Michelson Borges resume a Bíblia e acrescenta detalhes que Moisés omitiu


Empolgado com a possibilidade de atualizar a Bíblia por conta própria, usando para isso os recursos da tecnologia audiovisual em lugar dos antigos e superados rolos manuscritos dos bem-intencionados mas incompetentes profetas que o antecederam, Michelson Borges acaba de anunciar seu ambicioso projeto de resumir e complementar a Bíblia semanalmente, através de postagens no Youtube.

Moisés e os outros escribas, profetas e evangelistas bem que tentaram, mas primeiro houve a necessidade de se acrescentar comentários de teólogos da Andrews e de outras Universidades de teologia adventistas junto ao texto bíblico. A inspiração dos autores originais não foi suficiente para transmitir com clareza as mensagens divinas hoje revelada a Michelson Borges, tanto do ponto de vista doutrinário quanto científico.

O teólogo Jack Blanco inseriu na Bíblia Adventista “Clear Word” informações colhidas por Ellen White em livros de terceiros. Michelson quer acrescentar suas próprias opiniões obtidas através da leitura inspirada do texto bíblico. Sim, Michelson está sendo movido pelo Espírito a resumir, acrescentar detalhes e padronizar a interpretação do texto bíblico entre os adventistas do Brasil.

1. Michelson Borges está sendo inspirado a incluir explicações científicas no relato bíblico. Por exemplo, o que a Bíblia chama de barro ou pó da terra eram na verdade os elementos químicos encontrados na Natureza e usados por Deus para formar o corpo de Adão. Depois, houve a clonagem de Eva!

2. Michelson Borges está sendo inspirado a realçar doutrinas que nem os judeus, leitores originais da Bíblia, perceberam. É o caso da doutrina da Trindade. Na passagem que se refere a um vento forte vindo de Deus que soprava sobre as águas, Michelson vê o Espírito Santo em pessoa! E no relato da Criação, onde claramente temos simplesmente a presença de Deus, o Pai, e Seu Filho, dois seres divinos, criando dois outros seres à sua imagem e semelhança, Michelson vê três deuses, Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.

3. Embora esteja sendo supostamente inspirado para resumir e complementar a Bíblia, Michelson Borges comete erros. Neste caso, não percebeu que Gênesis 1 descreve a Criação de acordo com as ordens e cronograma de Deus, o Pai, enquanto Gênesis 2 apresenta a criação segundo o modo de execução das ordens divinas pelo Filho de Deus. Para piorar, fala de Caim como tendo oferecido cordeiros em sacrifício e afirma que Caim teria se casado com filhas de Sete, dando início assim a uma linhagemn de crentes e outras de infiéis. Fidelidade e/ou infidelidade transmitida geneticamente e não uma escolha pessoal!

Dus fez umn resart c om o dilúvvio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *