Deus é um em plural?

Muitos trinitarianos tentam ter um apoio de doutrina baseando-se no livro das gêneses, onde diz: “E disse Deus: Façamos o homem a nossa imagem…” (Gênesis 1:26)

Antes de estudarmos esse verso, devemos nos lembrar que é comum os erros de tradução. No verso, o único erro está na palavra ‘façamos’: Quanto ao tempo verbal correto, a palavra é ‘faremos’, e quanto ao significado, seria ‘modelaremos, ou, formaremos’. Se é claro que quem criou (no singular) o homem, foi Deus, como o próprio verso seguinte (27) declara. O sujeito do ‘faremos, ou modelaremos’ pode ou não, ser Deus. Pois se diz que ele(s) formaram, modelaram, não que criaram.

Deus estava falando sozinho? Com outras pessoas da suposta divindade? Com anjos? Com quem, ou com o que? A resposta está em 1Reis 22:19: “Vi YHWH assentado sobre o seu trono, e todo exército do céu estava junto à Ele, à sua mão direita e à sua esquerda”. Esse ‘direita e esquerda’ quer dizer que têm anjos para conselho, conselheiros que apóiam e os que são contra. Um dos conselheiros, dá um conselho nos versos seguintes, 21 e 22. Confira também, Daniel 4:14, Jó 1:6 e Isaías 45:7.

Nós, humanos, desde sua gênese temos o livre-arbítrio (Gên 1:16-17, 4:7). Agora, já conseguimos entender o verso que queríamos! Deus estava falando com seus conselheiros e anjos! Assim como Deus criou anjos para o bem e outros para o mal (Is 45:7, Núm 22:32) (lembrando que o ‘mal’ criado por Deus, é para o bem de seus escolhidos), o homem foi criado por Deus, e modulado com as duas propriedades de consciência: Maléfica e benéfica, semelhante a côrte celestial.

Infelizmente, muitos tem usado o intuito para o mal, de forma que se desviam ao caminho da impiedade. Deus, apesar de nos ter criado com as duas consciências, não queria que usássemos para a perversidade, para o pecado, para o próprio engano. Deus não queria que conhecessemos a diferença entre o bem e o mal, mas sim, que retivéssemos em equilíbrio, para que o pecado não nos atingisse.

147 thoughts on “Deus é um em plural?

  1. Meu conselho é que todos os antitrinitarianos estudem as escrituras verdadeiramente. Estudar a biblia sagrada apenas com o fim de debater não é saudável. Vejo que esse é o único objetivo desses movimentos dissidentes que lutam contra a igreja Adventista do sétimo dia. Deus é TRIÚNO. Há muitas evidencias para isso. Nós Adventistas do sétimo dia cremos que Deus é UM em natureza, essencia, caráter . porém é TRINO em questao de PERSONALIDADES pois o Pai é Deus, o Filho é Deus e o Espírito Santo é Deus, são tres pessoas, cada ser divino é Deus, são tres pessoas repito, porém um ÚNICO DEUS . DEUS TRINO ÚNICO !. É um mistério, mas é assim que a biblia nos apresenta!.Como eu tenho conciencia de que os dissidentes não entenderam isso eu repito, nosso Deus é TRI ÚNO. Esse é nosso Deus . Ele é Deus em trindade. Ele é trindade. É um mistério, mas é assim que a bíblia nos apresenta. Com isso eu quero dizer também que sei o porque os dissidentes não aceitam essa verdade. Porque verdadeiramente falta humildade para com a biblia sagrada. pois no momento em que a biblia nao se preocupa em explicar a Deus eles estão aí se preocupando em explicar aquilo que a biblia não explica. A igreja Adventista do sétimo dia nunca Trouxe uma teologia pra explicar a Deus e em detalhes,pelo contrario, ela traz uma teologia que apresenta “um” ” Deus em mistério” revelado. . Os homens não entendem nem a seu proprio respeito, vai querer entender a Deus?
    Não se preocupe em entender a Deus, preocupe- se em conhecê-lo, e esse conhecimento só virá quando voces tomerem as escrituras e respeitarem a “revelação” pois se isso acontecer voces serão iluminados e as trevas da ignorancia serão extirpadas pra longe.
    Agora ouçam – existe um pensamento filosófico que diz que ‘ duas idéias divergentes não podem ser verdadeiras ao mesmo tempo’ . Pois é , a igreja Adventista do sétimo dia cre na trindade, os dissidentes não creem . quem está com a verdade?. FINALIZO com o último recado pra voces , Deus o Espírito Santo que é amoroso ainda está tentando trabalhar com voces . e quanto a nós adventistas do sétimo dia que temos a verdade sobre a TRINDADE que envolve a Divindade eterna de JESUS e a divindade e personalidade do ESPÍRITO SANTO e que temos estudado esses assuntos teologicamente e com a assistencia de Ellen White que em 1898 com a publicação do livro Desejado de todas a nações trouxe uma definição especial para esta doutrina – trindade , pois Deus revelou a ela que Cristo é Deus e que o Espírito Santo é Deus e pessoa. Voces acham que os Adventistas do sétimo dia, os que preservam a verdade e tem buscado se aprofundar e amar a teologia bíblica desses assuntos, cavando fundo a mais de Cento e sessenta anos,será que com toda essa bagagem vamos trocar mais de cento e sessenta anos de revelações proféticas e “TEOLOGIA” por alguns miseros anos de HERESIAS ANTITRINITARIANAS ????????????????????????????????

    1. Caro irmão. Não chame de HERESIAS aquilo que nem você conhece. Pelo seu contexto, tem muito blá, blá, blá, e nada, nada mesmo, de conteúdo bíblico. Qual verso você citou para embasar algo? As palavras são suas e da Igreja católica. Se você quer indício histórico, leia o texto do hino 583 e depois pesquise o texto da reza católica “Glória ao Pai” e saberás a quem a IASD serve. Respeitamos seu “querer”, mesmo sem provas bíblicas. Vocês fala com raiva e nós falamos com revolta. A raiva de vocês é porque não há argumentos para para os questionamentos. A nossa revolta é porque não nos querem deixar questionar, nem nos ouvir. Teologia por teologia, surge um monte todo dia. Mas devem ser provadas e não levadas no famoso “GA” (goela abaixo). Já vi muitos pastores terem a coragem de publicar as organizações religiosas não deixam; e para isso só conseguem fora dos seus muros. Espero que considere o que escrevi e embase seus questionamentos.

  2. Jehova le estaba ablando a los ángeles? yo se que los ángeles no pueden crear nada y que ellos no son como nosotros. y crees que solo ese versículo hay para la trinidad ps te equibocas:La Pluralidad de Dios en el Antiguo Testamento
    Gn 1:26: “Entonces dijo Dios: Hagamos al hombre a nuestra imagen, conforme a nuestra semejanza; y señoree en los peces del mar, en las aves de los cielos, en las bestias, en toda la tierra, y en todo animal que se arrastra sobre la tierra.”
    Los ángeles no son creadores.
    No estamos hechos a la imagen de los ángeles.
    No existe ningún lugar en el Antiguo Testamento donde un líder se refiera a sí mismo con el término “nosotros.”
    Gn 3:22: “Y dijo Jehová Dios: He aquí el hombre es como uno de nosotros, sabiendo el bien y el mal; ahora, pues, que no alargue su mano, y tome también del árbol de la vida, y coma, y viva para siempre.”
    Gn 11:7: “Ahora, pues, descendamos, y confundamos allí su lengua, para que ninguno entienda el habla de su compañero.”
    Gn 19:24: “Entonces Jehová [YHWH] hizo llover sobre Sodoma y sobre Gomorra azufre y fuego de parte de Jehová [YHWH] desde los cielos;”
    Sal 45:6-7: “Tu trono, oh Dios, es eterno y para siempre; Cetro de justicia es el cetro de tu reino. 7Has amado la justicia y aborrecido la maldad; Por tanto te ungió Dios, el Dios tuyo, Con óleo de alegría más que a tus compañeros.”
    Esto es citado en He 1:8: “Mas del Hijo dice; Tu trono, oh Dios, por el siglo del siglo; Cetro de equidad es el cetro de tu reino.”
    La Biblia de los Testigos de Jehová lo ha traducido como “Dios es tu Trono por siempre y para siempre…” ¿Quién es el Trono de Dios? Dios no es ni será un trono para nadie. Un rey se sienta en un trono y Dios se sienta en Su trono, nadie se sienta en Dios como si Él fuera el trono donde alguien se sienta.
    Is 6:8: “Después oí la voz del Señor, que decía: ‘¿A quién enviaré, y quién irá por nosotros?’ Entonces respondí yo: ‘Heme aquí, envíame a mí.’”
    Is 48:16: “Acercaos a mí, oíd esto: ‘desde el principio no hablé en secreto; desde que eso se hizo, allí estaba yo; y ahora me envió Jehová el Señor, y su Espíritu.’”
    Amos 4:10-11: “Envié contra vosotros mortandad tal como en Egipto; maté a espadas a vuestro jóvenes, con cautiverio de vuestros caballos, e hice subir el hedor de vuestros campamentos hasta vuestras narices; mas no os volvisteis a mí, dice Jehová [YHWH]. 11Os trastorné como cuando Dios trastornó a Sodoma y a Gomorra, y fuisteis como tizón escapado del fuego; mas no os volvisteis a mí, dice Jehová [YHWH]. ”

  3. texto fraquíssimo e longe de qualquer amparo bíblico/teológico. Qualquer advogado, sem conhecimento bíblico, formula uma tese defensiva melhor do que este texto.

  4. Se o que vc diz está certo e tem certeza disso…pq ficar anônimo???…Esse site ai é cheio de pessoas anõnimas, como se estivessem falando de algo sujo, como seestivesse copmetendo traições….pessoas que agem na surdina….na escuridão…só pode ser inspirado pelo inimigo, que age na escuridão.

  5. Caros irmão,
    sinceramente não considero este verso um argumento definitivo nem para o trinitarianismo nem para o antitrinitarianismo . Também achei um tanto forçada a interpretaçao do direita e esquerda. “Esse ‘direita e esquerda’ quer dizer que têm anjos para conselho, conselheiros que apóiam e os que são contra”.Como assim? A corte celestial está dividida? Não entendi bem, poderia explicar melhor. Pois da forma como está sugere um certo dualismo cósmico, como na religião persa e orientais. Positivo, negativo, ying x yang, duas forças em oposição.
    E quando diz: “Assim como Deus criou anjos para o bem e outros para o mal”. Também reforça a idéia de duas forças que estão sempre em antagonismo, mas necessarias para a manutenção da ordem no universo.
    Também quando diz: “Deus não queria que conhecessemos a diferença entre o bem e o mal, mas sim, que retivéssemos em equilíbrio, para que o pecado não nos atingisse.” Mais uma vez usas um termo “equilibrio” o que transmite, dentro do contexto ja mencionado, uma idéia de que as forças precisam estar em equilíbrio. O que sugere que ambas existem e são necessárias. Entendo pela palavra de Deus que o mal não é necessario em nenhuma circunstância.
    O que garante que Deus não queria que conhecessemos a diferença? Queria que o homem pretasse uma obediencia cega?
    Tambem penso que distorce o significado “o ‘mal’ criado por Deus, é para o bem de seus escolhidos”. Pela forma como colocas até parece com a famosa frase do Maquiavel, “os fins justificam os meios”. Ou seja, se a finalidade for boa, não importa os meios, até Deus pode praticar o mal?
    Desculpe mas não posso concordar com as implicações do seu pensamento.
    Caso tenha interpretado mal seu pensamento perdoe este ser falível.
    O que é o mal no VT? São os infortunios e sofrimentos advindos pelas guerras, pestes, etc, consequências do pecado do homem e que Deus “simbolicamente” assume para se, como responsavel pelos mesmos, usando-os pedagogicamente para punir o pecador rebelde, ou o mal como essência maligna, revolta e antagonismo ao governo de Deus sintetizado em Satanás seu autor? Creio que o primeiro sentido se hamoniza com o contetxo biblico. O segundo não. O que achas?
    Abraço em Cristo.

  6. Meu amigo, Deus não estava falando com anjos e muito menos conselheiros, estava falando com Jesus. No livro historia da rendenção pgs 20 e 21 está escrito muito claro isso: “Depois que a Terra foi criada, com sua vida animal, o Eles tinham operado juntos na criação da Terra e de cada ser vivente sobre
    ela. E agora, disse Deus a Seu Filho: “Façamos o homem à
    Pág. 21
    Nossa imagem.”
    Simples assim só não vê quem não quer.

  7. Li, voltei a ler. Não encontrei nenhuma explicação sobre o tema. Minha questão é: – onde se enquadram Jesus e o Espírito santo.
    São inexistentes?
    Lendo a Bíblia, percebo que o nosso Deus é ”fogo devorador”. Apenas Jesus e o Espírito Santo podiam chegar perto. Isaías 6:1-5.

    1. Heréges!!!! Deus não toma conselho, Deus é oniciênte, tudo sabe. E não precisa de ajuda, é onipotente e cria pelo poder de sua palavra.
      “No princípio criou Deus (Elohim-Deuses) os céus e a terra”[…] Por isso quando Deus diz: “FAÇAMOS o homem a NOSSA imagem, conforme NOSSA semelhança”[…] siguinifica que Deus é um único ser que se manifesta em três pessoas: PAI, FILHO, ESPIRITO SANTO.

    2. Adventistas.com, só tenho um comentário a fazer: Não dá para converter o diabo e seus ministros. O Espírito de Profecia é perfeito, a serva do Senhor fala sobre vocês na questão do Alfa e do Ômega, e vocês não percebem. Bom, a profecia tinha que se cumprir em alguém, mas maldito será aquele em quem se cumprir. Judas estava certo de que estava no caminho certo e aquilo que fez foi pra sua própria destruição, igualmente, vocês, estão indo pelo mesmo caminho. Não quero receber nada de vocês de volta, estou indignado em saber que são vocês os dissidentes da igreja, e que foram chamados por Satanás para dentar destruir o fundamento deixado por Deus. Quero lhes dizer uma coisa: vocês não irão conseguir, e digo isto em o nome de Jesus. Na verdade não dá nem pra debater com vocês, pois não tem como debater com pessoas que já têm suas opiniões formadas e querem saber mais do que o que já está escrito. Tenho raiva, mas ao mesmo tempo pena, pois na volta de Jesus, haverá choro e ranger de dentes. Deus tenha misericórdia de mim por sentir essa raiva de vocês, mas eu sei que Ele pode me perdoar, mas com respeito a vocês já não posso dizer o mesmo, pois creio, que se vocês continuarem nesse caminho estarão cometendo o pecado contra o Espírito Santo, que aliás, pra vocês não tem valor algum. Até a volta de Jesus, não tenho mais nada a dizer.

      1. Caro Paulo Lopes. Primeiro informe-se sobre Kellog e o que realmente foi a apostasia Alfa para acusar-nos da apostasia Ômega.
        Kellog, após publicar sem autorização o livro Living Temple e após a confusão gerada, disse que não havia se expressado da forma adequada. Kellog disse que agora cria na Trindade, no Deus-Pai, no Deus-Filho e no Deus-Espírito Santo. Ele ainda escreveu ao pioneiro Butler que cria porque viu embasamento nos Testemunhos de Ellen White, ao ela mencionar a existência de uma terceira personalidade. Ellen White discordou dele e escreveu que ele destruiu a personalidade de Deus e o próprio Deus. Elle White disse que quem aceitasse a filosofia do alfa, aceitaria a do Ômega. A apostasia Alfa foi contida pela liderança da IASD á época, porém a Ômega seria de natureza ainda pior, como Ellen White escreveu. Por quê? Se a alfa envolvia ensinos da Trindade e atingiu parte dos adventistas, a Ômega atingiu toda a Igreja, na década de 30 e oficialmente em 1980. No início os apóstatas eram os trinitarianos. Atualmente os apóstatas são os que não aceitam essa doutrina pagã milhares de anos antes de Cristo (veja que a primeira ou uma das primeiras trindades foi em Babilônia, com Semíramis, Nimrode e Thamuz). Foi introduzida na Igreja Primitiva, à qual Deus diz: “Recorda-te, pois, de onde caíste, converte-te e retoma a conduta de outrora” (Apocalipse 2:5).

        “Na revista “Parousia”, ano 4 – No. 2, p. 5, editada especialmente para defender a doutrina da trindade, há um importante comentário:

        “…os cristãos do segundo ao quarto século, …foram forçados gradualmente na direção da formulação explícita da doutrina da trindade.”
        “Na revista “Parousia”, ano 4 – No. 2, p. 5, editada especialmente para defender a doutrina da trindade, há um importante comentário:

        “…os cristãos do segundo ao quarto século, …foram forçados gradualmente na direção da formulação explícita da doutrina da trindade.” (grifo nosso).
        Na revista ADVENTISTA DE TEOLOGIA “PAROUSIA”, ano 4, No. 2, p. 34, encontramos uma declaração reveladora:

        “Mas talvez alguém pergunte: por que este termo (trindade) não aparece na Bíblia? Para responder a esta questão é preciso compreender que, a partir do século segundo, o centro missiológico da Igreja transferiu-se em definitivo do ambiente judeu-palestino para o mundo greco-romano. O trabalho iniciado por Paulo entre os gentios vê-se finalmente estabilizado no ambiente gentílico e começa a gravitar em torno de questões que não haviam sido levantadas no ambiente judaico. A Igreja viu-se, então, obrigada a expressar sua fé de um modo compreensível para aqueles que não vinham de uma cultura vétero-testamentária, mas tinham seu pensamento regido pelos conceitos da filosofia grega.”

        O autor deste artigo confessa publicamente que a questão da trindade não havia sido levantada no ambiente judaico. Ora, se os judeus (incluindo aí o Senhor Jesus e todos os apóstolos) não ensinaram a doutrina da trindade, concluímos que esta falsa doutrina foi idealizada fora do ambiente judaico, mais precisamente pela Igreja Romana, através seus apologistas, os quais expressaram seus conhecimentos teológicos com base na filosofia grega de Platão. A partir de então o cristianismo paganizou-se, afastando-se definitivamente das orientações de Deus.”

        Veja o estudo completo no site:
        http://verdadeemfoco.com.br/estudo.php?id=29

      2. E eu, bem como todo anti-trinitariano, cremos plenamente no Espírito santo. Não cremos nessa doutrina pagã que separa o Espírito de Deus e o transforma em uma terceira pessoa a ser adorada, procurando destruir a pessoa de nosso Deus e ofendendo seu Espírito e pecando contra Ele. Se somos apóstatas, os apóstolos e os cristãos primitivos, que não ensinavam essa doutrina também o são. Em Apocalipse 2:9-14 os 24 Anciãos e os 4 Seres Viventes de Apocalipse também são apóstatas na sua visão, pois eles se prostram perante dois: perante o Pai e perante o Cordeiro. Ou você crê que o Espírito Santo é o mar de vidro, de cristal, como os “doutores” em divindade descrevem no livro Trinity? Prefere ficar do lado de livros e filosofias humanas ou do lado do que está escrito na Bíblia? Pesquise História, veja que a própria Igreja Católica admite que Mateus 28:19 e 1Jo5:7-8 não estão nos manuscritos originais e são acréscimos. Compre a Bíblia católica de Estudo “Bíblia de Jerusalém” e pare de crer no que os pastores adventistas e no que o catecismo adventista nicolaíta diz. Veja que depois das mudanças doutrinárias é apostasia após apostasia: medalha dada ao papa, imagens de escultura, ecumenismo.
        Apocalipse 2:9-14, versão da Bíblia Católica “Bíblia de Jerusalém”:
        “a quem cantam um cântico novo:
        “Digno és tu de receber o livro e de abrir seus selos, pois foste imolado e, por teu sangue, resgataste para Deus homem de toda tribo, língua, povo e nação. Deles fizeste, para nosso Deus, uma Realeza de Sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra.
        Em minha visão ouvi ainda o clamor de uma multidão de anjos que circundavam o trono, os Viventes e os Anciãos – seu número era de milhões de milhões e milhares de milhares – proclamando em alta voz:
        “Digno é o Cordeiro imolado de receber o poder, a riqueza, a sabedoria, a força, a honra, a glória e o louvor.
        E ouvi toda criatura no céu, na terra, sob a terra, no mar, e todos os seres que neles vivem, proclamarem:
        “Àquele que está sentado no trono e ao Cordeiro pertencem o louvor, a honra, a glória e o domínio pelos séculos dos séculos!
        Os quatro Viventes diziam: “Amém!”; e os Anciãos se prostraram e adoraram.”

      3. Colega, o espírito DA profecia é Jesus. Espírito de profecia, para EGW, que plagiou um montão de gente (Inclusive Josefh Smith, suposto profeta dos Mórmons) dizendo que Deus falou a ela, era um título de alguns volumes compilados e depois atribuíram o título a ela.

    1. Lendo vosso texto cheguei a conclusão que o politeísmo não é errado, muito pelo contrário há diversos deuses.

      Modelaremos o homem a nossa imagem e nossa semelhança.

      Seguindo vossa linha de raciocínio ao analisar o restante do verso chego a conclusão de que os conselheiros de Deus são seus iguais, logo são deuses.

      Fui irônico, sou monoteísta.

      Um texto fora do contexto é um pretexto, a trindade não se apoia no faremos ou modelaremos e sim no “NOSSA IMAGEM, NOSSA SEMELHANÇA”…Miguel: Quem é como Deus.

      Quem lê entenda

      Shalom

    2. Isso é uma mentira! Você, com toda certeza, já deve ter cantado hinos cujo autor é “desconhecido” e tenho a plena certeza que nunca os recusou publicamente que não o cantaria por não conhecer o autor, mas tenho a plena certeza que o cantou por conta do seu conteúdo. Faça isso também com artigos. Vai te abrir a mente. Não importa o autor, mas o conteúdo das palavras. Faça isso como fez as músicas que cantou sem nem procurar saber quem é o autor.

      Fica na paz

      Carlos Alberto (carloscodo@gmail.com)

    3. Nossa, q ginastica mental tem q si fazer pra acreditar no seu ponto de vista!!! Primeiro q o nome de Deus em Genesis esta no plural. Segundao que Facamos ou Formaremos, e plural do mesmo jeito. Terceiro, com quem esta Deus falando?!? Si voce ler Joao 1 vai ver q Deus esta falando com o VERBO!!! Quem e o VERBO!?? Jesus!! Quem e a terceira pessoa presente? O Espirto q estava sobre as aguas. Agora, VOCE viajou na maionesse com esse artigo, deu voltas e no final nao PROVOU NADA!!! So deu OPINIAO!! Fica com o Esta Escrito, q e mais facil!!

  8. Meu comentário é breve, mas como pode tanta ignorância em uma só ferramenta de comunicação ? … Amigo tenho certeza que precisará ler a bíblia com mais calma. Ela é infalível no céu não há espaço para nada que é mal. Reveja seriamente seus conceitos. Deus lhe ilumine. Boa noite

  9. Alguém consegue imaginar, um servo de Deus, representante de Cristo, atacando desta forma as pessoas, ou igreja. Isso não é amor. Pelos frutos conhecereis a árvore, e com certeza os frutos de discórdia e confusão que esta site traz, não são frutos do Espírito Santo, Leiam Gálatas 5:22,23, e verão que os frutos deste site não são do Espírito Santo e sim do inimigo de Deus.
    Que Deus os ajude através de Deus Espírito Santo se converterem do caminho para onde vocês estão seguindo, e que Jesus os perdoem, antes que seja tarde!

    Deus os abençõe!

    Fábio

  10. Meus prezados irmãozinhos Rony e Domingos Morais que pediu uma explicação para o texto de 1 João 5: 7, 8
    Vocês provavelmente nunca leram a lição da escola sabatina:
    “Em algumas Bíblias, em 1 Jo 5: 7, 8, aparecem as palavras “no céu o pai, a palavra e o espirito santo; e estes três são um. E três são os que testificam na terra.” O problema é que elas são um acrécimo posterior, não encontrados nos manuscritos originais. Entre os estudiosos bíblicos existe concordância de que essa declaração não é genuina e foi acrescentada, provavelmente para apoiar a doutrina da trindade.”
    Lição da Escola Sabatina – Adultos (aluno) As Epístolas do Amado, 3° Trimestre de 2009
    Talvez isso o satisfaça!
    —————————————————————————————————–

    Com relação a Criação, os adventistas que dizem que o espirito santo fez parte da mesma não creem em Ellen White.
    No livro História da Redenção à pág. 20 lemos:
    “Pai e Filho empenharam-se na grandiosa, poderosa obra que tinham planejado – a criação do mundo…”
    “E agora disse Deus a Seu Filho: “Façamos o homem à Nossa imagem.”

    E no Patriarcas e Profetas Pag. 34 lemos:
    “O Soberano do Universo não estava só em sua obra de beneficência. Tinha UM companheiro – UM cooperador que poderia apreciar seus propósitos, e participar de sua alegria ao dar felicidade aos seres criados.”

    Ela é taxativa ao afirmar que Deus o pai tinha apenas UM companheiro, o que não deixa margem para uma terceira pessoa.

    “O que vimos e ouvimos isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho Jesus Cristo.” 1 Jo 1: 3

  11. Deus é um plural?? SIM!

    Acho engraçado os que não creem na Trindade ficar usando esses textos.
    Quero ver um me explicar os seguintes:
    – Gênesis 1.1: “No princípio criou Deus…”
    O interessante desse texto é a palavra usada para Deus – Elohim.
    Pois bem, estudemos essa palavra. No hebraico existe 3 formas de escrever: 1) singular, 2) plural dual e 3) plural.
    Para escrevermos Deus conforme Gênesis 1.1 poderia ser escrito das seguintes formas:
    1) Eloah = 1 pessoa apenas
    2) Eloahaym = 2 pessoas, sem possibilidade de haver uma terceira.
    3) Elohim = 3 pessoas ou mais, sem possibilidade de ser menos que três.
    Pois bem, se foi usado a palavra “Elohim”, que significa haver 3 ou mais pessoas distintas, qual a dúvida sobre a Trindade?
    Afinal, João 1.1 – 14; Atos 5. 3 e 4 e I Cor 12. 4, 5 e 6 revelam que são 3 pessoas distintas unidas no mesmo propósito que compõe a Divindade.

    Deixo esse texto de Gênesis 1.1 para ser (tentarem) refutar.
    Ainda poderia falar de Deuteronômio 6.4, sobre o estudo da palavra “um” ou “único”, e ainda compara-la com João 3.16 e muitos mais… por hora deixo esse apenas.

    Abrão os olhos e deixem de lado os preconceitos.
    Sigam o conselho de Cristo e examinem as Escrituras. Examinem e não distorçam.
    Bons estudos!

    1. Amigo, você não entende NADA de hebraico.
      Pra que passar essa vergonha?

      Você diz que “Elohim” é usado para um Deus composto por 3 pessoas, sem possibilidade de ser menos que 3.

      Nem é preciso ser especialista pra derrubar essa teoria fantasiosa.
      Moisés foi chamado de Elohim… seria ele formado por 3 pessoas?

      Essa foi de doer.

      1. “Al referirse a Dios, se usa el sustantivo Elohim casi exclusivamente en plural. Algunos han entendido que aqui se deja traslucir la doctrina de la Trindade. Fue Elohim quien dijo: ‘Hagamos al hombre a nuestra imagen, conforma a nuestra semejanza.’ Este uso del plural sugiere ciertamente la plenitud y las múltiples capacidades de los atributos divinos. Al mismo tiempo, el uso constante de la forma singular del verbo (disse Deus) recalca la unidad de la Deidad y constituye una repreensión para el politeísmo.” COMENTÁRIO BÍBLICO ADVENTISTA DEL SÉPTIMO DIA, TOMO I, p. 180.

        O que o Comentário Bíblico Adventista está dizendo é que a pluralidade de “Elohim” se refere à plenitude divina (e não pluralidade de pessoas), sendo que o verbo que se segue está no SINGULAR.

        O ex-professor adventista de teologia ensina de modo correto o significado de Elohim:

        “Eloim inclui a plenitude da Divindade. ‘Seu uso no plural tem levado alguns a quererem provar com ele a Doutrina da Trindade.’ Sabemos que o plural nas línguas semíticas servia como uma espécie de superlativo ou de intensidade. Por exemplo a palavra céu aparecia sempre na forma plural para designar sua majestade ou extensão. O mesmo acontece com a palavra mar.” APOLINÁRIO, Pedro. Apostila sobre as testemunhas de Jeová e a exegese. São Paulo: I.A.E, 1981. p. 62

        Pronto! Ninguém mais precisa passar vergonha, falando sobre o que não sabe.

  12. Olá, eu sou Adventista da cidade de Castro Alves –BA. Olha, eu produzir um filme documentário que fala sobre o tempo do fim, o nome do filme é, na linha do fim, este filme esta emocionado as pessoas que assisti, eu gostaria que vocês divulgasse neste site, se vocês aprovarem é claro eu vou deixar o link (FILME) http://www.youtube.com/watch?v=z2ibhHv4Z4M (CAPA) http://i1136.photobucket.com/albums/n489/adenilsonserra/nalinhadofim-3.png

    1. é o fim da ignorancia, isto cheira a batina de padre.
      que a iasd nunca espere perseguição, pois o papa não persegue quem é dele.
      a iasd nunca devia dizer que defende os mandamentos de deus, se é idólatra.
      se a profeta da iasd em seu nome leva a marca da besta.
      dizes que vives e estás morta.
      certo rei de israel trouxe os deuses da asiria para israel, a iasd trouxe o deus de constantino com altar e tudo.

  13. leio atentamente todos os comentarios , admiro com o enriquecimento e contribuicao dos mesmos. mas pra que complicar o obvio / e claro que Deus-pai estava falando c/ o seu filho jesus e Ele so afinal dois bastante suficiente p/ se estabelecer um dialoo ,p/ que entroduzir um terceiro imaginario ou junta de anjos,tais seres podem perfetamente terem sido espectadores mas nao participantes objtivos. se nao vejamos o proposito a ieia bem como frase de gn 1;26 partiram de Deus o pai mas a execucao coube ao sr cri aidor e unico redentor de todo universo , isso na mais perfeita eceleste harmonia com a vontade do pai

    1. realmente uma boa performace foi dada ao titulo “Deus em plural?” mas não passa de um bom pretesto heretico contra a trindade. Pois se isoladamente lemos essa passagem de geneses, poderiamos chegar a esta conclusão. mas nos livros seguintes encontramos passagens que relatam as verdadeiras companias de Deus naquele momento alem dos anjos. Resfresque sua mente… E no principio era o verbo…. (procure e leia)

      1. O Pai e o Filho no Trono
        A conclusão do livro de Apocalipse contém promessas maravilhosas para
        todos os cristãos. O último capítulo da Bíblia começa descrevendo o rio da
        água da vida nos seguintes termos:
        “Então me mostrou o rio da vida, brilhante como cristal, que sai do
        trono de Deus e do Cordeiro.” – Apocalipse 22:1.
        O livro do Apocalipse menciona apenas o trono de Deus e do Cordeiro.
        Onde está o trono do Espírito Santo? O verso 3 do mesmo capítulo repete a
        informação:
        “Nunca mais haverá qualquer maldição. Nela estará o trono de
        Deus e do Cordeiro. Os seus servos o servirão.” – Apocalipse 22:3.
        Não é apenas o Apocalipse, mas toda a Bíblia afirma que há apenas duas
        pessoas assentadas no trono: O Pai e Seu Filho Jesus Cristo assentado a
        sua direita. Veja outros versos:
        “Desde agora estará sentado o Filho do homem à direita do Todo-
        Poderoso Deus.” – Lucas 22:69.
        “Jesus… está assentado à destra do trono de Deus” – Hebreus 12:2.
        Pegue sua Bíblia e confira outros versos que afirmam que Cristo está à
        direita de Deus, mas não indicam a posição relativa do Espírito Santo neste
        trono: Mateus 22:44; 26:64; Marcos 12:36; 14:62; 16:19; Lucas 20:42 e 43;
        Atos 2:33-35; 7:55 e 56; Romanos 8:34; Efésios 1:20; Colossenses 3:1;
        Hebreus 1:3 e 13; 8:1; 10:12; I Pedro 3:22; Apocalipse 5:1-7.

  14. Os dissendentes gostam de afirmar que a Igreja Adventista caiu. No entanto,
    o Espírito de Profecia sempre afirmou que isso nunca aconteceria.

    “Quando a noite não consigo dormir, elevo o coração a Deus em oração, e Ele
    me fortalece e me dá a certeza de que está com os Seus servos ministradores em campo nacional e em terras distantes. Cobro ânimo, e sinto-me abençoada ao reconhecer que o Deus de Israel ainda está guiando o Seu povo, e continuará com eles até o fim” (Mensagens Escolhidas, vol. 3, p. 439).

    “A Igreja talvez pareça prestes a cair, mas não cairá. Ela permanece, ao
    passo que os pecadores de Sião são jogados fora no joeiramento – a palha
    separada do trigo precioso. É esse um transe terrível, não obstante importa que
    tenha lugar” (Mensagens Escolhidas, vol. 2, p. 280).

    “Erguem-se continuamente pequenos grupos que crêem que Deus está unicamente com os poucos, os dispersos, e sua influência é derrubar e espalhar o que os servos de Deus constroem. Espíritos desassossegados, que desejam ver e crer constantemente alguma coisa nova surgem de contínuo, uns aqui, outros ali, fazendo todos uma obra especial para o inimigo, e todavia, pretendendo possuir a verdade. Eles ficam separados do povo a quem Deus está conduzindo e fazendo prosperar, e por meio de quem a de realizar Sua grande obra”(Testemunhos Seletos, vol. 1, p. 166, originalmente escrito em 1863).

    1. Sê esse verso fosse um ponto de salvação, tenho certeza que Deus jamais deixaria que fosse tradizido de forma errada até ao ponto que alquem se perdesse, e nós os denominados trinitarianos como forma de ataque, não apenas temos este texto para defenter a nossa fé, mas temos o capítulo 1 de joão todo falando de Jesus o Deus Unigênito.

    2. Meu amigo se vc precisa entender que a igreja são as pessoas e não as construções ,quando diz não cairá é o povo que está na verdade presente ,e não a instituição que vai colocando o mundo dentro da igreja ,os adventistas nunca cairão serão vencedores porém virá a apostasia dentro da igreja e muitos sairão para dar a trombeta um sonido certo ,estude a parabola das 10 virgens ela saí ao encontro do noivo ,e não entra ao encontro do noivo ,ouve-se uma voz e elas saem ao encroto Cristo está chamando fora das igrejas ,o último texto citado a igreja estava unida e tinha um pequeno grupo com idéias estranhas ,isso no alfa o omega seria mais assustador a minoria estaria com a verdade e a maioria estaria contra aos ensinamentos dos pioneiros veja no livro em busca de identidade ,a igreja adventista é a igreja de Deus (povo) que faz a reforma de saúde ,que guarda realmente o sábado e não estes que acaba o culto já estão combinando de ir a shopping a mc donalds, usando calça ,girias o verdadeiro adventista será perseguido, todos nós temos muito que aprender com o nosso Senhor ,muitos estão aguardando o decreto dominical para colocar sua vida em dia ,porém quando sair o decreto será tarde demais para muitos ,para os dissidentes e para os adventistas nominais (igreja instituição) a hora é agora

      1. Amigo, estás equivocado sobre a parabola das dez virgens, olhe bem e veja que todas estavam juntas, as prudentes e as insensatas, elas sairam ao encontro do noivo somente quando ele apareceu, as insensatas é que sairam e foram atras do azeite, enquanto as outras ficaram esperando ao noivo.

    3. É interessante lembrar que ela mesma escreveu que não cria mais que Deus estava dirigindo a obra, e sim que homens que exerciam poder coercitivo sobre o povo como se dele fosse proprietário estavam agindo e moldando a obra segundo seus próprios interesses. Quando alguém desejar fazer uso de algo que ela escreveu (sabe-se lá) enfim, deve ter o bom senso de saber para quando, a quem se referia e para quem estava sendo escrito. Do resto é pura bobagem e perda de tempo. Aqueles que se arrogam em um “status oficial” sempre verão os que discordam como grupos dirigidos pelo inimigo. Falaram isto do filho de Deus quando por inveja o rejeitaram como o messias. Escandalizavam-se dos discípulos, por não terem uma formação clássica e no entanto terem tanto conhecimento e ousadia para pregar em nome do nazareno. Rejeitaram-nos como sendo uma seita. A IASD começou como tendo em seus líderes e pioneiros antitrinitarianos ferrenhos, e também tida na conta de seita. Os líderes de hoje da IASD, seriam totalmente rechaçados pelos pioneiros como apóstatas seguidores e integrantes de babilônia. Já os grupos dissidentes seriam tidos como verdadeiros crentes e adoradores do verdadeiro Deus, prestando-lhe verdadeiro culto. Poderíamos dizer com propriedade a partir destas considerações que tudo no mundo do cristianismo é relativo. O que é certo hoje, e tido na conta de aceitável por Deus, depois se torna heresia e blasfêmia, coisa profana e detestável levando à condenação eterna. Ai de nós, boiada, ou no caso, ovelhada, se nos dedicamos a pensar e refletir livre dos conceitos estabelecidos por homens, nos tornamos hereges pavorosos, e com um monte de pseudônimos referentes a homens que no passado fizeram e ousaram falar da mesma forma, ainda que nunca tenhamos ouvido falar deles, somos postos na conta de seus seguidores. E o que é pior de “instrumentos de Satanás”, lembrando que fizeram o mesmo com o cristo e seus seguidores. Passam-se os séculos, mudam-se as personagens, mas os expedientes continuam os mesmos. Sirleide da Rocha.

      1. Isso é a verdade que encomoda os l.ideres da Iasd, que se acvham os detentores da verdade e que ninguem tem o direito de contestar os desvios desses “ilustres dignatarios”, que se auto-intitula, de teologos , que de DEUS na verdade nem entende nada, são sabios aos proprios olhos, com a complacença de irmãos inocentes úteis, para que esses senhores continuem na esploração e na enganação, de ovelhas mudas que são levadas ao matadouro, sem saber que estão marchando para m orte, e morte espiritual. Fiques com DEUS amem.

    4. O ANTA LEIA

      Cristo diz o seguinte daqueles que se ufanam de sua luz mas não andam nela: “Por isso Eu vos digo que haverá menos rigor
      para Tiro e Sidom, no dia do juízo, do que para vós outros. E tu, Cafarnaum [adventistas do sétimo dia que tiveram grande
      luz], que te ergues até aos céus [com referência a privilégios], serás abatida até aos infernos; porque, se em Sodoma tivessem
      sido feitos os prodígios que em ti se operaram, teria ela permanecido até hoje.” Review and Herald, 1º de agosto de 1893.
      Pág. 49
      A igreja está na condição laodiceana. A presença de Deus não está no meio dela. Notebook Leaflets, vol. 1, pág. 99.

      A voz de Battle Creek, que tem sido considerada como autoridade para determinar de que maneira deve ser efetuada a obra,
      não é mais a voz de Deus. Manuscript Releases, vol. 17, pág. 185.
      Faz alguns anos que eu considerava a Associação Geral como a voz de Deus. Manuscript Releases, vol. 17, pág. 216.
      Isso desses homens se encontrarem num lugar sagrado, para serem como a voz de Deus para o povo, conforme antes
      acreditávamos
      Pág. 51
      ser a Associação Geral – é algo que já passou. General Conference Bulletin, 3 de abril de 1901, pág. 25.
      Não Há Necessidade de uma Nova Denominação

  15. o que você chama de blasfêmia, não é blasfêmia, mas é voce que tem pouco conhecimento , e como diz o próprio messias, para os doutores da época, :Errais, não conhecendo as escrituras e nem o poder de D-us. Parabens para o irmão da matéria que tem como titulo .Deus é um em plural? esta de parabéns, Parabéns, ao irmão que preparou a matéria Deus é um em plural?pois a IASD SE TORNOU covarde,fui adventista 4 anos , e descobri heresias terríveis dentro da igreja IASD.Ate mesmo em uma pagina do livro o grande conflito, Ellen White deixa transparecer, que não acreditava ,na trindade. eis o texto que encontrei no grande conflito, quando ela escrevia sobre o pecado que iniciou no céu ela escreve que o pecado começou com aquele que abaixo de cristo , fora o”””” MAIS”” HONRADO, ou seja ,o mais honrado esta no grau superlativo, ou seja ,não há outro mais honrado que ele. mas na ordem das coisas ,é estranho, pois aprendemos , que na ordem fica pai , filho, espirito santo!!!!!????quem estaria abaixo de cristo e o mais honrado , dentro da logica é o espirito santo, mas ela Ellem White, não fala do espirito santo como uma suposta terceira pessoa da trindade,mas como uma influencia, poder,nunca como suposta terceira pessoa,fiquei assustado quando li esta parte do “”grande conflito”” li varias coisas sobre ela, e descobrir, que a trindade não era pregada ou crida , ate que em Texas esta heresia entrou para a igreja , e Ellem white sempre combateu,o que houve foram adulterações posteriores. pois nem o batismo, era em nome da trindade, e quem é velho na IASD SABE MUITO BEM DO QUE ESTOU FALANDO, O BATISMO ERA SOMENTE EM NOME DE JESUS.Deixo aqui meus pêsames, pela queda e morte da IASD!!!!Lamento ,mas fazem parte da grande babilônia

    1. meu caro amigo vejo que vai pela cabeça do publicador da matéria que por enganos do inimigo caiu na maior cilada dele nos Últimos dias.se você quiser ler a bÍblia meu caro leia mas se você quer estudar estude nas sua lÍnguas originais grego aramaico e hebraico, talvez nem sabe que a palavrA hebraica para espirito é ruach e a grega é pneuma. a lingua portuguesa é muito pobre mais as línguas grega e hebraica são ricas em seus contextos portanto não seja enganado pelo inimigo de deus se quer ser salvo não ande pelo comentário sem base alguma de alguns ditos teólogos PARA ELLEM WIGHT CRISTO E O ESPIRITO NÃO ERAM A MESMA PESSOA LEIA PARABOLAS DE JESUS! PG. 136.. JESUS TE AMA MEU CARO AMIGO E QUER QUE VOCE ESTUDE. VOCE VAI ACABAR SE PERDENDO EM PECAR TÃO FORTE ASSIM CONTRA O ESPIRITO SANTO . UMA DAS MARAVILHOSAS PESSOAS QUE FORMAN A DIVINDADE NÃO COMENTE O QUE VOCÊ NÃO SABE AINDA ESTOU ESPERANDO QUE ME PROVEM NA PALAVRA QUE O ESPIRITO SANTO NÃO É DEUS NÃO VOU BEBER AGUA PODRE COMO VOCÊS ABRAÇO!!!!!!!!

      1. Os dicionários do hebráico e grego antigo, não chegam a ter 12 mil palavras. O dicionário da Academia Brasileira de Letras, embora não chegue a 100 mil palavras, os novos dicionários de português passam das 200 mil palavrasverbetes !!!

        As traduções são difíceis exatamente pela pobreza das linguas referidas !!!!

        1. A riqueza de uma lingua são os instrumentos que ela oferece para expressar um pensamento.
          Há linguas tribais na África com menos de 4 mil vocábulos, nas quais nem é possível traduzir a Bíblia.

          Os dicionários do hebráico e grego antigo, não chegam a ter 12 mil palavras. O dicionário da Academia Brasileira de Letras, embora não chegue a 90 mil palavras, os novos dicionários do português passam dos 200 mil verbetes.
          As traduções são difíceis exatamente pela pobreza das referidas linguas, e os dicionários terem sido feitos mais de mil anos depois que essas “linguas mortas” desapareceram !!!

          Teoricamente existem 20 palavras para qualquer palavras dessas linguas, e a questão é justamente não se saber qual delas o escritor pretendeu usar, Os tradutores por substituição em muitos textos procuram “adivinhar” o significado.

          O ilustrado senhor deveria saber que DEUS senpre se escreve com letras maiúsculas ! (Ellen White, que escreva errado, em letras maiúsculas, ou da forma que bem entender)

      2. olá,quero só afirmar que teologicamente a divindade é triuna ,pois existe o ´´Pai“ que é patrós en grego,o Filho ´´huiós“ e Espírito santo ´´Hagios pneumatós“. esse Espírito é uma das pessoas Divinas, como chamamos´´ a terceira pessoa “da divindade. porém nao esqueca,o pai é Deus, o Filho é Deus e o Espírito Santo é Deus,tres pessoas un só Deus. é dificio entender a Deus ,mais é assim que a béblia nos apresenta. estude meu querido e que o senhor abra seus olhos tome a bíblia com oracao

      3. amigo ambas palavras proferidas no grego quanto no hebraico ruach e a pneuma aqual era também chamada de pneumatto se define a sopro,folégo! por isso que em genesis disse que Deus nos Deus o ruach e passamos a ser alma vivente,ruach ou pneumatto quer dizer a mesma coisa porém em linguas diferentes,espero te-lo ajudado!

    2. Esse é o GRANDE problema dos anti-trinitarianos: A supressão de textos e sua análise fora do contexto.

      Colocam palavras na boca de pessoas que não podem se defender, como no caso da Sra. White.

      Essa doutrina é a doutrina da corvadia, da incoerência, da iracionalidade.

      Os anti-trinitarianos deixaram de lado a capacidade de raciocinar… Preferem idéias prontas e caminhos definidos pelos outros.

      Isto não lhes servirá como desculpa no dia em que estiverem diante do CRIADOR para darem conta de suas ações… Suas decisões foram seguir a criatura e deixar de lado o CRIADOR.

      Em minha cidade, muitos irmãos que antes estavam ao lado de CRISTO, hoje estão foram de igreja por seguirem esta doutrina. Hoje não seguem nem o DEUS TRIUNO e nem o deus uno.

      Que doutrina é esta que afasta as pessoas da salvação?

      1. Benildo, não seja infantil. Você prestou atenção no que escreveu? Todas as suas palavras recaem prontamente e de modo apropriado sobre a cabeça dos trinitarianos. Grata. Sirleide da Rocha.

      2. Acorden satanas esta fazendo um trabalho sutil nas igrejas, fiquen espertos e atentos ! a doutrina Triuna nao e recente, so nao encherga quem nao quer, e doutrina deixada por Cristo, foi Cristo quem fundou Sua Igreja. [ Igreja Apostolica Cristan] mais tarde surgiu a Igreja catolica Apostolica Romana, que alegan os anti triunos ser os depositarios ou a legitima fundadora da doutrina da Trindade, Logicamente se procedeu dos Apostolos foi porque Cristo deixou, e se Cristo deixou e p/ seguirmos, e certo aquele dizer brasileiro { Formiga quando quer se Perder Cria Asa.} A Verdade e que quando o individo chega a esse ponto e q. o Espirito de Deus ja Nao Opera mais em sua vida, por isso o fim de todos que tenho visto em minha vida de Setenta Anos De Adventista, e de Apostasia,e desespero. Sem o Consolador p/ trabalhar e intermediar por eles, a minha Fe esta Firmada no Senhor Jesus, o Espirito Santo tem me levado para mais perto de meu mestre quero imitalo mais e muito em Breve Veremos Jesus Voltando nas Nuvens dos Ceus afin de Nos Buscar e entao estaremos Sempre com o Senhor. Amen, que seja essa nossa bendita Esperanca. em 20- de Junho de 2012

    3. rapaz seria bom você estudar um pouco mais, porque os seus argumentos é bem fraquinho, o meu filho de 7 anos sabe rebater melhor, e nunca esqueça que você esta lidando com coisa santa.

    4. Parem de acreditar na teoria da conspiração. Quando Ellen White escreve a favor da trindade dizem que o texto foi adulterado. quando o texto e duvido ou de difícil interpretação aproveitam-se e dão a interpretação que querem.

  16. Bem, eu não sou adventista, tão pouco sou cristão, mas penso que isso não me torna menos habilitado a opinar como as outras pessoas aqui o fizeram. Li muita literatura cristã ao longo de minha curta vida de 28 anos, entretanto em toda literatura cristã que eu pude ler uma doutrina não é nem de longe aquilo que a maioria dos comentário procuraram dizer.

    Uma doutrina não é o tipo de verdade que a maioria aqui apregoa. Doutrina é uma estrutura que busca dentro dos limites da razão humana explicar, mas não necessariamente compreender algo que a teologia cristã já entende como sendo impossível de se compreender. Será que esses meros mortais que postaram suas opiniões aqui, acreditam mesmo que seja possível definir um Deus que é grande demais para suas mentes? Acreditam mesmo que a doutrina da trindade é uma tentativa de “compreender” Deus? Acreditam mesmo que quem a criou como doutrina realmente pensava que estava descrevendo uma realidade física de Deus?

    Isso me parece o absurdo em si e é exatamente um absurdo por pressupor que de alguma maneira a bíblia tenta dar explicações sobre Deus. Doutrinas são ensinamentos humanos e não divinos e servem para nos ajudar a caminhar para dentro do Mistério que é Deus.

    Será que a maioria de vocês não percebem que estão contaminados com racionalismo? O fundamentalismo expresso nos comentário é no mínimo alarmante e isso porque a infalibilidade da bíblia se tornou um substituto protestante para a doutrina da infalibilidade papal.

    Eu confesso meu lamento por perceber que são visões como as expressas aqui que estão matando a vida do cristianismo.

    Cordial Abraço a todos.

    1. Paulo aconselha Timóteo a “permanecer na sã doutrina”. Se existe a “sã”, num mundo que ” jaz nas trevas do maligno, por certo que existe a enferma. Permanecer no ensinamento sadio, é o conselho. Paulo fala que ainda que um anjo descesse do céu, tendo um evangelho diferente do que era por ele e pelos demais apóstolos ensinado, que fosse considerado anátema (maldição). Com certeza a bíblia não é infalível, mesmo porque existem provas o suficiente, mesmo a partir do Vaticano, que muito dos textos originais foi adulterado conforme conveniências dos que atuavam no clero. A política, o mundo, e o cristianismo são movidos pelos interesses dos que estão com as rédeas nas mãos. Mas, quando aquele que houver de se levantar, o fizer para pedir contas, o que poderá lhe ser dito afinal? Sirleide da Rocha.

  17. Esses pseudo-eruditos das línguas bíblicas deveriam ficar constrangidos com a retórica apresentada para o fato trinitariano, como esse exemplo da mensagem postada pelo autor de “Deus é um em plural?”.

    Quer dizer então que o fazer ou modelar de Deus exigiu ajuda externa? Então os anjos ajudaram Deus no criar o homem?

    Deus criou em 6 dias os seres vivos. Deus mudou toda a geografia da terra. Deus separou as águas. Deus criou ou trouxe o sol para iluminar a terra. Mas agora, devido ao comentário do bendito autor, precisa de ajuda na Sua maior criação: O homem.

    O “Gêneses” [sic] referido pelo autor contradiz essas teorias.

    Prá finalizar: há,há, há… por favor, melhor argumentação.

    Armando Luis Francisco

    1. E interessante, o assunto, Deus é um em plural?por que sendo o Eterno poderoso, poderia ter criado,milhões de seres humanos,porem deu a honra a Adão,dizendo crescei e multiplicai,que honra!!!Deus não precisa de ajuda, nem ninguém para pregar o Evangelho, mas quiz honrar o homem , e quem é o homem , para questionar isto, AUTONOMIA, E SOBERANIA,ELE FAZ COMO QUER!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ESTA É PARA VOCÊ MEU QUERIDO IRMÃO Armando Luis Francisco

  18. Coitado do autor desta matéria. Ele até que se esforçou, e isto é muito bom. Mas está totalmente enganado. Mistura tudo. Só uma das muitas observações que poderia fazer. Me impressiona como a mente humana pode ser tão facilmente enganada quando alguém quer forçar um ponto de vista.

    Exemplo: O autor usa dois versos (ou trechos) Bíblicos como se eles tivessem uma coisa com a outra para defender seu ponto de vista. Me refiro aos versos encontrados em em Gen. 1:26 e I Reis 22:19, 21, 22.

    Pergunto: Dá onde o autor desta matéria tirou que estes versos estão relacionados? O fato de que Deus as vezes poderá ter anjos ao seu redor e hostes celestiais não necessariamente, ou obrigatoriamente significa que eram estes mesmos seres que estavam com Ele durante o ato da criação.

    A única coisa que fica claro pelo texto em Genesis é que Deus falou com alguém, mas isto não significa que Ele estava necessariamente em Seu trono e rodeado de anjos. Poderia muito bem estar aqui, com Jesus, com certeza, e porque não também com uma terceira Pessoa da trindade?

    Não se pode usar este verso para nem defender e muito menos negar a existência de um Deus triuno.

    E meu amigo, para com esse negócio de dizer que Deus é criador de qualquer tipo de mal. Isto é uma blasfêmia. O Senhor necesssita pedir perdão a Deus.

    1. o que você chama de blasfêmia, não é blasfêmia, mas é voce que tem pouco conhecimento , e como diz o próprio messias, para os doutores da época, :Errais, não conhecendo as escrituras e nem o poder de D-us. Parabens para o irmão da matéria que tem como titulo .Deus é um em plural? esta de parabéns, Parabéns, ao irmão que preparou a matéria Deus é um em plural?pois a IASD SE TORNOU covarde,fui adventista 4 anos , e descobri heresias terríveis dentro da igreja IASD.Ate mesmo em uma pagina do livro o grande conflito, Ellen White deixa transparecer, que não acreditava ,na trindade. eis o texto que encontrei no grande conflito, quando ela escrevia sobre o pecado que iniciou no céu ela escreve que o pecado começou com aquele que abaixo de cristo , fora o”””” MAIS”” HONRADO, ou seja ,o mais honrado esta no grau superlativo, ou seja ,não há outro mais honrado que ele. mas na ordem das coisas ,é estranho, pois aprendemos , que na ordem fica pai , filho, espirito santo!!!!!????quem estaria abaixo de cristo e o mais honrado , dentro da logica é o espirito santo, mas ela Ellem White, não fala do espirito santo como uma suposta terceira pessoa da trindade,mas como uma influencia, poder,nunca como suposta terceira pessoa,fiquei assustado quando li esta parte do “”grande conflito”” li varias coisas sobre ela, e descobrir, que a trindade não era pregada ou crida , ate que em Texas esta heresia entrou para a igreja , e Ellem white sempre combateu,o que houve foram adulterações posteriores. pois nem o batismo, era em nome da trindade, e quem é velho na IASD SABE MUITO BEM DO QUE ESTOU FALANDO, O BATISMO ERA SOMENTE EM NOME DE JESUS.Deixo aqui meus pêsames, pela queda e morte da IASD!!!!Lamento ,mas fazem parte da grande babilônia

    2. meu amigo infelizmente vc errou.
      Mas ainda da pra corrigir
      A trindade nao se encontra na biblia so foi introduzida na fé crista no concilio de Niceia.

  19. a teoria da trindade surgiu la no ceu, quando lucifer que era o mais honrado entre os anjos, olhando para a sua posição mais destacada em relação aos demais anjos, o orgulho tomou conta da sua mente e a cobiça de ser exaltado a uma posição superior ao filho do eterno DEUS – Jesus Cristo, pois o mesmo0 não queria ser igual ao Filho, por que filho sempre foi submisso ao pai, por esse motivo desejqva ser igual ao proprio DEUS o Pai, cuja autoridade sempre foi acima do Filho, pois ele queria ser adorado não só pelos os anjos mas pelo Filho de Deus tambem, não consegiu la no Ceu, mais hoje está sendo adorado na “pretença pessoa do espirito santo”, e peor é que a imensa maioria dos que se dizem cristão, são os maiores defensores dessa heresia, por homens que a si mesmo se intitulam de doutores de dividade, phd de teologia, como que fosse possivel,pobres e miseráveis mortais, tivessem a condição moral e espiritual para se estudar a DEUS, que blasfemea são proferidas por esses homens, o mesmo espirito de engano inventado por lucifer, é o mesmo que reina na mente dos piceudo doutores e phd’s que invadiram os arrais dos santos em Jesus Cristo, cujo final só Deus sabe, pois muitos inocentes serão levados an destruição e morte eterna, por acasião da volta do nosso e Senhor e Salvador Jesus Cristo, o qual foi enviado pelo Deus Unico e Verdadeiro para que tenhamos a vida eterna. Não se deixem ser levado por esse mistificadores de verdade, mensageiros da prostituta do Apocalipse, portadores dos espiritos imundos , do Apoc. 16; 13 e 14.

  20. Ao prezado irmão,
    Domingos Moraes Jungo:
    Como até agora ninguém atendeu ao seu pedido, não se julgue por isso o mais sapiente dos leitores, e aprenda a pesquisar um pouco mais antes de se considerar sabedor de tudo.
    Como o irmão só pediu para que alguém lhe explique apenas 1João 5:7, preste atenção:
    Esse texto sofreu um acréscimo espúrio.
    João, o discípulo amado jamais escreveu da forma que pode estar escrito em sua Bíblia!
    Veja outras versões, como por exemplo a NTLH e outras. Se o irmão não tem acesso a outras, mas tem acesso à internet, então veja: Nova Versão Internacional – Há três que dão testemunho: http://www.bibliaonline.com.br/nvi/1jo/5
    Veja ainda a Versão Católica: São, assim, três os que dão testemunho: 1 João 5:7 – http://www.bibliaonline.com.br/vc/1jo/5
    Caro amigo, para entender esse verso 7, é necessário ver o verso seguinte o verso 8.
    Observe que João, absolutamente não está falando de 3 pessoas, mas de 3 elementos emblemáticos, entre eles o Espírito, comparado e colocado junto com a água e o sangue.
    Ademais, João não seria tão relapso ou descortês ou desafeto de uma pessoa da Divindade, pois nesta mesma carta, veja como ele fez a abertura: Nós lhes proclamamos o que vimos e ouvimos para que vocês também tenham comunhão conosco. Nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho Jesus Cristo. 1 João 1:3 – http://www.bibliaonline.com.br/nvi/1jo/1
    Veja que ele não incluiu nenhuma 3ª pessoa, com a qual se possa ter comunhão.
    Ainda em sua segunda carta: A graça, a misericórdia e a paz da parte de Deus Pai e de Jesus Cristo, seu Filho, estarão conosco em verdade e em amor. 2 João 1:3 – http://www.bibliaonline.com.br/nvi/2jo/1
    Observe que nessa saudação em sua segunda carta, também não incluiu nenhuma 3ª pessoa.
    Agora, preste bem atenção no verso 9 dessa segunda carta: Todo aquele que não permanece no ensino de Cristo, mas vai além dele, não tem Deus; quem permanece no ensino tem o Pai e também o Filho. 2 João 1:9 – http://www.bibliaonline.com.br/nvi/2jo/1
    João sabia muito bem o que estava escrevendo, e não era desafeto de uma pessoa Divina a ponto de ignorá-la, mas ele faz uma advertência nessa segunda carta, para que ninguém vá além do que Cristo ensinou, sob pena de não ter Deus consigo, e ele explicitou muito bem a quem se resume Deus: Ao Pai e ao Filho.

  21. HEBREUS [1]
    1 Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas,
    2 nestes últimos dias, “nos falou pelo Filho”, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, “pelo qual também fez o universo”.
    3 Ele, que é o resplendor da glória e a expressão exata do seu Ser, “sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder”, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade, nas alturas,

    sera que jesus nao criou nada mesmo? nao era o pai por meio de jesus quem criou? sera que o texto esta errado tambem so me faltava. querem apenas satisfazer seus proprios intereces.

    1. Meu amado, o verso diz que POR, ou, PELO, o filho, Jesus, tudo foi criado, não entendeu? Deus já tinha todo o plano da salvacao, e se nao fosse a vinda do seu Filho, qual seria a utilidade da criacao? Tudo ser destruido pelo homem? Um dia seus olhos serao abertos.

  22. Se Jesus não faz parte da Trindade e se foi criado, gostaria q alguém me explicasse o texto q reza:”Eu sou o Alfa e Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, aquele q é, q era e q há de vir, o Todo Poderoso.” (Apocalipse 1.8).?Muito conhecido o texto! “O Todo Poderoso”? Parece-me uma explicação já relevante para a criação. Perceberam? Quem é Jesus? 1) Testemunho do profeta Isaías (Isaías 9.6); 2) Testemunho dos anjos (Mateus 1.21); 3) Testemunho de Tomé (João 20.26-28); 4) Testemunho dos judeus(Lucas 5.21; João 10.33); 5) Testemunho de Jesus “Eu sou” (João 8.58,59) Explicando: “Eu Sou” Significa aquele q existe por si próprio unicamente aplicado ao pai Yahew (Êxodo 3.14) 6) Testemunho do Pai (Hebreus 1.7-9). O Pai chama Deus ao Filho. Se Jesus não faz parte da Trindade, como o Pai lhe chama de Deus, e Pq Ele mesmo se auto-denomina.?”Assim como o Pai tem a vida em Si mesmo, assim tbm concedeu ao Filho ter a vida em Si mesmo.” (João 5.26);Perceberam? Esse conceder já existia. Observem q Deus diz:”Façamos” se o verbo não é façamos, então o verso todo está errado, pq em seguida é usado “à nossa imagem” denominando pluralidade; além do mais não poderia ser anjos pq em nenhum texto da Bíblia diz q os anjos ajudaram a criar alguma coisa. Aliás diz que eles ajudaram a destruir.(Gênesis 19.) Com relação ao Espírito Santo e sobre a Trindade observem a pergunta:”Então perguntei ao anjo: O q são estas duas oliveiras à direita do castiçal? Novamente lhe perguntei: O q são aqueles dois raminhos de oliveira, q estão junto aos dois tubos de ouro, e q vertem de sei azeite dourado? Respondeu-me ele:Não sabe o q é isto? Eu disse: Não, meu Senhor. Então ele disse: Estes são os dois Ungidos, q assistem diante do Senhor de toda a terra.”(Zacarias 4.11-14). Resposta: Jesus Cristo e o Espírito Santo. Perceberam? O anjo se admirou e se surpreendeu, pois ele não sabia quem era aquelas pessoas…entenderam? Ou vcs tbm vão continuar sem entenderem a profecia? Deus criou, Jesus Cristo salvou, O Espírito Santo ensinou, instruiu no caminho. Perceberam? “Quando Ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo. Do pecado pq não creem em mim; (se não creem pecam); da justiça, pq vou para o Pai, e não me vereis mais(O que é justo?) do Juízo, pq o príncipe deste mundo está julgado.”(Os justos já se conhecem), (João 16.8-11) Entenderam? Para mim é muito claro!! Vejam: “O Espírito da verdade, q o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece. …(João 14.17)Perceberam? As pessoas não podem vê-lo, imaginam q não existe. “Ninguém jamais viu a Deus” Vejam: Quando Ele vier o Consolador, q Eu da parte do Pai vos enviarei, o Espírito da verdade, q procede do Pai, Ele testificará de Mim.” Interessante não é? Um poder ou um força pode testificar alguém??Não! Jesus diz:”Eu sou a Videira verdade e meu Pai é o agricultor.”(João 15); Não parece uma alusão as duas oliveiras de Zacarias 4.12?Pois é usado a expressão de ramos em João. Perceberam? Se não estudem!!Abraço.

  23. vai me desculpar ”irmâo”,mas quanto a declaraçao de ‘façamos’,voce dizer que
    DEUS falava com anjos,forçou bastante,e desde quando,fazer deixou de ser criar??
    vao me perdoar ,mas no desejo de provar o improvável ,estao metendo os pés pelas mâos,nao menospresem minha capacidade de pensar

  24. Fico imprescionado que usam qualquer COISA para fundamentarem essa heresia, na verdade não aceitam a doutrina de forma clara como a biblia apresenta, não tem conhecimento histórico, e nem de gramatica portuguesa ou grega, não discuto porque não querem ouvir, seus argumentos são ridiculos, caminham a passos largos para a destruição eterna.

    1. Também fico impreSSionada sobre como usam qualquer coisa para fundamentarem esta heresia…mas, de que heresia estamos mesmo falando? Sirleide da Rocha.

  25. LIVRO ATOS DOS APÓSTOLOS – PAG 52
    A natureza do Espírito Santo é um mistério. Os homens não a podem explicar, porque o Senhor não lho revelou. Com fantasiosos pontos de vista, podem-se reunir passagens da Escritura e dar-lhes um significado humano; mas a aceitação desses pontos de vista não fortalecerá a igreja. Com relação a tais mistérios – demasiado profundos para o entendimento humano – o silêncio é ouro.

  26. Quando DEUS diz: “Façamos”, ELE não pode estar falando com anjos pois, estes são criaturas e não têm a atribuição de criar…. nem de aconselhar… por que DEUS teria anjos como conselheiros DEUS… existe algo que DEUS não saiba? Então, é muito CLARO que a bíblia apresenta DEUS como plural.

  27. O comentário de Carlos Henrique acima dizendo que quando existe 3 repetições na Biblia, tipo: Santo, Santo, Santo entre outras repetições é mais uma prova que existe trindade…, esta declaração é no minimo ingenua ou querer achar que todos nos somos burros e que ninquém estuda a Biblia.
    Estive pensando… sempre quando bato em uma porta de uma casa, bato 3 vezes!!! pelo menos este parece ser o padrão que esta programado em nosso cerebro. vocês já perceberão isso? opá!! mais uma prova da trindade!! Inclua em seu estudo sr ancião!!
    Bem, é ridiculo as tentativas de provar algo que não existe, com teorias absurdas esquecendo-se das provas mais simples e diretas que não precisa de força mental para entender: “eu e o pai somos um!” ” E a vida eterna é esta: que todos conheçam a ti, que és o único Deus verdadeiro; e conheçam também Jesus Cristo, que enviaste ao mundo.” João 17:3 – O evangelho e a verdade é simples, direto, sem complicações, de fácil compreenção.

    1. Irmão Paulo se assim o posso considerar. Não precisa expressar tanto ódio de mim, pois só quero o seu bem. Eu conheço o trabalho dos dissidentes, não chegarão jamais a eternidade com tanto ódio da igreja de Deus. Saia daí, aí não é seu lugar. Volte a sua igreja e ajude a concluir o IDE que só esta igreja exerce. Sobre seus comentários vou me deter apenas em um por enquanto, o Deus que você recusa. Desta feita vou me ater apenas ao Deus Espirito Santo. Um Ser pessoal – Quando Ellen G. White afirma que “a natureza do Espírito Santo é um mistério”, não quer ela dizer que nada podemos saber sobre Ele. Aquilo que a Revelação nos transmite não é especulação; é a realidade, é o nosso dever aceitar por fé. Dois pontos sobre o Espírito Santo estão devidamente assentados nas páginas sagradas: Ele é uma pessoa, e é Deus. “O Espírito Santo tem personalidade, do contrário não poderia testificar ao nosso espírito e com nosso espírito que somos filhos de Deus. Deve ser também uma pessoa divina, do contrário não poderia perscrutar os segredos que jazem ocultos na mente de Deus.” – Evangelismo, p. 617.
      A personalidade do Espírito santo é claramente inferida do testemunho bíblico. As seguintes referências não deixam dúvida a respeito: 1) Ele é citado entre pessoas: “Pois pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor maior encargo” (Atos 15:28). Além disso, Ele aparece na fórmula batismal junto ao Pai e ao Filho (Mat. 28:19); seria redundância Jesus mencionar o Espírito Santo, tendo já mencionado o Pai, fosse Ele a mera energia dEste; também não faria sentido Jesus ordenar o batismo em nome de uma Pessoa, o Filho, e agora em nome de uma energia, o Espírito.
      2) Ele é Senhor (II Cor. 3:17 e 18). Este termo define personalidade e divindade quando aplicado ao Pai e ao Filho; por que não quando aplicado ao Espírito?
      3) Ele possui mente (Rom. 8:27). O termo grego traduzido “mente” neste texto em algumas versões é phrónema (alguma coisa que se tem em mente, que passa pela mente, o pensamento), em contraste com nous (a mente como sede da consciência, da reflexão, da percepção, do entendimento, do julgamento crítico e da determinação). O importante é que phrónema pressupõe a existência de nous. Apenas um ser pessoal é dotado de nous, e pode exercer phrónema. O Espírito Santo é um ser pensante, o que implica inteligência. Ele não pode ser menos que uma pessoa.
      4) Ele tem sentimentos: pode ser contristado – Efé. 4:30. Expressa anseio – Tia. 4:5. Possui alegria – I Tess. 1:6. Ama – Rom. 15:30. Expressa vontade – I Cor. 12:11
      5) Pode, e deve, ser mantida comunhão com Ele (Fil. 2:1; II Cor. 13:13). Não se mantém comunhão com uma energia.
      6) Não é mero poder, mas tem poder (Rom. 15:19) Seria outra redundância a Bíblia falar do poder do Espírito Santo, fosse Ele mero poder; seria “o poder do poder”!
      7) Pode-se mentir a Ele (Atos 5:3). Mente-se a uma pessoa e não a uma energia.
      8) Pode-se-lhe resistir (Atos 7:51). É possível cumprir o papel de um resistor (componente que impede ou atenua, o fluxo de da corrente elétrica) para com o Espírito Santo? Sim, e isto o pecador faz quando, diante do apelo divino, prefere permanecer no erro. Mas isso não significa que o Espírito Santo não seja uma pessoa, pois não é apenas a uma energia que se resiste. Pessoas também podem ser resistidas, incluindo Deus. (11:17). O texto fala de se resistir às claras evidências da verdade, apresentadas pelo Espírito Santo.
      9) Pode-se guerrear contra Ele (Gal. 5:17) O que é uma intensificação de resistência ao Espírito Santo.
      10) Pode-se ultrajá-lo (Heb. 10:29) Como é possível ultrajar uma energia? Ultrajar se liga naturalmente ao sentido de afrontar, insultar, difamar, injuriar, ofender, deprimir, vilipendiar, desacatar, vituperar, envergonhar. Como se pode fazer tudo issp a uma energia?
      11) Pode-se blasfemar contra Ele como se blasfema contra o Filho (Mat. 12:31). É possível blasfemar contra uma energia? Blasfema-se contra uma pessoa, como é o caso de Jesus aqui.
      12) Ele executa específicas funções próprias, não de uma energia, mas de uma pessoa: Sonda, perscruta a Deus – I Cor. 2:10. Concede dons para a edificação da Igreja – I Cor. 12:7 (em outras palavras, ao conceder dons à Igreja o Espírito Se dá a ela). Contende com pecadores – Gên. 6:3. Ordena sobre itens relevantes para a obra de Deus – Atos 8:39; 10:19 e 20. Envia pessoas no processo do cumprimento de alguma missão – Atos 10:19 e 20. Ensina o que uma vez ouviu – João 16:13 (ouvir não é próprio de uma energia), ver também 14:26; I Cor. 2:13 revela, especialmente pelo exercício profético – Atos 1:16; II Ped. 1:21; I Tim. 4:1 testifica através da intuição na consciência, nem como com o testemunho da Igreja – Rom. 8:16; Atos 5:32; Apoc. 22:17
      * move o agente humano na captação da revelação divina – I Ped. 1:21
      * incute novas realidades ainda não percebidas – Heb. 9:8
      * indica a correta compreensão do que é revelado – Ped. 1:11
      * guia os filhos de Deus – Rom. 8:14, inclusive na busca de “toda a verdade” – João 16:13
      * assiste nas fraquezas – Rom. 8:26* intercede corrigindo nossas orações – Rom. 8:26
      * produz frutos na vida dos que se submetem a Ele – Gál. 5:22 e 23
      * lava e renova, o que resulta em salvação – Tito 3:5. Em João 3:5 e 6 este ato é referido por
      Jesus em termos do novo nascimento
      * escreve a lei de Deus nas tábuas do coração – II Cor. 3:3
      * santifica – II Tess. 2: 13; I Ped. 1:2
      * sela os que são de Deus – Efé. 1:13
      Conclusão – Que pessoa maravilhosa é o Espírito Santo! Que humildade que interesse, que desvelo! Ele nos ama a ponto de instar conosco a que sejamos salvos. Ele está disposto a aplicar em nossa vida a obra redentora da cruz em toda a sua extensão. A exemplo do Pai e do Filho, Ele anseia por nossa presença no reino de Deus. Já lhe agradecemos por isso? De fato, Ele é um precioso Amigo. Se O resistirmos, magoá-Lo-emos, e Ele poderá Se afastar triste e pesaroso por nossa indelicadeza e apego àquilo que resultará em nossa infelicidade permanente. Mas se O acolhermos, Ele tomará posse do nosso ser, far-nos-á crescer até a semelhança com Jesus e até colocar os nossos pés na cidade celestial. “Hoje, se ouvirdes a Sua voz, não endureçais o vosso coração” (Heb. 4:7).
      Um forte abraço e fica com o Deus Pai, Deus Filho e o Deus Espírito Santo, aquele que você tanto recusa.

  28. Você está supondo que Deus estava conversando com seus conselheiros, como pode provar que é um erro de tradução? Outra coisa, Deus criou o mal? Como você diz um absurdo desses? Quer dizer que a culpa de tudo o que esta acontecendo conosco é de Deus? Não, por que se ele colocou o mal na minha cabeça, ele não pode nos culpar pelas nossas ações…

  29. Bom, se Deus é trino como muitos afirmam, por que a Igreja Adventista Do Sétimo Dia não prega a trindade em Israel, terra onde o povo sabe muito bem que Deus é único. Bom, a IASD sabe muito bem que se pregar que Deus são três pessoas, não serão nem ouvidos, muito menos aceitos pelo povo judeu que carece tanto do Salvador Úngido de Deus, Cristo Jesus.

    Prova disso é que no site da iasd, em Israel não se diz absulutamente nada sobre a doutrina da trindade,nem mesmo a cruz na logo existe por lá, enquanto em todo o mundo é pregado a trindade como doutrina base para ser batizado, isso sim é um absurdo!
    site em Inglês e Hebraico, veja no que a iasd acredita pelas bandas de Israel:
    http://www.sdaisrael.org/our-beliefs

  30. TEORIA

    Como se constrói uma teoria: a partir de hipóteses ou pressuposições, que podem ser prováveis ou improváveis, e, a partir de uma tese ou diversas teses desenvolvidas com alguma lógica ou até muita lógica, quando aceitas por um grande número de estudiosos do assunto, porém de difícil comprovação, então segue-se como uma TEORIA.
    Assim ocorre com a Teoria da Evolução ou da Criação!
    Teologicamente há uma teoria referente à Divindade, quanto ao número de pessoas Divinas, no cristianismo, que tem por base de pesquisa um compendio que é a Bíblia Sagrada.
    Na atualidade, provavelmente, a maioria dos pesquisadores bíblicos, têm aceito a teoria da Trindade, realidade essa que vem se modificando, pois na verdade a grande maioria não pesquisa em profundidade, e os que estão pesquisando, estão chegando a novas conclusões.
    Foi publicada na Revista Adventista, de novembro de 2009, uma tese tendo por base um texto bíblico, Gên. 1:2, com o título: “O pairar do Espírito de Deus”, nas pgs. 14/15.
    Um dos pilares, o mais usual, e o que parece ser o sustentáculo central dessa teoria, é a personalização a partir da ação.
    Daí a tese do capelão do Colégio Adventista de Esteio RS, Luiz Gustavo de Souza Assis, tomando a ação “pairar” do Espírito, seria mais uma prova de personalização; e assim a pressuposição de que o Espírito de Deus seja uma terceira pessoa co-igual.
    Muito acertadamente, a teologia adventista, sobre o texto de Lucas 23:43, para desconstruir a teoria da imortalidade da alma, usa (um pouco aqui, um pouco ali) com muita propriedade diversos textos relacionados para provar que houve um acréscimo, seja de pontuação, seja da palavra “que”, não existentes no original, pois tal teoria contraria o conceito bíblico.
    Agora, os critérios não podem mudar de acordo com os interesses do interpretador, mas devem ser constantes, e a similaridade deve ser respeitada, então vamos a alguns textos onde devemos manter a similaridade de interpretação:
    1 – 1 Pedro 1:11 – procurando saber o tempo e as circunstâncias para os quais apontava o Espírito de Cristo que neles estava, quando lhes predisse os sofrimentos de Cristo e as glórias que se seguiriam àqueles sofrimentos. 1 Pedro 1:11. – http://www.bibliaonline.com.br/nvi/1pe/1
    (o texto adotado é Nova Versão Internacional)
    Aqui, o Espírito de Cristo, testifica ou testemunha, tendo por pilar ou hipótese ou pressuposição de que só uma pessoa pode testificar ou testemunhar, a pergunta é:
    O Espírito de Cristo seria qual pessoa?
    2 – Gálatas 4:6 -E, porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai. (ARC 1995)
    Mantendo a premissa de que só uma pessoa pode ser enviada, a pergunta é: Que pessoa foi enviada?
    3 – Filipenses 1:19 – Porque sei que disto me resultará salvação, pela vossa oração e pelo socorro do Espírito de Jesus Cristo, (ARC 1995 b. on line)
    Pelo mesmo critério, só uma pessoa pode socorrer, então fica a pergunta: O Espírito de Jesus Cristo, é uma outra pessoa?
    4 – Atos 16:7 – Quando chegaram à fronteira da Mísia, tentaram entrar na Bitínia, mas o Espírito de Jesus os impediu. Atos 16:7 (o texto adotado é NVI, b. on line, existem algumas versões que, para esse texto omitem “de Jesus”, constando apenas “o Espírito”) http://www.bibliaonline.com.br/nvi/atos/16
    Na Bíblia de Jerusalém, que apresenta a melhor fidelidade, também menciona “o Espírito de Jesus, se a intenção naquelas versões que citam apenas “o Espírito”, para abrigar a ideia de que possa ser, de acordo com a teoria trinitária, a 3ª pessoa da Trindade, então o Espírito de Jesus é a terceira pessoa ou quarta pessoa, uma vez que o Espírito de Deus seria a terceira?
    5 – Romanos 8:9 – Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. (ARC 1995)
    Quantas pessoas Divinas são mencionadas nesse texto? De acordo com a teoria trinitária, o Espírito de Deus é a terceira pessoa; então o Espírito de Cristo, que como vimos tem as mesmas prerrogativas, é uma outra pessoa? Uma quarta pessoa Divina?
    6 – Apocalipse 5:6 – E olhei, e eis que estava no meio do trono e dos quatro animais viventes e entre os anciãos um Cordeiro, como havendo sido morto, e tinha sete pontas e sete olhos, que são os sete Espíritos de Deus enviados a toda a terra. (ARC 1995)
    Se o Espírito de Deus é uma Pessoa Divina, pois só uma pessoa pode ser enviada, então quantas são as pessoas da Divindade?
    7 – Tendo como certo de que Jesus Cristo nunca teve nenhum sentimento negativo nem excludente de qualquer pessoa, que razão poderia ter para omitir uma pessoa Divina, se até os anjos, que são criaturas ele incluiu nessas declarações:
    7.1 – Apocalipse 3:5 – O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.
    7.2 – Lucas 9:26 – Porque qualquer que de mim e das minhas palavras se envergonhar, dele se envergonhará o Filho do Homem, quando vier na sua glória e {na} do Pai e dos santos anjos.
    7.3 – Mateus 24:36 – Porém daquele Dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas unicamente meu Pai.

    CONCLUSÃO

    Se o Espírito de Cristo testemunha, e de fato o faz, é enviado, socorre, impede, é similar ao Espírito de Deus (conforme Romanos 8:9), temos que se o Espírito de Cristo pode agir como o Espírito de Deus, ou seria uma quarta pessoa Divina, ou assim como o Espírito de Cristo pode realizar tudo que o Espírito de Deus faz, e não ser uma outra pessoa (4ª), então por quê o Espírito de Deus teria que ser uma outra pessoa (3ª pessoa Divina)?
    Logo, se o Espírito de Cristo não é uma outra pessoa Divina, também similarmente o Espírito de Deus não é uma pessoa, daí a razão de Cristo não o haver mencionado por ocasião da entronização dos salvos, nem na glória de sua vinda, quando será vista a sua glória (de Cristo), a glória do Pai e a glória dos santos anjos.
    Quanto à onisciência, quando Jesus declarou que ninguém sabia, nem Ele, nem os anjos, Ele estava na condição humana, e como humano não sabia, mas, certamente ao reassumir a Divindade, passando a ser também onisciente, passou a saber o dia da sua segunda vinda; então quando disse que só o Pai sabia, é porque não existe uma terceira pessoa co-igual, que para ser co-igual, teria onisciência e assim saberia também o dia da volta de Cristo.
    .
    Há um detalhe muito interessante quanto aos salvos, no capítulo 7 de Apocalipse: nos versos 1 a 8 é mencionado um grupo, numerável e limitado, e nos versos seguintes é mencionada uma grande multidão.
    Agora no capítulo 14, há uma ampliação de detalhes sobre o primeiro grupo:
    V. 12 – guarda dos mandamentos.
    V. 9 – sinal na testa e na mão
    V. 4 – não estão contaminados com mulheres – (significa não terem contaminação de doutrinas espúrias)
    V. 1 – sinal da fronte – (este é o primeiro e principal sinal deste grupo, que não é o maior grupo de salvos, um número simbólico, pequeno e numerável, mas com algumas características especiais, e este sinal é o primeiro. O que significa o sinal na testa (ou fronte)? Compreensão! Por quê apenas e tão somente dois nomes? De Cristo e de seu Pai? Em 1João 1:3, temos a resposta: o que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho Jesus Cristo.
    Jesus declarou: Eu e o Pai, somos um. João 10:30

  31. Carlos Henrique

    Um verdadeiro estudante da Bíblia, não estuda este ou aquele assunto com a mente fechada. Muito pelo contrário, ele deixa as idéias pré-concebidas de lado para ouvir o que as Escrituras têm a dizer. Ele nunca vai além do que o texto está dizendo, justamente para não acrescentar suas idéias adquiridas e assim interpretar erroneamente o texto. Infelizmente, outros já estudam procurando uma base para aquilo que já se acredita, para justificar o porquê se crê dessa maneira. Percebo que o irmão é este último tipo de estudante.

    Qualquer pessoa que faz uma leitura natural de Apocalipse – sem procurar defender esta ou aquela posição – perceberá que o Apocalipse destaca dois seres em especial: Deus, que está assentado no trono, e o Cordeiro, que está à direita dAquele que está assentado no trono. Apenas estes dois recebem a ADORAÇÃO dos seres que estão no Céu (milhões e milhões de anjos, 4 seres com aparência de animais e 24 anciões). Em seguida, TODOS OS SERES QUE EXISTEM, adoram, novamente, apenas os dois:

    “Depois ouvi todas as criaturas existentes no céu, na terra, debaixo da terra e no mar, e tudo o que neles há, que diziam: ‘Àquele que está assentado no trono (Pai) e ao Cordeiro (Filho) sejam o louvor, a honra, a glória e o poder, para todo o sempre!’” – Apocalipse 5:13

    A pergunta é: por que em nenhum momento a suposta terceira pessoa é adorada juntamente com o Pai e o Filho?

    No mesmo livro, há outras informações que também conduz o leitor a visualizar apena duas pessoas. Exemplos:

    – Os salvos levarão sobre si os nomes do Pai, do Filho e da nova Jerusalém (Apoc. 3:12). Até a cidade será lembrada… mas e o nome da terceira pessoa?
    – Os que fizerem parte da 1ª ressurreição serão sacerdotes do Pai e do Filho (Apoc. 20:6).
    – Apenas Pai e Filho serão a santuário da nova Jerusalém (Apoc. 21:22)
    – A nova cidade será iluminada pelo Pai e pelo Filho (Apoc. 21:23)
    – Nessa cidade estará o trono do Pai e do Filho (Apoc. 22:3)

    Quanto ao texto de Apocalipse 1:3: “bem aventurado aquele que lê”, “aquele que ouve” e “aqueles que guardam as cousas nelas escritas”. O irmão tem uma imaginação muito fértil em ver no texto uma “saudação inicial procedente da trindade”. Leia o verso 1, e verás que a mensagem é vinda do Pai, e passa por Jesus e por um anjo de Deus, até chegar a João, e deste para as igrejas.

    Onde está a pessoa do Espírito Santo para que a mensagem tenha uma saudação inicial vinda da trindade?
    Perceba que onde deveria estar o Espírito Santo, está é um ANJO de Deus. Até onde sabemos, o ES nunca foi chamado de anjo na Bíblia. É muito mais natural e lógico que o texto queira dizer que feliz é aquele que dá TOTAL ATENÇÃO à mensagem (lê, ouve e guarda).

    Dizer que o demônio “reconhece a veracidade da Trindade” pois criou uma contrafação desta é uma interessante TEORIA. Para termos certeza de que está correta, é necessário, primeiramente, mostrar que de fato o diabo criou uma contrafação. Para isso, precisamos saber se há uma trindade no Céu, e o livro de Apocalipse é o que nos fornece quantidade suficiente de informações para chegarmos a essa conclusão.
    Por tudo que foi apontado mais acima, realmente é IMPOSSÍVEL defender que há uma Divindade formada por 3 pessoas no Céu. O Espírito que fala às Igrejas é Aquele que esteve morto e tornou a viver (Apoc. 2:8), ou seja, é o próprio Jesus Cristo, que está assentado à direita do Pai, como a profecia de Salmos 110:1 previa.
    A idéia de que de que o diabo só engana por meio de falsificações não procede. Ele é o pai da mentira, e engana também com invenções mentirosas. Além do mais, se a idéia era COPIAR a Divindade, ele deveria usar pessoas e não sistemas político-religiosos como a besta que sobe do mar (igreja romana) e a besta que sobe da terra (EUA, e não o protestantismo). Ambos os poderes podem ser usados pelo inimigo, assim como ele já usou muitos outros instrumentos.

    ————-
    A expressão “Santo, Santo, Santo” prova que há 1 Deus formado por 3 pessoas?
    Todo bom trinitariano adora esta expressão de Isaías. Eles logo vêem uma prova de sua crença. Mas ao procurar compreender tal expressão – e os trinitarianos NUNCA têm esse cuidado – percebemos que longe de estar dando uma “dica” sobre quantas pessoas formam Deus, o escritor bíblico (judeu por sinal) está fazendo uso de um recurso lingüístico para ENFATIZAR as palavras que são dirigidas ao receptor. Assim, “Santo, Santo, Santo” é o mesmo que “Santíssimo”. E há na Bíblia outras expressões onde se repete uma mesma palavra três vezes:

    “Ó terra, terra, terra! Ouve a palavra do SENHOR!” – Jeremias 22:29
    “Ao revés, ao revés, ao revés porei aquela coroa, e ela não mais será, até que venha aquele a quem pertence de direito; a ele a darei.” – Ezequiel 21:27

    Se a simples repetição de uma mesma palavra pode ser usado para indicar quantidade de pessoas na Divindade, o que não concordamos, então o argumento do irmão pode indicar que são apenas dois também:

    “Passando Jeová por diante dele, proclamou: Jeová, Jeová, Deus misericordioso e clemente, tardio em irar-se e grande em beneficência e verdade…” – Êxodo 34:6
    “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor, entrará no Reino dos Céus…” – Mateus 7:21
    “E depois chegaram também as outras virgens, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos.” – Mateus 25:11

    É correto fundamentar uma doutrina em cima de figuras de linguagem e outros recursos da língua?

    ———
    “Deus não seria amor se não tivesse com quem compartilhar”
    Eu gostaria muito de saber onde está escrito que Deus só pode amar se existir uma trindade. Por que os trinitarianos gostam tanto de INVENTAR condições que não estão escritas em lugar algum?
    Irmão, não julgue a Deus pela régua humana. Deus é Deus. Ele é AUTO-SUFICIENTE, ILIMITADO. Deus não precisa desta ou daquela condição para amar. Ele está acima do amor, e não subordinado a este. Não vamos limitar o Deus Todo-Poderoso com achismos e filosofias humanas.

    ————
    “Portanto, a trindade existe, oramos aos três, temos comunhão com os três e Adoramos os três”
    O senhor é livre para orar, ter comunhão a adorar a quem desejar, mas aos que querem seguir os ensinamentos bíblicos, lembram-se:

    – “Para nós, contudo, há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas, e para quem nós existimos; e um só Senhor, Jesus Cristo, por quem são todas as coisas, e nós outros por ele.” – I Cor. 8:6
    – “Em verdade, em verdade vos digo que, se pedirdes alguma coisa ao Pai, ele vo-la concederá em meu nome.” – João 16:23
    – A nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo. – 1 João 1:3
    – “Depois ouvi todas as criaturas existentes no céu, na terra, debaixo da terra e no mar, e tudo o que neles há, que diziam: ‘Àquele que está assentado no trono (Pai) e ao Cordeiro (Filho) sejam o louvor, a honra, a glória e o poder, para todo o sempre!’” – Apocalipse 5:13

    Onde se afirma claramente que Deus é formado por 3 pessoas?
    Onde se afirma que devemos orar ao ES e em nome do ES?
    Onde se afirma que temos comunhão com os três?
    Onde se manda adorar a terceira pessoa da trindade?

    Somente filosofando, inventando pessoa onde não existe, fazendo relações incorretas entre textos da Bíblia, mudando o significado das palavras, achando chifre em cabeça de cavalo é que se conseguem essas respostas, ainda assim tudo muito encoberto, superficial… NADA DITO ÀS CLARAS, COM TODAS AS LETRAS, NADA DE ASSIM DIZ O SENHOR.

    1. Essa é pra você Marcelo Almeida. Medite. O Espírito Santo te chama. Você tem torcido a mensagem a respeito da graça do nosso Deus [e a mensagem da doutrina da Trindade] a fim de arranjar uma desculpa para a sua vida imoral. E também rejeitam Jesus Cristo, o nosso único Mestre e Senhor. Há muito tempo que as Escrituras Sagradas anunciaram a condenação dos dissidentes dos quais se você não se arrepender receberá (Jd 1:3-4, Nova Tradução Na Linguagem de Hoje)Dissidente antitrinitariano volta para Cristo (e para o Espírito Santo!)
      É muito bom receber notícias de pessoas sinceras que, depois de terem sido cegadas por algum tempo, permitiram que Deus iluminasse suas mentes para uma compreensão mais plena da verdade.
      A seguir você conhecerá um pouco da história de Moisés Lucas. Ele escreveu para o programa “Na Mira da Verdade” contando de sua trajetória no meio dissidente e do entusiasmo por hoje viver uma nova paixão pela Pessoa do Espírito Santo.
      Reparta essa história com antitrinitarianos que se encontram presos nas garras do diabo. Confio que tal relato será um instrumento da Terceira Pessoa do “Trio Celestial” (expressão usada pela trinitariana Ellen White!) para auxiliar essas pobres pessoas que já perderam o sabor da verdadeira religião.
      Afinal, eles pregam para quem é da Igreja, ao invés de pregar as Três Mensagens Angélicas (Ap 14:6-12) para os de fora… Como um “evangelismo” dessa espécie pode produzir verdadeiro contentamento espiritual? Impossível.
      O diabo não tem poder para cegar uma pessoa por toda a vida se ela não quiser. Por isso, oro nesse momento para que você, caso seja um dissidente, clame aos céus por auxílio e deixe de lado as heresias e revolta que vem alimentando há algum tempo.
      Leia a seguir o belíssimo relato (destaquei algumas partes e comentei-as entre colchetes):
      Boa tarde, Leandro Quadros. Meu nome é Moisés Lucas e sou de Santa Catarina. Vou lhe contar um pouquinho da minha história de vida como Adventista do 7° Dia. Nasci num lar adventista. Meus pais conheceram a verdade quando tinham +/- 3 anos de casados, através do irmão de meu pai. Sempre fui ativo na IASD desde pequeno devido à influência dos meus pais, que sempre foram líderes na igreja onde morávamos.
      Tenho dois irmãos, ambos casados, e namoro uma linda moça. No ano 2000 morávamos em Blumenau e meu pai era obreiro da IASD. Foi ali que comecei o contato pela 1° vez com a doutrina antitrinitariana. Confesso que no inicio me assustei um pouco, mas, com o passar dos meses, fui me adaptando à nova crença de meu pai. Por ele ter uma influência enorme na minha vida (pois o amo e respeito muito), aceitei a tese de que o Espírito Santo era apenas o poder ativo de Cristo [os dissidentes não chegaram a um consenso: alguns pensam ainda hoje que o Espírito Santo é “o próprio Cristo”; outros, que é o “poder de Deus Pai e de Cristo” enquanto que os demais chegam ao cúmulo de dizer que o Espírito é “o anjo Gabriel! É uma verdadeira “babilônia” de heresias!]
      Os anos passaram e já era 2004. Meu pai foi excluído da igreja. Foi algo muito triste. Meu pai – obreiro de Deus e que cursou 3 anos de teologia – agora tinha seu nome removido do rol de membros da igreja que tanto defendia! Entrei no mesmo barco. Não cheguei a ser removido por que nunca me posicionei verbalmente sobre o assunto. Tinha apenas uma luta interna.
      No ano de 2006 foi o auge da minha revolta. Sem ter chão e parecendo que Deus havia me abandonado, fui colportar. Que coisa, não? Não acreditava na Trindade e fui para a colportagem?! Realmente Deus me tirou de minha cidade. Nessa campanha de colportagem conheci a minha namorada. Terminando a campanha fui morar em Blumenau. Ali a minha luta interna aumentou devido a ver as palestras dos pastores defendendo a Trindade.
      Eu dizia para mim mesmo: “Esses pastores são um bando de ignorantes, mal sabem o quanto estão perdidos”. Passou os anos e permaneceu da mesma maneira. Porém, veio a mudança em minha vida!
      Era o ano de 2010 e eu estava sufocando devido a essa doutrina [percebeu, amigo leitor? A heresia antitrinitariana – predita por Ellen White e chamada de “Apostasia Ômega” – tira a paz!]. Eu estava indo na igreja, mas não acreditava na Trindade! Sentia-me muito mal cantando na congregação, orando e participando! Realmente eu era uma pessoa de duas caras [viu os “resultados” diabólicos do antitrinitarianismo dos dissidentes?]
      Não sei ao certo o mês, mas foi mais ou menos em maio. Pela 1° vez caí de joelhos e implorei a Deus que me desse luz! Não aguentava essa angústia! [quando uma pessoa ora com sinceridade, Cristo a liberta!] Na mesma hora Deus me mostrou um livro: “Como Conhecer a Deus: Um plano de 5 dias” (Pr. Morris Wenden). Leandro ali começou a minha mudança! Tirei a doutrina do foco e coloquei Cristo. Pedi a Ele para não me deixar enganar pela mistura da verdade com mentira e, pela 1° vez em 10 anos, senti novamente o Espírito Santo, enchendo o vazio que havia em mim! [Graças a Deus por isso!]
      Ele fechou a ferida como se nunca estivesse existido! [Algo que o dissidente precisa muito] Hoje não apenas creio no Espírito Santo, mas falo do milagre dEle em minha vida por onde passo. Realmente Ele carregou o meu fardo (que não era pouco), e conduziu-me a liberdade. Hoje O sinto em cada segundo como Deus da minha vida! [Aleluia!]
      Na verdade há muita coisa para contar desse período. Se tivesse oportunidade gostaria de testemunhar através de um vídeo, para que todas as pessoas que saíram da igreja (devido à crença na Trindade) vejam que ainda não pecaram contra o Espírito Santo e que há volta! Que Deus abençoe a todos.

      1. Como que é, Carlos Henrique?
        Eu tenho torcido a mensagem para levar uma vida imoral?
        Foi essa bobagem mesmo que eu li?

        Não crer na trindade é ser imoral?

        Depois dessa asneira, só me resta sentir pena de sua pessoa. Tudo que eu lhe disse, apresentei o texto bíblico para conferir, mas o senhor ao invés de refutar com argumentos bíblicos, partiu para a conversa fiada, aliás comportamento típico de quem não é capaz de refutar e defender o que acredita dentro da Bíblia e fora das teorias humanas, fábulas e filosofias.

        Passar bem!

  32. E, dizer que alguem criou junto com Deus é contraditório. ‘Deus disse: Façamos o homem em nossa imagem’. Ele nao disse: ‘Criaremos juntos, o homem à nossa imagem’. Tem diferença? SIM. Ao dizer isso aos anjos, Deus apenas pronunciou a eles sua ideia de criacao. Os anjos nao criaram, mas tomaram conhecimento de que algo seria feito na semelhanca deles, o homem. Assim, a imagem deles e de Deus fizeram parte da formação do carater do homem.
    No contrario, nao houve ninguem que criou-nos junto com Deus.
    Pois a Palavra é clara ao dizer que Deus YHWH, SOZINHO, foi Criador (Isaias 44:24, Jó 9:8). A Jesus, o Filho de Deus, Deus o tornou o criador das novas coisas, da regeneracao (Col 1:15-19, Hebreus 1:1-4)

  33. O DIABO SÓ IMITA O QUE EXISTE. A TRINDADE CONTRAFEITA
    É bem provável que muitos não acreditem no diabo, mas é uma leviandade dizer que não existe uma luta entre o bem e o mal. Ela existe e todo ser humano está envolvido nela. Nesta batalha, o vilão é o diabo, quer queiramos ou não. Nesta batalha já existe um vencedor. O nosso Senhor e salvador Jesus Cristo. Imagine-se numa situação: a chuva parou as 14:h45min, mas você chega no local as 15:h. Como você sabe que choveu? Pelos vestígios. É só olhar para o chão, para o telhado das casas e ver que estão molhados (Revista Princípios pág.25). A palavra de Deus, as Escrituras Sagradas são a chave para entendermos o que o mal tem feito para imitar a obra do bem, e assim enganar se possível os escolhidos. Deus não criou satanás. Deus criou um anjo perfeito (Ezeq.28:15). Ele criou seres livres. Livres até mesmo para não escolhê-lo se assim o quisessem. E lúcifer fez sua escolha. Com relação à segunda pessoa da Trindade, o que mais me surpreende é que, enquanto o Judaísmo oficial dos dias de Jesus não reconheceu a sua verdadeira identidade como o Messias esperado, o diabo e seus anjos nunca duvidaram, nem falharam em distinguir Jesus como o Filho de Deus, o Santo do Altíssimo. Infelizmente ainda hoje existem Judeus e outros que não acreditam em Jesus Cristo. As Escrituras afirmam o que os demônios declararam a respeito do Jesus Cristo. (Luc.4:41) “Sei quem tu és” (oida se tis ei). Jesus, porém os repreendeu para que não falassem, pois sabiam ser Ele o Cristo. Jesus deixa entender que os demônios sabiam quem Ele era. Da mesma forma, no livro de “Apocalipse” o próprio demônio reconhece também a veracidade da Trindade, aponto de buscar contrafazê-la reencenando seus personagens. O interessante é que João introduz este livro, o Apocalipse, como sendo uma revelação de Jesus Cristo com o objetivo de mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer (Apoc.1:1). Sem profecia o povo anda corrompido. Muita gente quer estudar o Apocalipse com a mente fechada, buscando razão para não crer na Trindade Divina. Devemos ter a mente aberta ao estudar-mos o livro Sagrado para enxergar Jesus o qual se revela como aquele que está no controle da grande controvérsia entre o bem e o mal. Poderíamos citar já a presença da Trindade no verso “3” com a tríplice benção pronunciada. “Bem aventurado aquele que lê”. “Aquele que ouve”. “E aqueles que guardam as cousas nelas escritas”. Não seria nada injusto acreditar que esta é uma saudação inicial procedente da Trindade Divina. O profeta Isaias teve o privilégio de em visão ver a trindade na expressão dos Anjos Serafins que clamavam: “Santo, Santo, Santo” (Trindade) é o Senhor dos exércitos (Isa.6:2-3). Note que os anjos citam três no (plural) e afirmam que é o Senhor no (singular), ou seja, os três são um. O apóstolo João também recebe a mesma visão onde quatro seres viventes não tem descanso nem de dia nem de noite proclamando: “Santo, Santo, Santo” (Trindade) é o Senhor Deus todo poderoso, aquele que “Era”, que “É” e que “há de vir”, (olha a trindade de novo) (Apoc.4:8). No Capítulo 12:1-6 do Apocalipse, descrevem o cenário da batalha com um dragão com sete cabeças, dez chifres e sobre as cabeças sete diademas. Persegue uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos pés e uma coroa de doze estrelas sobre a cabeça. O dragão vermelho com sete cabeças e sete diademas sobre elas, tendo dez chifres, representa primeiramente satanás, e em seguida o império romano seu agente para executar seus planos contra Deus (Dan.7 e Apoc.17). A guerra movida por satanás focaliza em particular os remanescentes, aqueles que guardam os mandamentos de Deus e tem o testemunho de Jesus (v.17). Devemos observar que neste conflito o dragão não está sozinho. No Capítulo 13:1-18 ele reúne seus aliados já derrotados, a besta que subiu do mar e a besta que subiu da terra, formando assim a trindade do mal. O Diabo sempre procurou copiar tudo que vem do Altíssimo. Da mesma forma que as Escrituras descrevem Deus em trindade, Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo, o diabo também levanta uma trindade do mal para assim enganar se possível os escolhidos. Neste último conflito o apocalipse descreve os oponentes em termos de uma contrafação da verdadeira Trindade. O dragão, satanás, pretende ser uma contrafação do Deus Pai. Ele, (satanás) buscou ser igual ao Deus Pai no inicio. Veja em (Isa.14:12-14)…subirei acima das mais altas nuvens e serei “semelhante ao Altíssimo”. Na tentativa de ser o próprio Deus, ele tornou-se o deus deste século, o qual tem cegado o entendimento dos incrédulos, para não reconhecerem que Jesus Cristo é a imagem do próprio Deus (IICor.4:4). Lúcifer procurou sentar-se onde se assenta o próprio Deus. O segundo personagem da trindade demoníaca é introduzida no (capítulo 13:1) com a besta que emerge do mar. O que representa o mar? São povos, nações, multidões e línguas (Apoc.17:5). O diabo usaria alguém na terra, entre os povos para representar a segunda pessoa da Trindade Divina. O curioso de tudo isto é que esta besta é a imagem perfeita do dragão. Como o dragão, ela tem também sete cabeças e dez chifres. A intenção de copiar a segunda pessoa da Trindade verdadeira é nítida, pois os evangelhos apresentam Jesus Cristo como à imagem do Pai (João.14:9; Fil.2:6; IICor.4:4). Na trindade falsa, o segundo personagem é uma contrafação de Jesus Cristo. Como tal poder é identificado na história? Dentro do cristianismo apenas uma entidade se ajusta a esta descrição. Este poder pretende ser o próprio Cristo, perdoando pecados, recebendo adoração, dizendo ter as chaves do reino de Deus em suas mãos por meio do sistema sacramental. Este poder blasfema contra Deus misturando paganismo com adoração a Deus. Blasfêmia na linguagem bíblica é aplicada a pretensão de igualdade com Deus em poder para perdoar pecados (Mar.2:7). A besta que surge das muitas águas, é o mesmo chifre pequeno de Daniel 8. Ela é uma composição de outros animais, o Leão, o Urso e o Leopardo descritos em Daniel 7, pois incorporam aspectos dos inimigos do povo de Deus em todos os tempos. O Apocalipse 13 oferece outros detalhes da semelhança entre a segunda pessoa da trindade do mal e a Trindade Divina. A falsa trindade sofre uma ferida de morte e é restaurada, reencenando assim a ressurreição de Jesus após ser crucificado. O ministério de Cristo nesta terra durou 3 anos e meio. A segunda pessoa da falsa trindade também antes de ser ferida de morte, realizou seu ministério de perseguição durante 3 anos e meio (comparar com Dan.7:25), ou 1260 anos, ou 42 meses proféticos (v.5). O que vemos aqui são uma contrafação de Jesus Cristo em termos de duração de seu ministério, morte e ressurreição. Se o dragão é uma contrafação de Deus o Pai, e se a besta que sobe do mar é uma contrafação do Deus Filho, então a seqüência lógica é que a besta que emerge da terra no (v.11) é uma contrafação do Deus Espírito Santo. Vamos ao texto: “E vi subir da terra outra besta que tinha dois chifres parecendo cordeiro, mas falava como dragão”. A palavra cordeiro aparece 29 vezes no Apocalipse, 28 das quais são referência a Cristo. Esta referencia do Apoc.13 também é parecida com Cristo, ou seja, semelhante ao cordeiro. No livro de (João.14:16) o Espírito Santo é chamado de “PARAKLETOS”, o Consolador. A obra do Espírito Santo é da continuidade a obra de Cristo na vida de seus discípulos, ou seja, Jesus enviaria o Espírito Santo a fim de estar com os discípulos para sempre. No Apocalipse, esta besta que surge da terra é semelhante ao cordeiro. “Ela exerce todo o poder da primeira besta na sua presença e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada (v.12)”. Assim como o Espírito Santo não fala de si, mas de Cristo (João.16:13), esta segunda besta, é a contrafação do Espírito Santo, promovendo a primeira besta, agindo pelo seu poder e seus interesses. Portanto, assim como a trindade Divina se resume em uma só pessoa mais são três, a trindade do mal também se resume em apenas um; satanás, embora sendo três. Algo interessante é que a besta que emerge da terra, também opera grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer a terra diante dos homens (v.13-14). Foi o Espírito Santo quem trouxe fogo do céu a terra, ungindo os discípulos no pentecostes (Atos.2). A trindade do mal está realizando uma mega-obra de contrafação e engano. Enquanto a primeira besta, que simula a segunda pessoa da trindade Divina, (Jesus Cristo) tem sido tradicionalmente identificada como a igreja Romana, a segunda besta, simulando o (Espírito Santo), a terceira pessoa da trindade Divina, tem sido interpretada com o protestantismo moderno apostatado com sua extraordinária ênfase em milagres, prodígios onde o apóstolo João o posiciona como falso profeta. “E vi sair da “boca do dragão”, “da boca da besta” e “da boca do falso profeta”, “três espíritos imundos” (olha a trindade do mal aí) semelhantes a rãs, porque eles são espíritos de demônios operadores de sinais, e se dirigem aos reis do mundo inteiro (Apoc.16:13). Note que os mesmos personagens, agora armado com três espíritos imundos, (protestantismo, espiritismo e catolicismo) realizam também uma contrapartida diabólica dos três anjos do apocalipse 14. Devemos lembrar que Apocalipse 14.6-9, tem o relato das três mensagens angélicas. Em outras palavras, no final, o conflito cósmico será uma trindade contra a outra, e cada uma delas armadas com três anjos, cada uma empenhada em sua proclamação final. Cada grupo de anjos tem uma missão que envolve o mundo todo (Apoc.14:6 e 16:4). O primeiro trio convoca o mundo a adorar ao Deus verdadeiro, o outro reúne multidões para o serviço da trindade falsa. Portanto, satanás nos dias de Cristo reconheceu a identidade do Deus Filho. No Apocalipse 13 e 16 ele reconhece Deus como uma trindade, e é assim que organiza o seu último ataque com uma trindade falsa para enganar se possível os escolhidos ante do fechamento da porta da Graça. O surpreendente de tudo isto é que, como os fariseus dos dias de Cristo, que não o reconheceram, os antitrinitarianos, ao contrário dos próprios demônios não vêem o ensino claro da Trindade Divina, aquilo que até o inimigo reconhece e busca imitar. Como sabemos, o falso só existe apenas em contrafação ao verdadeiro. Não existe falsificação daquilo que não existe. Ninguém pode falsificar uma nota de três reais, pois não existe uma verdadeira. Portanto, o falso, a contrafação, apenas dão testemunhos em favor do verdadeiro e genuíno. Concluímos esta exposição dizendo: O Deus Pai, o Deus Filho e o Deus Espírito Santo são um só Deus. Em (I João.4:8) diz que Deus é amor. Deus não seria amor se não tivesse com quem compartilhar. Portanto, a trindade existe, oramos aos três, temos comunhão com os três e Adoramos os três. E enquanto o Pai nos espera de braços abertos, e o Filho intercede por nós no santuário celestial, ouçamos a voz do Espírito Santo que juntamente com a esposa (igreja do Senhor) dizem vem (Apoc.22:17). Sendo assim, que “A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vós (IICor.13:13)”. Amém.

    Carlos Henrique (Casik Rocha)
    Ancião da igreja Adventista do 7º dia
    De Parque Ideal
    Distrito Dirceu

      1. É isso mesmo. Há cerca de 10 anos conheci um pastor da IASD no PR, que gostava de enfatizar em seus sermões ” que a maioria vai ir assobiando e cantando para o inferno”, e na maioria das vezes, era uma referência aos membros da IASD. Creio que ele não compreendia a extensão de suas próprias palavras.

    1. Sou membro da IASD ha 22 anos, esse tipo de argumento que voce está usando para provar uma trindade me deixam frustrado, pois são mais frajutos que os que os evangélicos usam para tentar negar o Sabado e outras doutrinas biblicas.
      Veja por exemplo, Você diz que “Santo, Santo, Santo” é prova de que há uma trindade. Deus disse em Genises 46:2, “Jacó, Jacó…, então se for usar a sua interpretação posso dizer que Jacó era dois? Em Mateus 22:37 e em Lucas 13:34 o Senhor Jesus disse: “Jerusalém, Jerusalém” então são duas Jerusalens? Esse tipo de argumento só me prova que não há provas biblicas para provar trindade, se houvesse nossos lideres não ensinavam esses absurdos.
      Outro argumento que voce usa, “Que era, que é e que há de vir”, Meu irmão, se não houve nenhum texto na biblia ensinando quem é o unico Deus mesmo assim esse tipo de argumento não serve.
      Nossa teologia fica buscando, “raiz”, “ramo”, “folha”, de palavras gregas e hebraicas para tentar provar uma doutrina catolica e esquece de textos clarissimos que tem na biblia acerca do unico Deus.
      Por Exemplo:
      ME ENSINARAM QUE DEUS É TRES
      A BIBLIA DIZ QUE DEUS É UM.
      Visto que Deus é um só, que justifica pela fé a circuncisão, e por meio da fé a incircuncisão. Romanos 3:30
      Ora, o medianeiro não o é de um só, mas Deus é um. Gálatas 3:20
      Crês tu que Deus é um só? Fazes bem; os demônios também o crêem, e estremecem. Tiago 2:19

      ME ENSINARAM QUE TEMOS TRES DEUSES.
      A BIBLIA DIZ QUE O PAI É O UNICO DEUS:
      Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. I Timóteo 2:3-5.
      Todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele. 1 Coríntios 8:6
      Um só Senhor, uma só fé, um só batismo; Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos. Efésios 4:5-6

      EU FICO COM A PALAVRA DE DEUS SEMPRE!
      Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. Apocalipse 5:13

      1. é uma piada esse seu comentário, né?

        a fala serio meu irmão pois não posso acreditar que vc esta há 22 anos na iasd e não conseguiu entender vc só não conseguiu entender porque não houve a voz de Deus amigo, aproxime-se de Deus e vc vai entender a verdade

        1. meu querido irmão fernando quem está precisando estudar é vc a biblia é clara e não precisa q ninguém tente interpreta-la,vamos deixar de ser cego a vamos para um assim diz o senhor .

      2. Sinto muito Agostinho. Você nunca foi adventista do sétimo dia. Se já passou por esta igreja, volte logo, pra seu próprio bem. Não jogue pedras na menina dos olhos de Deus.

    2. Poderíamos citar já a presença da Trindade no verso “3” com a tríplice benção pronunciada. “Bem aventurado aquele que lê”. “Aquele que ouve”. “E aqueles que guardam as cousas nelas escritas”. Não seria nada injusto acreditar que esta é uma saudação inicial procedente da Trindade Divina.
      Esse trecho foi retirado da sua resposta ao comentário,pois bem usar esse versículo para falar que há uma trindade aí é forçar e torcer o texto até o impossível,ali na há nehuma evidencia de trindade pois não revela personalidades nenhuma são apenas bem aventuranças.
      Tem mais citar:
      Isaias 6-2 – 3 Apoc.4:8 E dizer que ali há uma trindade só por que uma frase ou palavra é repetida 3 vezes meu amigo você ta pegando pesado forçando demais os textos,apenas leia os textos e reflita se tem alguma coisa a ver com trindade me desculpe mas é demais isso.
      Tudo bem segui lendo e vi que você usou trechos das profecias para dizer que 3 bestas se referem a uma tentativa de satanás de imitar uma trindade,me desculpe amigo não tem nada mas nada haver o que você comentou é forçar demais,você não sitou nem 1 versículo que afirmasse existir uma trindade nem 1 sequer.
      Mas sito pra você um texto do livro História da Redençao sei que você conhece esse livro na pagina 20 a primeira frase do início do capítulo 2 do livro diz:
      Pai e filho empenharam-se na grandiosa,poderosa obra que tinham planejado-a criação do mundo.
      Notye apenas pai e filho cadê o deus espirito santo.

      Tem mais, uma sitação do marido de Ellen White veja só:

      JAMES WHITE – Review and Herald – 06 de julho de 1869
      “Que uma pessoa seja três pessoas, e que três pessoas sejam uma só pessoa, é uma doutrina que nós podemos proclamar ser um doutrina contrária à razão e ao senso comum.”
      Pense bem marido de Ellen White

      Outra citação dele

      JAMES WHITE – 24 de janeiro de 1846
      A forma espiritualista pela qual negam a Deus como o único Senhor, e Jesus Cristo está numa primeira posição, constitui um antigo credo trinitariano, fora das escrituras; que Jesus é Deus eterno. No entanto não existe passagem das escrituras que dê suporte isso. Temos testemunhos bíblicos em abundância que ele é Filho do Eterno Pai.

      Outra citação de J.N ANDREWS presidente da Associação Geral da IASD em 1867 olha o que ele diz:

      J.N. ANDREWS – 06 de março de 1855
      A doutrina da Trindade foi estabelecida na igreja pelo concílio de Nicéia 325 AD. Essa doutrina destrói a personalidade de Deus e seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor. A forma infame como foi imposta à igreja, aparece nas páginas da história eclesiástica, que causa aos que acreditam na doutrina corar de vergonha.
      Isso são citações de pioneiros que começaram a obra juntamento com Ellem White ,pense bem

    3. Pobre irmão trinitariano que escreveu o artigo defendendo a trindade. Sobre o assunto o irmão não entende nada. O fato dos demônios acreditarem que Cristo é Filho de Deus, já é uma pregação contra a trindade. Para o Dogma da Trindade, Jesus nunca foi Filho de Deus. Ao contrário do que o irmão trinitariano escreveu, os demônios não acreditam na trindade, mas levam o homens a acreditarem nela porque eles sabem que ao fazê-lo estão levando os homens a quebrarem o primeiro mandamento da Lei de Deus: “Não terás outros deuses diante de mim”.

      1. Caro irmão Elpídio,

        Se Jesus não foi/é Deus todo-poderoso como enternder Isaías 9:6?

        “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” Isaías 9:6

        1. O Nome dele tem conotação de Deus Forte e Pai da eternidade. Basta analisar que o Nome Jesus que é transliteração do Nome Aramaico Yeshua. O Significado deste nome é: YHWH salvação, ou seja, o nome traz consigo a marca do Deus forte e Pai da Eternidade o Unico Deus verdadeiro de Israel. Isso que o Texto de isaias 9:6 esta explicando, jamais esta dizendo de uma segunda divindade de uma trindade.

    4. Um verdadeiro estudante da Bíblia, não estuda este ou aquele assunto com a mente fechada. Muito pelo contrário, ele deixa as idéias pré-concebidas de lado para ouvir o que as Escrituras têm a dizer. Ele nunca vai além do que o texto está dizendo, justamente para não acrescentar suas idéias adquiridas e assim interpretar erroneamente o texto. Infelizmente, outros já estudam procurando uma base para aquilo que já se acredita, para justificar o porquê se crê dessa maneira.

      Qualquer pessoa que faz uma leitura natural de Apocalipse – sem procurar defender esta ou aquela posição – perceberá que o Apocalipse destaca dois seres em especial: Deus, que está assentado no trono, e o Cordeiro, que está à direita dAquele que está assentado no trono. Apenas estes dois recebem a ADORAÇÃO dos seres que estão no Céu (milhões e milhões de anjos, 4 seres com aparência de animais e 24 anciões). Em seguida, TODOS OS SERES QUE EXISTEM, adoram, novamente, apenas os dois:

      “Depois ouvi todas as criaturas existentes no céu, na terra, debaixo da terra e no mar, e tudo o que neles há, que diziam: ‘Àquele que está assentado no trono (Pai) e ao Cordeiro (Filho) sejam o louvor, a honra, a glória e o poder, para todo o sempre!’” – Apocalipse 5:13

      A pergunta é: por que em nenhum momento a suposta terceira pessoa é adorada juntamente com o Pai e o Filho?

      No mesmo livro, há outras informações que também conduz o leitor a visualizar apena duas pessoas. Exemplos:

      – Os salvos levarão sobre si os nomes do Pai, do Filho e da nova Jerusalém (Apoc. 3:12). Até a cidade será lembrada… mas e o nome da terceira pessoa?
      – Os que fizerem parte da 1ª ressurreição serão sacerdotes do Pai e do Filho (Apoc. 20:6).
      – Apenas Pai e Filho serão a santuário da nova Jerusalém (Apoc. 21:22)
      – A nova cidade será iluminada pelo Pai e pelo Filho (Apoc. 21:23)
      – Nessa cidade estará o trono do Pai e do Filho (Apoc. 22:3)

      Quanto ao texto de Apocalipse 1:3: “bem aventurado aquele que lê”, “aquele que ouve” e “aqueles que guardam as cousas nelas escritas”. O irmão tem uma imaginação muito fértil em ver no texto uma “saudação inicial procedente da trindade”. Leia o verso 1, e verás que a mensagem é vinda do Pai, e passa por Jesus e por um anjo de Deus, até chegar a João, e deste para as igrejas.

      Onde está a pessoa do Espírito Santo para que a mensagem tenha uma saudação inicial vinda da trindade?

      Perceba que onde deveria estar o Espírito Santo, está é um ANJO de Deus. Até onde sabemos, o ES nunca foi chamado de anjo na Bíblia. É muito mais natural e lógico que o texto queira dizer que feliz é aquele que dá TOTAL ATENÇÃO à mensagem (lê, ouve e guarda).

      Dizer que o demônio “reconhece a veracidade da Trindade” pois criou uma contrafação desta é uma interessante TEORIA. Para termos certeza de que está correta, é necessário, primeiramente, mostrar que de fato o diabo criou uma contrafação. Para isso, precisamos saber se há uma trindade no Céu, e o livro de Apocalipse é o que nos fornece quantidade suficiente de informações para chegarmos a essa conclusão.
      Por tudo que foi apontado mais acima, realmente é IMPOSSÍVEL defender que há uma Divindade formada por 3 pessoas no Céu. O Espírito que fala às Igrejas é Aquele que esteve morto e tornou a viver (Apoc. 2:8), ou seja, é o próprio Jesus Cristo, que está assentado à direita do Pai, como a profecia de Salmos 110:1 previa.
      A idéia de que de que o diabo só engana por meio de falsificações não procede. Ele é o pai da mentira, e engana também com invenções mentirosas. Além do mais, se a idéia era COPIAR a Divindade, ele deveria usar pessoas e não sistemas político-religiosos como a besta que sobe do mar (igreja romana) e a besta que sobe da terra (EUA, e não o protestantismo). Ambos os poderes podem ser usados pelo inimigo, assim como ele já usou muitos outros instrumentos.
      —–

      A expressão “Santo, Santo, Santo” prova que há 1 Deus formado por 3 pessoas?
      Todo bom trinitariano adora esta expressão de Isaías. Eles logo vêem uma prova de sua crença. Mas ao procurar compreender tal expressão – e os trinitarianos NUNCA têm esse cuidado – percebemos que longe de estar dando uma “dica” sobre quantas pessoas formam Deus, o escritor bíblico (judeu por sinal) está fazendo uso de um recurso lingüístico para ENFATIZAR as palavras que são dirigidas ao receptor. Assim, “Santo, Santo, Santo” é o mesmo que “Santíssimo”. E há na Bíblia outras expressões onde se repete uma mesma palavra três vezes:

      “Ó terra, terra, terra! Ouve a palavra do SENHOR!” – Jeremias 22:29
      “Ao revés, ao revés, ao revés porei aquela coroa, e ela não mais será, até que venha aquele a quem pertence de direito; a ele a darei.” – Ezequiel 21:27

      Se a simples repetição de uma mesma palavra pode ser usado para indicar quantidade de pessoas na Divindade, o que não concordamos, então o argumento do irmão pode indicar que são apenas dois também:
      “Passando Jeová por diante dele, proclamou: Jeová, Jeová, Deus misericordioso e clemente, tardio em irar-se e grande em beneficência e verdade…” – Êxodo 34:6
      “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor, entrará no Reino dos Céus…” – Mateus 7:21
      “E depois chegaram também as outras virgens, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos.” – Mateus 25:11

      É correto fundamentar uma doutrina em cima de figuras de linguagem e outros recursos da língua?

      ———–
      “Deus não seria amor se não tivesse com quem compartilhar”

      Eu gostaria muito de saber onde está escrito que Deus só pode amar se existir uma trindade. Por que os trinitarianos gostam tanto de INVENTAR condições que não estão escritas em lugar algum?
      Irmão, não julgue a Deus pela régua humana. Deus é Deus. Ele é AUTO-SUFICIENTE, ILIMITADO. Deus não precisa desta ou daquela condição para amar. Ele está acima do amor, e não subordinado a este. Não vamos limitar o Deus Todo-Poderoso com achismos e filosofias humanas.

      ————–
      “Portanto, a trindade existe, oramos aos três, temos comunhão com os três e Adoramos os três”

      O senhor é livre para orar, ter comunhão a adorar a quem desejar, mas aos que querem seguir os ensinamentos bíblicos, lembram-se:

      – “Para nós, contudo, há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas, e para quem nós existimos; e um só Senhor, Jesus Cristo, por quem são todas as coisas, e nós outros por ele.” – I Cor. 8:6
      – “Em verdade, em verdade vos digo que, se pedirdes alguma coisa ao Pai, ele vo-la concederá em meu nome.” – João 16:23
      – A nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo. – 1 João 1:3

      – “Depois ouvi todas as criaturas existentes no céu, na terra, debaixo da terra e no mar, e tudo o que neles há, que diziam: ‘Àquele que está assentado no trono (Pai) e ao Cordeiro (Filho) sejam o louvor, a honra, a glória e o poder, para todo o sempre!’” – Apocalipse 5:13

      Onde se afirma claramente que Deus é formado por 3 pessoas?
      Onde se afirma que devemos orar ao ES e em nome do ES?
      Onde se afirma que temos comunhão com os três?
      Onde se manda adorar a terceira pessoa da trindade?

      Somente filosofando, inventando pessoa onde não existe, fazendo relações incorretas entre textos da Bíblia, mudando o significado das palavras, achando chifre em cabeça de cavalo é que se conseguem essas respostas, ainda assim tudo muito encoberto, superficial… NADA DITO ÀS CLARAS, COM TODAS AS LETRAS.

    5. Caro ancião!
      saiba que existe somente um Deus único e verdadeiro, portanto, o deus trindade é falso, portanto, quem adora tal deus é IDÓLATRA, TRASNSGRIDE TODOS OS MANDAMENTOS.

    6. A Unica coisa que eu falo é que Deus tenha Misericórdia de vcs que descordam da palavra e da igreja de Deus, A palavra de Deus é uma só e vcs sabem que a igreja Adventista do Setimo Dia é a Igreja de Deus mas vcs ñ dão o braço a torcer, creio eu que vcs eram Adventista mais por ter feito coisas “fora da Doutrina da igreja” foram escruidos e se revoltaram não aceitaram, mas vcs sabem que igreja é de Deus, Ficam usando texto fora do contexto, Deus tenha misericórdia… Vão estudar….

      1. é meu querido quem está precisando estudar é vc , que tenta defender uma igreja q quando vc precisar q ela te defenda eles vão virar as costas pra vc ,é melhor ficar do lado da verdade e deixar de ir por cabeça de homem ao inves de vc ficar com a igreja fique com Cristo e sua palavra.

      2. Se a Igreja Adventista é a Igreja de Deus, porque ela não se chama Igreja de Deus? Eu pertenço a Igreja de Deus, e a igreja de Deus tem este nome mesmo. A maior prova que a Igreja adventista não é a Igreja de Deus, é que ela nao se chama igreja de Deus, ela diz ser mas não se chama. A Igreja de Deus ela é e se chama igreja de Deus.

    7. A MORTE DE DEUS

      De nada valeu Ele ter escolhido Abraão e dele feito uma nação sacerdotal para dar ao mundo a idéia monoteísta. De nada serviu Ele ter descido no monte Sinai e escrito em tábua de pedra: “não terás outros deuses diante de Mim”. O sofrimento pelo qual passou o povo judeu até que aprendesse que apenas o Senhor é Deus, foi infrutífero. A martirização dos primeiros cristãos na sua luta contra o pensamento politeísta pagão, a luta desses cristãos para ensinar aos pagãos “que Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para todo aquele que nele crer, não pereça, mas tenha a vida eterna”, resultou em fracasso. Hoje , o Deus de Abraão, Isaque e Jacó, está morto na mente da maioria dos cristãos.

      A vitória de Satanás contra o Deus dos patriarcas foi espetacular. Satanás enterrou o Deus do monoteísmo judaico no abismo mais profundo. É tão profundo esse abismo, que dele Deus jamais sairá.

      Mas como o inimigo de Deus conseguiu matá-lo, se Ele é imortal? Mudando a idéia de Deus. O Deus que era único, um e pessoal, foi transformado em uma abstração impessoal. Nenhum trinitariano ousa dizer que a sua Unidade/Trindade/Divindade seja uma pessoa, porque é impossível existir uma pessoa que seja plural. Está no campo da impossibilidade existir uma pessoa que seja resultado da união de outras três. Assim, Deus como uma única pessoa deixou de existir, sendo morto e enterrado no abismo mental da maioria dos cristãos. Deus, como sendo apenas a pessoa do Pai foi morto e colocado no abismo do esquecimento.

      A morte do Deus do monoteísmo judaico foi lenta e agonizante. Durante vários séculos ele veio sendo torturado até que se conseguisse matá-lo completamente na mente da maioria. O homicídio do Deus judaico transitou do Triteísmo (três deuses: Pai, Filho e Espírito Santo), passando pelo Quartenarismo (Trindade como pessoa mais Pai, Filho e Espírito Santo como Deuses individuais), visitando o Modocionismo (Um único Deus pessoal usando as máscaras do Pai, do Filho e do Espírito Santo), chegando finalmente ao Dogma da Trindade com a completa despersonalização de Deus.

      Para os trinitarianos Deus é um, mas sem personalidade própria. Sendo Deus uma Unidade/Trindade/Divindade composta por três pessoas distintas, ele não pode ser um Deus pessoal, porque não existe pessoa que possa ser formada por outras três. O assassinato do Deus judaico foi total. Ele deixou de existir como pessoa e no lugar dele foi colocado um conceito, uma abstração que nada ouve, nada vê, nada sente, nada faz. Desse novo deus nem se pode dizer: tem olhos, mas não vê; tem ouvidos, mas não ouve; tem mãos, mas não toca; tem pés, mas não anda; tem boca, mas não fala, porque, esse deus criado pelos homens não tem boca, não tem olhos, não tem ouvidos, não tem mãos, não tem pés, enfim, não tem nada.

      1. Fiquei triste. O ARREDA não foi para este texto do Elpídio. Li algo tão escabroso que só pude escrever ARREDA, e o troço parece que sumiu. Sirleide da Rocha

    8. Meu caro Carlos Henrique, voce disse acima , que o primeiro convoca o mundo a adorar o DEUS verdadeiro, eu lhe pergunto sem pretender lhe contestar, qual dos tres é o deus verdadeiro, quando você usa o termo, o deus verdadeiro, você estar se referindo a um , ao unico DEUS verdadeiro, como JESUS se referiu em João 17.3?, eu creio e você deve tambem cre, que JESUS só falava averdade e que é o Filho de DEUS, que o DEUS verdadeiro não é homem que mente, se nós entrar-mos por êsse caminho, querendo provar que existe uma trintade “deus pai, deus filho e deus espirito santo” sem perceber, estamos afirmando que DEUS e JESUS o Filho desse DEUS, não falam a verdade quando, falam deles mesmos, Exodo 20.3, João 17.3, fora muitos outros versiculos que afirmam e confirmam essa v erdade Biblica. Se passar-mos disto estaremos incluindo nosso DEUS e Seu Santo Filho nosso Senhor JESUS CRISTO, no contesto de João 8.44, que é sem dúvida o pecado que não terá pérdão, nem aqui nem encanto nenhum. Paulo disse que não procurou saber nada de3ntre os irmãos de Corintios, a não ser Cristo e este crucificado, porquer estamos dxebatendo assunto que muitas vezes não edifica a fé? Fique com DEUS e paz em JESUS CRISTO. Amem.

  34. Quanto a este assunto fico com a citação de Ellen White em Atos dos Apóstolos pg 28.” A natureza do Espírito Santo é um mistério. Os homens não a podem explicar,porque o SENHOR não lhes revelou.Com fantasios pontos de vista,podem-se reunir passagens da ESCRITURA e dar-lhes um significado humano; mas a aceitação desses pontos de vista não fortalecerá a igreja.Com relação a tais mistérios-demasiado profundos para o entendimento humano-o silêncio é ouro.”

    1. Eu prefiro a bíblia:

      Mateus 11:25 Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que OCULTASTES (é mistério para eles – palavras minhas) estas coisas AOS SÁBIOS E ENTENDIDOS, e as REVELASTE AOS PEQUENINOS .
      Mateus 11:25

      Não interprete mal, um dia fui como você, tudo para mim se baseava nos livros de Ellen White, até que um dia comprei esse livro:
      http://www.cpb.com.br/produto-159-mensageira+do+senhor.html

      a partir daí pude entender quem foi realmente Elle White.

    2. Não sei se já estudou sobre o conceito de revelação, que é a comunicação entre Deus e o profeta. Aqui fica alguns parâmetros da revelação:

      1. A revelação é progressiva
      2. A compreensão da revelação também é progressiva
      3. Deus revela somente a verdade que sabe que poderemos entender e que produzirá uma reação favorável para Sua causa

      Assim como foi progressiva a compreensão de Ellen White ao passar do tempo em relação à:

      Santuário (anos após 1844)
      Sábado (só após 1845. A princípio, ela aparentemente até ignora sua importância, dizendo que o capt. Bates falava demais sobre o sábado)
      Reforma de saúde (Só após 1863, recebeu plena luz)
      Justificação pela fé (A partir de 1886)

      A correta compreensão de EGW sobre o Espírito Santo só se deu ao final da década de 1890. Todos os escritos anteriores a esse tempo, aparentemente indicam uma visão meio incógnita sobre o Espírito Santo e a trindade.
      Para ela, sim por enquanto, bastava o silêncio de Deus e esse, até então, valia ouro.

      No livro Evangelismo, que é posterior, encontra-se aparentemente uma contradição à sua citação, mas levando-se em conta o conceito de REVELAÇÃO PROGRESSIVA, eles não entram em desacordo:

      “Precisamos reconhecer que o Espírito Santo, que é tanto uma pessoa como o próprio Deus, está andando por esses terrenos.” pág. 616

      1. Olha irmão, tambem sou leitor dos escrito de Ellen White, nem tudo que ela escreveu não vale apenas discuti-lo ou defender, porquer ela mesma escreve, em tres pessoas da divindade, tres potestades, tres poderes. e pesquisando a Biblia nunca encontrei na da refernte a esses tres, e tenho humildemente, solicitado, se alguem me apresentar esses tres ” potestade, divindade, poderes, tres deuses, etc…,nas Escrituras Sagradas, agradecerei de coração, pois eu estou em busca de verdade que me leve a salvação, e ainda presentearei esse irmão com quinhentas Bíblias que contenha essas expressões, para que ele faça trabalho mission ario e estudo biblicos presenteando com essa biblia as pessôas popr acasião do batismo. Quem queira se habilitar meu email é: ebenezer.lgs@hotmail.com. Fique na paz com as bençãos do DEUS Unico e Verdadeiro e a JESUS o qual foi enviado por esse DEUS para nos salvar. Aleluia e amem.

  35. Adão e Eva eram ‘perfeitos’, ‘relativamente’, assim como seremos depois da ressurreição. Certo?

    Pois então, um único verso já diz tudo: de que não existe ‘lucifer e seus anjos’, e de que o homem foi criado em semelhança à anjos, também. Ev.Lucas 20:36 diz que anjos não podem morrer (portanto, nao podem pecar, pois o salario do pecado é a morte) e que nós, que servimos fielmente à Deus, somos iguais aos anjos! Tambem como diz Apocalipse 22:9.
    Em Genesis 11:7, YHWH Deus tambem diz no plural. Ele diz: “desçamos”. Ora, se Deus é onipresente, ele já estava na Terra! Quem precisou descer foi os anjos. Ele estava falando com anjos. Apareceram a Abraao e a Ló, 3 homens: Nao eram uma trindade. Um deles era Deus, e outros dois eram anjos! Deus junto com anjos? Sim. Deus trabalhava em conjunto com anjos também. Isso não tira sua soberania, por exemplo, ele disse aos anjos: Vamos fazer o homem, conforme nossa imagem! Mas quem criou o homem? Somente Deus. Ele disse: Terra, produza os animais! Mas quem criou os animais? Somente Deus. Sao incoerencias? Nao! Posso dizer à uma editora: Vamos fazer um livro! Mas quem que o escreveu? Eu.

    E por favor, saibam que eu nunca fui adventista, entao parem de dizer que estou revoltado com eles. Estou apenas fazendo o que um cristão deve fazer: Publicar a verdade a todos. Inclusive adventistas, e inclusive eu!

    1. \procure aprofundar mais os estudos da Bíblia, note que um texto sempre completa ou confirma outro texto, nunca contradiz.
      Um texto fora do contexto se torna um pretexto para não estudar mais…

    2. Gleison! Se você não é um dissidente, deve andar com eles. Só em afirmar que fomos feitos a imagem de anjos, é o mesmo que dizer que fomos feito a imagem de macacos. Somos unica e exclusivamente criados a imagem de Deus. Quanto a Lucas dizer que anjos não morrem com certeza estava se referindo aos anjos que não caíram em pecados, porque os que foram expulsos do céu, com certeza serão destruídos, pois Deus preparou um fogo destruidor para o diabo e seus anjos. Quando Deus disse: desçamos, é simplesmente para nossa compreensão, para entendermos que o céu é a sua morada, mas Ele é onipresente. Disse Davi: Para onde fugirei da tua face? Gleiso! Cuidado nas suas afirmações. Dizer também que aqueles que desceram a Abraão eram anjos e não a trindade divina, é querer mudar o conceito divino que afirma que só Deus pode ser adorado. E aqueles que desceram a Abraão aceitaram adoração de Abraão e Ló Gen.18: 2-3. 19:1. Se fossem anjos teriam repreendido a Abraão e Ló como fez com João na ilha de Pátmos Apoc.19:10. (Também não eram homens, pois Pedro também não aceitou adoração Atos.10:25-26). E Ló ainda chamou-os de Senhor meu ou meu Deus v.18. Portanto, não resta dúvida de que os que estavam presentes na criação era a trindade divina, assim como a trindade do mal, o dragão, a besta que emergiu da terra e a besta que emergiu do mar estarão juntas na destruição deste mundo. Não é incoerência dizer que Deus precisa dos seus anjos, mas, é uma grande “burrice” (desculpe da palavra) dizer que fomos feitos a imagem de anjos. É mais fácil acreditar em Darwin. Portanto, se afaste dos dissidentes que nem em Cristo eles acreditam, por isto você não pode fazer papel de cristão. Que Deus te ajude a encontra a verdade. Um abraço e fica com Deus. Amém.

    3. Discordo de praticamente tudo o que vc diz. primeiro anjos podem morrer? a resposta- Sim porque? I Tm 6:16 o unico que possui a imortalidade é Jesus (somente Deus tem vida em si mesmo) Mt 25:41 Deus preparou o fogo eterno para o diabo e seus anjos, sabemos que o fogo eterno está ligado a maldição divina e sim extinguirá diabo, seus anjos e todos aqueles que decidirem o mesmo destino.2 Pe 2:4 diz que Deus precipitou ao inferno (sepultura) os anjos que pecaram. Quando Jesus esteve aqui na terra hebreus diz que ele era menor que os anjos Heb 2:9, nós somos inferiores aos anjos não a imagem e semelhança deles.
      em Lc 20:36 diz que seremos iguais aos anjos, quando estivermos em posse da arvore da vida.
      Agora vc cometeu um certo engano porque diz que Deus é onipresente e não precisava descer a terra, mas logo em seguida diz que desceu com dois anjos, afinal Deus pode descer ou não? claramente pode como o fez.
      Quando um verbo qal está na forma plural ativa todos os sujeitos são participantes da ação e em nenhuma passagem diz que os anjos são criadores, logo os anjos não podem ser os sujeitos ativos do verbo, não podemos confundir a gramática hebraica com a portuguesa.
      E como explicar Gn 3:22, os anjos tambem tem conhecimento do mal como Deus que é onisciente?

  36. Primeiro: Nao confundam uma profecia contra o rei Tiro, como sendo doutrina sobre Lucifer (e nao vem com a desculpaa de que a profecia era simbolica, pois se vcs creem que era, entao nao podem crer que o ‘querubim’ da profecia seja literal)

    Segundo, nao confundam profecia de Apocalipse 12 que fala sobre a queda do imperio romano como sendo a queda de lucífer: O ‘Satanas’ do contexto simboliza o imperio romano com sua sabedoria diabolica (contra Deus) (dragão foi comparado como a ‘antiga serpente’, que nao era lucifer, e que enganou Eva com sua própria astúcia, que Deus a tinha dado na criacao). Anjos do grego pode significar tanto anjos celestiais como tambem mensageiros, servos. Os ‘anjos’ de Miguel sao os servos de Deus e os ‘anjos’ de roma sao suas autoridades e militares. O proprio trecho tambem diz a origem das ‘estrelas do céu’: as estrelas sao da igreja (verso 1), isto é, os servos de Deus que foram enganados pelo imperio romano (“precipitados”).

    Terceiro: Se os anjos estavam com Deus quando ele disse ‘facamos à nossa imagem’, ÓBVIO que o ser humano foi criado à semelhança de Deus.

    Quarto: A terra que produziu os animais, nao foi Deus: Entao, quem criou os animais? A terra ou Deus? Da mesma forma, mesmo se os anjos auxiliaram Deus na criacao, isso nao interfere de que Deus que foi quem criou.

    Quinto: Em Isaias 40:13, diz: ‘E que conselheiro o ENSINOU?’ Essa pergunta (nao é afirmação), diz um verbo e vocês entendem como outro. Ensinar é diferente de opinar. Ninguém ensina Deus em nada, mas opina. Assim como o filho de Deus, acusador (a tradução do heb. “HaSatan”, pois muitos não traduzem, dando a ideia de que seja um nome, mas na verdade é somente uma qualidade de um dos filhos de Deus que estavam) de Jó, fez: ele opinou, não ensinou.

    1. Primeiro: Não é uma profecia simbólica, o profeta faz uso de tipologia para dizer que o rei de tiro tem as mesmas características de satanas.
      Segundo: Se o dragão é o imperio romano como vc me explica os seguintes textos A guerra foi entre miguel e seus anjos e o dragão e seus anjos e a batalha foi no céu, como o imperio romano e seus enviados lutaram no céu?
      O texto diz que o dragão é a antiga serpente, não simboliza, é. alem disso o dragão se chama diabo e satanás e é o sedutor de todo o mundo, como isso pode se aplicar ao imperio romano?
      Porque os santos venceram o imperio romano com o sangue do cordeiro? 12:11
      Quando o imperio romano se viu atirado para a terra persegui a mulher que dera a luz ao varão? não faz sentido
      Quarto Nem a terra nem os anjos tiveram papel criador. tudo se fez pela sua palavra e foram obras de suas mãos.
      Quinto. sim é uma pergunda retórica. ninguem o aconselhou o guiou. e o verbo no hifil siguinifica dar a conhecer, declarar. a pergunta é algum concelheiro declarou alguma coisa nas obras de Deus? não pois é uma pergunta retórica.

    2. Só a verdade liberta, hoje precisamos mais do que nunca de homens humildes, homens de fé e coragem, que sejam firmes no que é reto, ainda que caiam os ceus, homens que queiram a paz homens que queiram o amor, homens senciveis a voz do Espírito e que sejam como o Senhor. Pense nisso, amém.

  37. Com respeito a gênesis 1:26, nós temos a seguinte compreensão com base na Escritura de Provérbios 30:4 sobre a Criação (… Qual é o seu nome, e qual é o nome de seu filho, se é que o sabes?) e no livro História da Redenção à página 20 e 21 que reza o seguinte: “E agora disse Deus a Seu Filho: “Façamos o homem à Nossa imagem.”; ou seja, cremos que na criação estavam atuando apenas duas pessoas: O Pai e o Filho. Alexandre Botelho.

    1. Alexandre

      E depois disso, Ellen White escreveu que o casal edênico, juntamente com os anjos, adoraram ao Pai e ao Filho após a criação.
      Na Bíblia temos que Deus fez o mundo por meio do Filho (Heb. 1:2)

      Portanto, NÃO HÁ UMA TERCEIRA PESSOA NA CRIAÇÃO. Querer usar o “façamos” como prova de trindade beira a insanidade. Se os adventistas não querem crer na Bíblia, creiam em Ellen White, que só colocou duas pessoas como agentes na criação.

      1. beirar a insanidade isso fazem os seus comentários vc não continuou lendo que o espirito de Deus pairava sobres as aguas e esse verbo pairar em grego quer dizer incubar, preparar o ambiente preparar o útero para um ser

        1. VEJA isto: ” No princípio…, e UM SOPRO DE Deus agitava a superfície das águas.” Gên 1:1. BÍBLIA DE JERUSALÉM, nova edição revista e ampliada. PAULUS. Agora, pasme pela nota no rodapé: d) Poderse-ia traduzir por “grande vento” (ver também 8 que emprega o mesmo termo ruah). Não é preciso ver aí uma afirmação do papel criador do espírito de Deus. (e espírito com e minúsculo, comentário meu). Além de que, se você se recorda, Deus fez as águas do diluvio baixarem através de um grande vento, cap 8 de Gênesis. Para aquela que faz tal afirmação: “O mistério da Trindade é a doutrina central da fé católica. Sobre ele estão baseados todos os outros ensinamentos da Igreja.” Tirado de O Mundo Católico, esta é uma séria objeção ao uso de Gên 1:1 para defender a doutrina da trindade. Por favor, ACORDEM!!! Sirleide da Rocha.

    2. O que interessa se DEUS é plural ou único, o importante é que ELE é o meu Salvador e Senhor! No céu eu terei as repostas para as minhas e suas dúvidas! Entregue a sua vida ao Senhor! Deixe Ele ser o Deus da sua Vida.

      1. Olá, boa tarde.
        Prezado, não siga esse caminho, a verdade sobre o criador é clara e transparente e ELE deseja que nós o conhecemos hoje.

        E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.
        João 17:3

        O não conhecimento de teu Salvador não te conduzirá a salvação, cuidado meu caro amigo.

      2. É triste ver pessoas usando verbos e pronomes no plural, para sustentar ou criar uma crença, isto sim, é delírio. pois não existe na bíblia nada que sustente, a existência de uma tal terceira divindade. A ssim como batismo em nome do pai,do filho e do espírito santo….

      3. Meu caro irmão!
        você espera ir para o céu?
        saiba que ninquém vai para o céu, puro engano, o habitat do homem é e será aqui na Terra que será renovada por YEHOSHÚA (JESÚS), e é por isso que ele se encontra a dextra de DEUS para que YHWH, possa colocar todos os inimigos debaixo de seus pés no reino milenar e destruir os maus, idolatras e desobedientes á suas leis, preceitos e estatutos. devemos estudar mais a Palavra de Deus e ter cuidado com ensinos errôneos dos pastores,ministros, rabinos etc. Estude, pesquise, NINQUEM VAI PARA O CÉU.

    3. Alexandre gostaria muito de manter contato com você,estou estudando muito sobre esse assunto,e qualquer material que você tenha e pudesse me enviar ficaria grato,assim posso ajudar a transmitir essa mensagem. segue meu e-mail
      stenyocm2@hotmail.com

    4. Alexandre gostaria muito de manter contato com você,estou estudando muito sobre esse assunto,e qualquer material que você tenha e pudesse me enviar ficaria grato,assim posso ajudar a transmitir essa mensagem. segue meu e-mail
      stenyocm2@hotmail.com

  38. Este material é muito contraditório.
    Ele começa fazendo algumas perguntas, que gostaria responder.
    – primeira pergunta: “Deus estava falando sozinho?”.
    Resposta: não. Deus não é um doente mental para falar sozinho.
    – segunda pergunta: “Com outras pessoas da suposta divindade?”.
    Resposta: Sim. Porque Ele (Deus), fala com quem participa da criação do homem.
    Quando Deus diz “Façamos o homem” ou (“modelaremos” como queira chamar o autor do artigo), Deus estava chamando alguém para participar da criação do homem.
    – terceira pergunta: “Com anjos?”.
    Resposta: Não. Eu não sou imagem de anjos (nem anjos bons piorou de anjos maus). Eu sou a imagem de Deus. Gn. 1:26.
    A Bíblia nunca diz que anjos são criadores de algumas coisas muito menos do homem.
    Além do mais, se fossemos feitos pelos anjos e por Deus, a palavra “imagem” estaria no plural, referindo imagem de Deus e imagem de anjos.
    O autor do artigo diz que Deus tem os anjos como conselheiros, usando o texto I Reis 22:19 que diz:
    “Micaías prosseguiu: Ouve, pois, a palavra do SENHOR: Vi o SENHOR assentado no seu trono, e todo o exército do céu estava junto a ele, à sua direita e à sua esquerda”.
    Onde o texto diz que Deus recebe conselho de alguém?
    Pelo contrário, se esses seres são concelheiros de Deus eles não são confiaves, porque cada um tinha um conselho difernte.
    Perguntou o SENHOR: Quem enganará a Acabe, para que suba e caia em Ramote-Gileade? Um dizia desta maneira, e outro, de outra. Verso 20.

    Muita falta de conhecimento da parte o autor do artigo, querer disvazer da Pluralidade de Deus com esses argumentos. Pois a Bíblia diz que Deus não recebe conselho de ninguém!
    “Com quem tomou ele conselho, para que lhe desse compreensão? Quem o instruiu na vereda do juízo, e lhe ensinou sabedoria, e lhe mostrou o caminho de entendimento”?Is. 40:14.

    Querido leitor, tome quidado com o que você lê neste site, pois são materiais duvidosos de pessoas revoltadas com a Igreja Adventista do Sétimo Dia.

    Eles estão dispostos até torcer um texto bíblico para demonstrar suas revoutas.
    Porque um texto fora do contexto vira um pretesto. Fique em alerta!

    1. Parabéns irmão Enilton. Esses dissidentes sofrem nas mãos daqueles que estudam as Escrituras Sagradas. Aqui na minha cidade, Teresina-Pi eles estão quetinhos!
      Tenho um material muito bom sobre a Trindade, se você quiser meu irmão posso te enviar por email.
      Que o grande Deus criador te abençoe sempre.
      Fica com Deus.

      1. Todas as pessoas tem o direito de expressar suas opiniões, independentemente da religião.
        Só porque ninguém comentou o texto do senhor Enilton não quer dizer que ele esteja certo ou errado ou que “calou” alguém.

        Veja o que diz a palavra eterna em Jo 16:2 Expulsar-vos-ão das sinagogas; vem mesmo a hora em que qualquer que vos matar cuidará fazer um serviço a Deus.

        Ser expulso é ser dissedente? Então ai está sua resposta.

  39. A MATRIZ MAIS REMOTA DA DOUTRINA DA TRINDADE
    Platão e sua trindade.

    A Ideia. Todas as coisas que existem no mundo são apenas sombras das realidades existentes no céu. As coisas perfeitas estão no céu.
    O Demiurgo. Ele é o agente que faz, de maneira imperfeita, que as ideias tornem-se realidade na Terra.
    A Alma. Ele é a essência interior de tudo o que existe no mundo visível.
    Na cidade grega de Alexandria, tanto filósofos judeus quanto cristãos fizeram um esforço intelectual imenso para vislumbrar no platonismo elementos da fé judaica e cristã. Dessa forma, surgiu uma maneira de compreender a filosofia platônica que entrou para a História com o nome de Neoplatonismo.
    Os grandes filósofos católicos, Santo Agostinho, Santo Tomás de Aquino, Tertuliano e outros, todos de origem pagã, trabalharam para fazer o encontro da teologia cristã com a filosofia pagã.
    “A atitude fundamental, porém, fora definida pelos padres da Igreja e perfeitamente formulada por Santo Agostinho, que dizia que os cristãos deviam recorrer à cultura da Antiguidade do mesmo modo que os judeus tinham recorrido aos despojos dos egípcios. “Se os filósofos (pagãos) exprimiram, por acaso, verdades úteis à nossa fé – em especial os filósofos platônicos – não só não há de recear tais verdades como é preciso arrancá-la, para nosso serviço, a esses seus detentores ilegítimos” LE GOFF. Jacques. A Civilização do Ocidente Medieval. Lisboa: Estampa, 1995, pág.150.
    “Jerônimo define, porém, o mesmo compromisso que Agostinho: Que o autor cristão os seus modelos pagãos como os judeus do Deuteronômio tinham utilizado as prisioneiras de guerra, a quem raparam a cabeça, cortaram as unhas e deram roupas novas para depois as desposar”. LE GOFF. Jacques. A Civilização do Ocidente Medieval. Lisboa: Estampa, 1995, pág.150.
    “Obrigado a recorrer aos serviços do inimigo vencido, o cristianismo viu-se constrangido a desmemoriar o escravo prisioneiro e a fazê-lo trabalhar para si no esquecimento das suas próprias tradições. Mas, ao mesmo tempo, foi arrastado nesta atemporalidade do pensamento. Todas as verdades tinham de ser eternas. Ainda no século XIII, S. Tomás de Aquino diria que os autores quiseram dizer pouco importava: O essencial era o que tinha dito que podia ser utilizado conforme conviesse. Roma já não estava em Roma. A transtatio, a transferência, inaugurava a grande confusão medieval. Mas essa confusão era a condição necessária para uma nova ordem de coisas”. LE GOFF. Jacques. A Civilização do Ocidente Medieval. Lisboa: Estampa, 1995, pág.151.
    OS CRISTIANISMOS PRIMITIVOS, SEUS DOGMAS SOBRE DEUS E O MUNDO POLÍTICO.
    Dois principais tipos de Cristianismo lutavam para conquistar os corações e as mentes durante os quatro primeiros séculos da Era Cristã, o arianismo e o catolicismo.
    O ARIANISMO
    Arianismo – “O nome vem de seu fundador, o líbio Ário, sacerdote de Alexandria. Ário começou a pregar sua doutrina por volta de 318. Ensinava que o Filho de Deus (Verbo, Logos) não é gerado da substância do Pai, mas é uma criatura criada do nada, embora antes de qualquer outra criatura. Superando a todos, inclusive os anjos, Deus (Pai) serviu-se do Filho para criar todas as coisas. O Filho embora não seja Deus, pode assim chamar-se não por sua natureza, mas pela graça e pela adoção.” — RIBEIRO JUNIOR, João. Pequena história das heresias. Campinas: Papirus Editora, 1989. p. 44, 45

    Um tipo de Cristianismo que acreditava em um único Deus, o Pai. Para os arianos o Espírito Santo é apenas a mente de Deus. Cristo é apenas a primeira criatura que Deus fez e por isso recebeu um papel de destaque por parte do Pai. Três grandes tribos que invadiram e ameaçavam o Império Romano eram arianas: Visigodos, Ostrogodos e Vândalos.
    Além de rejeitarem a Trindade, os arianos representavam outro tipo de igreja e modo de governo. Eles eram congregacionalistas do ponto de vista da organização religiosa e, do ponto de vista político, representavam a descentralização do poder.
    O CATOLICISMO
    Impunham a crença trinitariana pela força e estavam centralizando a autoridade religiosa na pessoa do bispo de Roma e se apoiaram no Estado Romano para se defenderem dos arianos. Por outro lado, o Estado Romano se apoiou na Igreja Católica para lutar contra a ameaça representada pelas tribos bárbaras arianas que invadiam o Império Romano. O Catolicismo e o Estado Romano se uniram para combater a ameaça comum.
    OS PRIMEIROS PASSOS QUE DERAM ORIGEM AO DOGMA DA TRINDADE
    O imperador romano, Constantino convocou o Concílio de Nicéia e neste concílio se discutiu a natureza da pessoa de Cristo. No final, o Concílio estabeleceu um credo a ser seguido por todos os católicos. O credo diz o seguinte:
    “Cremos em um só Deus, Pai onipotente, criador de todas as coisas visíveis e invisíveis, e em um só Senhor Jesus Cristo, o Filho de Deus, gerado pelo Pai, unigênito, isto é, da substância do Pai, Deus de Deus, Luz de Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, gerado, não criado, de uma só substância (homoousios) com o Pai.” RIBEIRO JUNIOR, João. Pequena história das heresias. Campinas: Papirus Editora, 1989. p. 46
    O Credo de Nicéia não era trinitariano, mas, abriu as portas para uma futura elaboração do dogma trinitariano.
    AS DUAS NATUREZAS DE CRISTO
    “Ensinamos unanimemente que há um só e mesmo Filho, Nosso Senhor, perfeito em sua divindade e perfeito em sua humanidade, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, composto de alma racional e de corpo, consubstancial ao Pai, segundo a divindade e consubstancial a nós segundo a humanidade, semelhante a nós em tudo, exceto o pecado.” CRISTIANI, Monsenhor. Breve História das Heresias. São Paulo: Livraria Editora Flamboyant, 1962. p. 40, 41.

    “No concílio de Calcedônia (451) estabeleceu-se definitivamente a doutrina cristológica. Na primeira sessão leu-se a carta de Leão I, papa de Roma, ao bispo Flaviano de Constantinopla, na qual estabelecia que apesar das duas naturezas e substâncias na única pessoa de Cristo, não se verifica nenhuma mistura das duas naturezas, mas que cada uma atua em relação àquilo que lhe é próprio. Calcedônia fixou um símbolo que declara: ‘Nós ensinamos e professamos um único e idêntico Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, completo quanto à divindade e completo quanto à humanidade em duas naturezas, inconfusas e intransmutadas (contra os monofisistas), inseparadas e indivisas (contra os nestorianos), já que a união das naturezas não suprimiu suas diferenças, mas que cada natureza conservou suas propriedades e uniu-se com a outra numa única pessoa e numa única hipóstase.” DUÉ, Andrea. Atlas Histórico do Cristianismo. Petrópolis: Vozes, 1999. p. 51

    “A verdadeira doutrina fôra magistralmente exposta, dois anos antes, pelo papa São Leão, numa carta que se tornaria célebre, dirigida ao patriarca Flaviano. Referia-se aos seguintes pontos, que continuam sendo o resumo da fé católica: 1) Em Jesus Cristo, há uma só pessoa, a pessoa do Verbo Encarnado em nossa natureza; 2) Nesta pessoa única do Verbo, após a encarnação, há duas naturezas, a natureza divina e a humana, sem mistura e sem fusão possíveis; 3) Cada uma das naturezas mantém atividade própria, atividade que exerce em comunhão com a outra; 4) Em virtude da união substancial das duas naturezas, devemos atribuir só ao Verbo o que, em Cristo, pertence ao Filho de Deus e ao Filho do homem. (…) Ensinamos unanimemente que há um só e mesmo Filho, nosso Senhor, perfeito em sua Divindade e perfeito em sua humanidade, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, composto de alma racional e de corpo, consubstancial ao Pai, segundo a Divindade e consubstancial a nós segundo a humanidade, semelhante a nós em tudo, exceto o pecado.” — CRISTIANI, Monsenhor. Breve História das Heresias. São Paulo: Livraria Editora Flamboyant, 1962, págs. 40-41.
    “De antemão podemos avançar o seguinte dado que parece ser inquestionável: Não pertence ao querigma fundamental do Novo Testamento o tema da imortalidade da alma. O Novo Testamento conhece e professa sua fé na ressurreição dos mortos. A filosofia grega, nomeadamente o platonismo, sob cuja influência esteve a jovem igreja missionária no mundo helênico, conhece a imortalidade da alma. Mas não conhece nem pode imaginar uma ressurreição. A reflexão na teologia cristã conciliando os aut-aut com um et-et formulou a seguinte proposição: a alma é imortal. Depois da morte do justo, separada do corpo, ela é julgada por Deus e goza de sua presença até o fim do mundo quando será novamente re-unida ao corpo agora ressuscitado para com ele gozar eternamente do comunhão com Deus. A doutrina da imortalidade da alma dos gregos foi completada com a outra bíblica da ressurreição dos mortos. Com isso se afirma:
    a- a morte não é total: atinge apenas o corpo do homem;
    b- a ressurreição também não é total: atinge tão somente o corpo…” BOFF, Leonardo. A Ressurreição de Cristo, A Nossa Ressurreição na Morte. Petrópolis: Vozes, 1986. págs. 66, 67.

    PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO, APENAS FUNÇÕES DESEMPENHADAS E NÃO PESSOAS REAIS.
    “Dentro da Divindade existe uma distribuição de funções (…). Esta organização parte da unidade interna da Divindade. O Pai parece atuar como fonte, o Filho como mediador e o Espírito Santo como atualizador ou aplicador. A encarnação ilustra de forma bonita o relacionamento funcional entre as três pessoas da Divindade. (…) Em sua distribuição interna de funções, diferentes membros da Divindade executam tarefas distintas para a salvação do homem.” Nisto Cremos, Casa Publicadora Brasileira, págs. 42-44.
    O NIVELAMENTO
    “Não existe distância entre as pessoas da divindade. Todas elas são divinas, e assim compartilham seus poderes e qualidades divinas. Nas organizações humanas, a autoridade final repousa sobre uma pessoa – um presidente, rei ou primeiro-ministro. Na economia da divindade, a autoridade final reside sobre os três membros.” Nisto Cremos, pág. 42
    “Não há nenhuma sugestão na Escritura de que o Filho e o Espírito Santo estejam subordinados ao Pai. As passagens que falam do Pai como maior que o Filho ( S. João 14 : 28 ), ou conhecendo mais que o Filho ( Marcos 13 : 32 ) referem-se às limitações que Cristo se impôs como homem enquanto esteve aqui na terra.” Em Plena Certeza, Comissão da Escola Sabatina da Associação Geral, Centro Adventista de Artes Gráficas e Multímidia, pág. 18
    “Porque todas as coisas sujeitou debaixo de seus pés. Mas, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, claro está que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas. E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o mesmo Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos.” I Coríntios 15:27-28.
    UM NOVO MODELO DE ORAÇÃO
    “Se pensarmos no Pai, Filho e Espírito Santo como Um, sabemos que quando estamos falando com Cristo, também estamos falando com o Pai e o Espírito. Certamente Eles são três Pessoas divinas; mas é um Deus que nos ama infinitamente e que deseja dirigir toda nossa vida.” COMISSÃO DA ESCOLA SABATINA DA ASSOCIAÇÃO GERAL. Em Plena Certeza. Classe Bíblica da Escola Sabatina. 2 ed. Artur Nogueira, Centro Adventista de Artes Gráficas e Multimídia, 2001, pág. 14.
    “Mas que dizer sobre a oração diretamente ao Espírito Santo? Embora não tenhamos nenhum exemplo claro ou ordem direta para orar ao Espírito na Escritura, agir desse modo tem, em princípio, algum suporte bíblico implícito. Se o Espírito for realmente divino e pessoal e Ele interagir em toda a sorte de maneiras pessoais diretas (trazendo convicção, curando, transformando, concedendo dons, etc.), parece-nos apenas lógico que o povo de Deus possa orar diretamente e cultuar ao Espírito Santo.
    “Nós expressaríamos a questão desta maneira: O modelo padrão normal da oração é endereçado ao Pai, em nome do Filho, com o conhecimento de que os ‘gemidos inexprimíveis’ do Espírito Santo agilizam nossas orações. Em instâncias pessoais e corporativas de oração, entretanto, parece melhor orar à pessoa mais relevante da Divindade (Trindade). Por exemplo, pareceria ser mais apropriado orar diretamente ao Espírito Santo por dons espirituais e poder para testemunhar para a igreja. Orações para Jesus incluiriam aquelas de confissão, penitência e perdão, e clamores por Seu breve retorno.
    “Em suma — se as pessoas da Divindade (Trindade) forem verdadeiramente uma em natureza, caráter, e propósito, então parece-nos apenas lógico e prático endereçar apropriadamente as petições e preces a qualquer um do Trio celestial em qualquer hora e situação dadas.” Woodrow Whidden, Jerry Moon e John W. Reeve, em The Trinity*, capítulo “Practical Implications and Conclusions”, pág. 273, Review and Herald Publishing Association.
    O MODELO BÍBLICO DE ORAÇÃO
    “Em verdade, em verdade vos digo: se pedirdes alguma coisa ao Pai, ele vo-la concederá em meu nome. Até agora nada tendes pedido em meu nome; pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja completa. Estas coisas vos tenho dito por meio de figuras; vem a hora em que não vos falarei por meio de comparações, mas vos falarei claramente a respeito do Pai. Naquele dia, pedireis em meu nome; e não vos digo que rogarei ao Pai por vós. Porque o próprio Pai vos ama, visto que me tendes amado e tendes crido que eu vim da parte de Deus.” João 16:23-27.

  40. Moises ao escrever o livro de genesis ele usa o singular e o plural alternadamente para Deus, para mostrar sua singularidade e pluralidade.
    Mas uma coisa é certa o sujeito desta frase é Deus, pois o verbo está na primeira pessoa do qal ativo, logo o enunciador é o sujeito.
    Interessante esta teoria de que Deus tem conselheiros na criação e eles ajudaram O ajudaram a fazer,moldar, realizar o ser humano mas infelizmente isso vai contra ou textos da biblia como por exemplo Is 40:13 e 14. “Quem guiou o Espírito do Senhor, ou, como seu conselheiro o ensinou? Com quem tomou ele conselho, para que lhe desse entendimento, e quem lhe mostrou a vereda do juízo? quem lhe ensinou conhecimento, e lhe mostrou o caminho de entendimento?” Um texto mostrando a grandeza de Deus e revelando que ele NÃO precisa de concelho.
    E como explicar Gn 3:22, os anjos tambem tem conhecimento do mal como Deus que é onisciente?
    Deus é plural e singular, como o homem e mulher quando casam se tornam uma só carne.

  41. e muito ruim com tantos adventista como o autor desta, deixam se elevar-se a tanta falsa…eu nao tenho muito para dizer, apenas: “eu reepriedo vos em nome de Jesus o Cristo”…

    explicação: graças ao Triuno Deus eu adredito na Trindade e a Defendo: 1 joão 5:7, joão 14-16, Mateus 28:9….

    se os irmão sao integros na verdade pelo menos explicam so o 1 João

    1. Estudar faz parte do crescimento espiritual, buscar e cavar mais e mais é o que muitos fazem aqui.
      Não se conforme com uma teoria baseada em manuais de igreja e livros de Ellen White.
      Se você quer mesmo chegar a compreensão de João 1 peça ao Messias, peça a ele dicernimento espiritual para isso, e procure estudar com sinceridade, abra seu coração para receber a verdade sem idéias preconcebidas

      Sua palavras revelam incertezas e você prefere ignorar suas dúvidas, não tenha medo da verdade meu irmão.

  42. e muito ruim com tantos adventista como o autor desta, deixam se elevar-se a tanta falsa…eu nao tenho muito para dizer, apenas: “eu reepriedo vos em nome de Jesus o Cristo”…

    explicação: graças ao Triuno Deus eu adredito na Trindade e a Defendo: 1 joão 5:7, joão 14-16, Mateus 28:9….

    se os irmão sao integros na verdade pelo menos explicam so o 1 João 5:7

  43. Como podem notar, os trinitarianos tenta de tordas as forma mudar à biblia, como podemos acreditar, em pessoas que fazem doutorado em seminàrio de outras igrejas, que guarda o dia sol ex: autor da liçâo da escola sabatina de 2012 Dr jo ann davidson local do curso “ Evangelical divinity school. devemos pesquisar as escrituras , com zelo pela verdade

    1. O que me impressiona mais é que alguns ignoram as dúvidas e escrevem TRIÚNO DEUS, como se estivessem gritando para eles mesmos para abafar as incertezas.

      Certa vez conversei com um amigo adventista, nós éramos grandes amigos, e no dia que toquei na trindade esse rapaz mudou de um jeito que me surpreendi. Ele tentou argumentar usando paganismo para ilustrar a PESSOA do espírito santo.

    2. Como pode alguém que se diz antitrinitariano como Ibson Pires trabalhar numa empresa onde os patrôes na maioria são incrédulos? Estudar numa escola que se ensina a ave-maria? Comer num restaurante onde se serve carnes imundas? Meu irmão Ibson, você não vai conseguir destruir a imagem da igreja Adventista do 7º dia porque um pastor resolveu fazer um curso numa faculdade, escola, de alguém que não obedece ao Senhor. Misericórdia. Assim como você ao ir a um restaurante sabe pedir o que comer, ao ir a uma escola sabe evitar o ensino errado, o nosso pastor também sabe diferenciar o que é certo e o errado. Procure argumentos sólidos para destruir esta igreja, porque até agora nem lúcifer conseguiu. Embora ele esteja como você tão irado contra ela.

  44. Bom Dia,

    Ao verificar o motivo da expulsão de Lucifer das hostes celestiais, temos por certo que ele tentou usurpar o “caracter”, “personagem”, “figura”, em imagem e semelhança a de DEUS, isso mesmo, como se isso fosse um jogo de video game, no qual no momento da escolha do personagem, fosse possivel escolher DEUS como sua propria imagem, em figura e poder, assim, ao Lucifer patentear a si próprio o cargo magnanimo de DEUS, como podemos referenciar o TODO PODEROSO, CRIADOR, patentes que somente a ele poderia se refutar.

    Quando Dispomos de credibilidade bíblica, a própria palavra se explicando e tomando por fatos o porque deles, encontramos que penetrar nos conceitos divinos e seus propósitos não cabem as CRIATURAS, e somente o que em nosso LIMITADO ESTADO MENTAL, podemos compreender pelo que é DEUS, assim, somente a DEUS é permitido CRIAR, sem mais participações.

    No momento da Criação, podemos sim, compreender que estavam presentes todos os céus e as outras terras, assim como anjos e criaturas, nas quais, testemunhariam o ATO CRIADOR de DEUS.

    Entretanto, ao refutar a palavra original Bíblica em Hebraico para FAÇAMOS, MODELAMOS, FAREMOS, ou quaisquer outra que permita manter o senso no qual foi DEUS que resultou o fato, não alterá nunca a forma pela qual foi feita a ação, no tocante vale lembrar que não existe TRADUÇÃO, existe INTERPRETAÇÃO, isso é um FATO que não podemos deixar de esquecer, e sempre deve permanecer em nossas mentes. A forma pelo qual foi apresentada não tem nenhuma relação e demonstração bíblica no ato CRIADOR de DEUS, pois, somente a DEUS É PATENTE O ATO DA CRIAÇÃO, seja ontem, hoje ou no futuro.

    O Poder ora coloca em questão, não permite a DEUS compartilhar com ninguém, pois faz parte de uma característica intrínseca da DIVINDADE.

    O que pode se questionar é quem estava com DEUS, ai teremos a palavra certa disso, em João 1:1 “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus, Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens.” João 1:1-4

    Aqui detectamos claramente que a figura do DEUS=ANCIAO DE DIAS=PAI é uma, e a figura de VERBO=DEUS=JESUS=FILHO era outra, desde o Principio, participando ATIVAMENTE na Criação de TUDO, inclusive do Ser Humano.

    Confabular sobre o assunto é incorrer em rebeldia sobre a revelação de Deus, é virar REBELDE, igual LUCIFER=SATANÁS, CAIM=ASSASSINO e outros…

    Quanto a ser MAL, MAU, PERDIDO, essa característica é de escolha pessoal, Deus deu o livre arbítrio, e não existe destino, o que existe são escolhas, dada aos personagens do jogo dimensional terrestrial da existência, para a determinação de seus atos e colheita dos seus frutos.

    Ao tormar partido e escolher o que se quer fazer, abre-se um pretensioso caminho dos resultados, e quanto este caminho não tem mais volta, quando se esta decidido, o retorno já não sendo mais possível, é a partir daí que a LIBERDADE não existe mais, e assim, aos Anjos, quando exclusos e confinados, e depois EXCLUIDOS DA GRAÇA (veja o ultimo engano de satanás ao Eden / PECADO), a escolha foi feita pela eternidade nestas criaturas, assim, eles Anjos só poderiam manter-se longe da LIBERDADE da escolha, e desta forma, é que Deus toma uns para o Bem e outros para o Mal.

    Dentro da Liberdade do BEM o limite é a IMAGEM E SEMELHANÇA do modelo JESUS, no qual, tem que se LIMITAR para manter-se dentro da própria GRAÇA, modelo chamado HARMONIOSO ou BEM, no qual é um equilíbrio ad-eternun, Amai a Teu Deus Acima de Todas as Coisas e a Teu Próximo Como a Ti Mesmo.

    A Liberdade do MAL é o aprisionamento eterno do maculado caráter aonde este limite foi removido e não se pode mais controlar os limiares das ações, sendo estas tidas pelo OBJETIVO a SER ALCANÇADO, isso mesmo, o que determinará as ações serão os FINS, o início e o meio pouco importam, de modo, se tudo for destruído e o objetivo alcançado, valeu a pena lutar por ele, independente do caos causado, e esta é a prerrogativa da liberdade plena clamada por Satanás em suas ações desde a queda. Assim, DEUS age no MAL diretamente impondo LIMITES as suas ações, pois apenas DEUS PODE LIMITAR TUDO, e assim, ele LIMITA a ação do MAL, isso pode ser CONFERIDO PLENAMENTE em JÓ, quando DEUS SE APRESENTA E MOSTAR A JÓ, SERVO FIEL. Desta forma é que Deus CRIA O MAL, dentro do LIMITE e da ESCOLHA ja produzida “Assim como Deus criou anjos para o bem e outros para o mal (Is 45:7, Núm 22:32) (lembrando que o ‘mal’ criado por Deus, é para o bem de seus escolhidos)”.

    Se formos acreditar que Deus CRIOU criaturas com PRINCÍPIOS MALÉFICO conforme sua proposta do texto imediato acima, teremos um problema que resultará na VERDADE QUE LUCIFER ESTA CORRETO, DEUS É UM CONTROLADOR ARBITRÁRIO, E ESTA APENAS JOGANDO UMA PARTIDA DE XADREZ COM TODOS JÁ SENDO O CAMPEÃO, NÃO EXISTINDO LIBERDADE DE ESCOLHA, TUDO É E JA FOI PREMEDITADO, E DEUS É O REAL VILÃO DA HISTÓRIA. Isso mesmo, tudo em grifos, berros, pois, esta heresia não é a verdade que Deus expõem em sua Criação, podemos ver que TODAS as CRIATURAS que DEUS criou PENSANTES são IMAGEM e SEMELHANÇA divinas, todas sem excesão, incluindo aos Anjos, essa patente.

    Desta forma, apresento estes argumentos claros e plenos na Palavra de Deus com um “Assim Diz o Senhor”, para que não criem heresias com distorções da palavra de Deus.

  45. Meu amigo em primeiro lugar quero te falar que: >>”Esse ‘direita e esquerda’ quer dizer que têm anjos para conselho, conselheiros que apóiam e os que são contra”.<< que o amigo falou: não está certo nem de acordo com as escrituras, "no céu, todos que eram do contra foram expusso com satanaz. Deus não tem no céu ninguem que ele possa se aconselhar, pois ele é soberano e senhor de todas as coisas. ((NÃO TEM NO CÉU NEM UM SER DO CONTRA))
    Somente para exclarecer: é um erro se basear no façamos para achar ai razão para se acreditar na tridade! Porque o plural começa a partir de dois! Portanto façamos pode ser Deus Pai e seu filho Jesus Cristo. Agora em toda a Escritura não achamos suporte para se acreditar num terceiro Deus, porque assim disse Jesus: eu e o pai somos um!? E, o espírito santo? "Ficou de fora". e quando Jesus disse: não ha nem um outro nome dado entre os homens pela qual devemos ser salvo, "Somente por ele Jesus" e tambem disse: não nem um outro mediador, somente Jesus Cristo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *