Generais dão aval a Bolsonaro para agir como “Chefe Supremo das Forças Armadas”

https://www.youtube.com/watch?v=zx_8N4-2ACs

Generais dão aval a Bolsonaro para agir como “Chefe Supremo das Forças Armadas”

Após reunião com chefes da Marinha, Exército, Aeronáutica, os comandantes deram o aval a Bolsonaro para que ele possa exercer de forma plena sua função de chefe supremo das Forças Armadas. Ontem (24), o general do Exército, Roberto Câmara Senna, fez duras críticas direcionadas ao ministro Alexandre de Moraes, segundo publicação do site Metrópoles.

O general afirmou que Brasil “vive um grave impasse político, em especial com a confirmação de um processo eleitoral ilegal e fraudulento, imposto pelo STF e o TSE”.

Interlocutores das Forças Armadas afirmaram ao Hora Brasília que a fala do General Senna foi um sinal público dos bastidores da caserna reafirmando o compromisso das FFAAs com o presidente da República. Agora só depende da caneta do Presidente da República.

Na terça-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro assinou a mudança em 16 cargos do Exército por meio de um decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU).

Fonte: https://horabrasilia.com.br/generais-dao-aval-a-bolsonaro-chefe-supremo-das-forcas-armadas/

Bolsonaro promove generais do exército e anuncia mudança em 16 cargos na Força

O presidente da República, Jair Bolsonaro, promoveu dez oficiais e anunciou a mudança em 16 cargos do Exército por meio de um decreto publicado na terça-feira (22), no Diário Oficial da União (DOU).

Cerca de quatro generais duas estrelas foram elevados ao posto de três estrelas, enquanto cinco coronéis foram promovidos para General de Brigada.

O general de Divisão Luciano Guilherme Cabral Pinheiro, por exemplo, passa ao posto de General de Exército.

Fonte: https://horabrasilia.com.br/bolsonaro-promove-generais-do-exercito-e-anuncia-mudanca-em-16-cargos-na-forca/

“Ditadura do Judiciário”, diz general sobre decisões de Alexandre de Moraes

Conforme noticiamos, o presidente Jair Bolsonaro esteve em reunião, na manhã desta quinta-feira (24), com o general Braga Netto e comandantes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica. Ao término do encontro, o general do Exército, Roberto Câmara Senna, fez duras críticas direcionadas ao ministro Alexandre de Moraes.

Em um grupo de Whatsapp, o general afirmou que Brasil “vive um grave impasse político, em especial com a confirmação de um processo eleitoral ilegal e fraudulento, imposto pelo STF e o TSE”, segundo publicação do Metrópoles.

“Tudo isso sob a liderança autocrática, arrogante e ilegal do ministro Alexandre de Moraes. Ele implantou a censura no país, reprime as manifestações democráticas e persegue todos aqueles que contestam as eleições”, pontuou Senna.

Fonte: https://horabrasilia.com.br/ditadura-do-judiciario-diz-general-sobre-decisoes-de-alexandre-de-moraes/

5 comentários em “Generais dão aval a Bolsonaro para agir como “Chefe Supremo das Forças Armadas””

  1. Deus está acima de tudo e de todos. e não irá deixar o seu povo que clama o seu nome perecer. Presidente Bolsonaro. confiamos e cremos que Deus é contigo

  2. Queremos um país chamado(Brasil)liberdade constituiçional pois todos estão debaixo da lei.
    Ninguém é maior que nossa constituição.
    Ferir nossa liberdade de culto é pisar no sangue de JESUS.
    Muito cuidado com quem brinca com DEUS.

Deixe um comentário