreensão da Bíblia, depois de tentar traduzi-la por conta própria e interpretá-la a seu bel prazer, a ponto de supor porções masculina e feminina em Deus e incentivar a poligamia com base no seu próprio “hebraico”.

9 thoughts on “Ex-pastor Robespierre usou hebraico para defender Trindade e descamba para defesa da poligamia

  1. Eu creio que Jesus é o rei dos reis eu estava entrevando sobre uma cadeira de roda e Jesus me libertou graças a Deus esse robespierre é um falso profeta mentiroso

  2. Ô como é lamentável ver pessoas que deveriam ter fé firme vacilarem em assuntos tão simples. Vocês precisam ter fé inabalável naquilo que crêem. Como pois defenderão a verdade perante os tribunais? Todos nós temos livre arbítrio e cremos no que quisermos, O Deus Criador não nos tira o LIVRE ARBÍTRIO. Aquele ser humano que tiver fé verdadeira vencerá. Tenham fé e paciência, nem todos verão a glória.

  3. O papel do cristão é levar o evangelho aos pobres espiritualmente. Quando Jesus voltar, ele pedirá conta de cada segundo gasto em acusações e vãs debates supostamente feitos em Seu nome.

  4. O pior é que ele tem muitíssimos seguidores nesse país, dá pena de ver. tenho um amigo que tá pra enlouquecer. Para ele o Robis é autoridade máxima e a palavra fina em assuntos bibicos e judaicos. É um perigo!!!

  5. Esse é o perigo de se ir “além do que está escrito”, como o pastor Jairo falou. Lamentável, mas infelizmente é o que vemos as pessoas de um modo geral fazerem com a bíblia, deixando ela bem conveniente a si mesmas. Uma coisa é certa, um texto tão antigo assim PODE SIM ter falhas de tradução, concordância e até adulteração. O que acho que tem que valer é a harmonia como um todo. Não é a toa que em Apoc 22:-1819 diz que qualquer um que tirar ou acrescentar palavras no Santo livro, terá sua recompensa equivalente, e qualquer conhecedor da bíblia sabe que ela não acrescenta informação desnecessária, logo acredito que se isso foi escrito, não foi apenas um “alerta” pra assustar desavisados, e sim porque Deus já sabia que isso iria acontecer, e deixou como alerta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *